998

Não perturbeis vossa paz íntima em rebeldias insanas

25/06/2007



Irmãos, a paz esteja convosco.

Bendizei vossas existências na matéria.

Evitai criar em vossas mentes palácios nababescos impossíveis de se concretizarem no plano físico.

Resignai-vos com vossa condição de existência e buscai a solução dos vossos problemas na prática do Evangelho de Jesus e não na fuga voluntária da realidade.

As dificuldades que vos rondam e vos tiram o sono devem ser enfrentadas à Luz da Fé no Mais Alto, no Pai que tudo pode e que provê os Seus filhos com as energias necessárias que os sustentam ante as provas terrenas.

Não podereis galgar nova graduação espiritual sem vos desfazerdes das dívidas para com o próximo e que são pagas através das dores, sofrimentos e lutas na matéria.

Felizes aqueles que seguem o que diz o Cristo:

"Aquele que deseja seguir-Me, que tome de sua cruz e siga-Me."

Vedes bem, caros irmãos. O Mestre não pede que abandoneis a cruz para segui-l’O; ao contrário, é com a cruz das lutas acerbas na matéria e com a fé robusta no Cristo que havereis de vos tornar Servos de Jesus.

Aquele que, ao contrário, larga sua cruz em busca da felicidade na matéria, adia, mais uma vez, a ascensão a esferas menos densas, menos grosseiras e mais sutis que aquelas que hoje conheceis e viveis.

Não podereis habitar o "céu" com as vestes sujas, enlameadas e puídas.

Não perturbeis vossa paz íntima em rebeldias insanas.

Buscai na humildade e no perdão das ofensas seguir na jornada terrena, aguardando no trabalho com o Cristo, o "final do ciclo de sofrimentos".

Eu vos saúdo em nome da Luz.

Salve Jesus.

Marcos Novaes

GESJ – 24/04/2007 – Reunião Pública – Vitória, ES – Brasil




RETORNAR ÀS MENSAGENS E DIVULGAÇÕES
ENTRE EM CONTATO CONOSCO AGORA MESMO!
Todos os direitos reservados ao Grupo Espírita Servos de Jesus | 2017
FBrandão Agência Web