1096

A Terra sofre e com ela sua humanidade

06/12/2007



Saudações amigas vos trazemos das estrelas!

Irmãos, a Terra, qual diamante azul, cintila suas cores irradiando fracamente a Luz natural da qual é feita.

Tímidos tons róseos envolvem essa querida esfera irmã. É o chacra cardíaco do planeta, ainda pulsando na sintonia do tônus universal.

Pouco se pode fazer agora. As criaturas humanas caminham arrastadas por seu dia-a-dia, desligadas dos últimos acontecimentos da história de sua humanidade.

Alguns poucos, numa tentativa tardia, elevam seu pensamento ao Alto, procurando harmonizar-se com o planeta doente. A Terra sofre e com ela sofre também a humanidade.

Regendo o universo, a Força Maior a tudo dirige, não é o fim. Os despreparados e os desprevenidos assim acreditarão, mas os que tiveram ouvidos de ouvir entenderão que, submetida à Lei do Progresso, destrói-se a Terra densa para renascer sutil e mais pura em outra dimensão.

Segui como ela, fagulhas de seu cerne que sois, submetendo-se ao fogo purificador dos tempos chegados, entregando a personalidade densa à destruição para ceder lugar à nova manifestação do espírito, mais sutil, envolto em luz e harmonizado com o Planeta Azul.

Somos parte de seu corpo e a química da dor nos tornará igualmente parte de sua alma. Nossas almas estão para sempre ligadas à história de vida deste orbe.

Paz em Jesus

Irmão Francisco

GESJ – 24/04/2007 – Reunião Pública – Vitória, ES – Brasil




RETORNAR ÀS MENSAGENS E DIVULGAÇÕES
ENTRE EM CONTATO CONOSCO AGORA MESMO!
Todos os direitos reservados ao Grupo Espírita Servos de Jesus | 2017
FBrandão Agência Web