2090

Resgatamo-vos das trevas

11/02/2011

      A+ A-


Vidência: Vi D. Margarida num salão que lembrava um ambiente indiano, com cortinas de tecidos leves e almofadas de cetim.

Ela conversava com o Mestre Ramatis, que estava vestido com uma indumentária indochinesa, descrita por Hercílio Maes.

Captei parte da conversa:

Em meu nome descei a Terra e congregai ao vosso redor meus discípulos que se encontram espalhados.

Cada um possui difícil trilha a percorrer no cadinho transformador, antes de alcançarem a regeneração. Vossa presença estimulando-os, esclarecendo-os, socorrendo-os em suas aflições, amparada por nós e o Divino Condutor, dará as condições ideais para que floresça em cada coração o gérmen da coragem, da fé, da transformação.

Muitos não conseguirão manter-se sob nossa custódia amorosa, pois há muito vimos tentando tocar-lhes os corações; mas, por rebeldia, medo ou preguiça, desistirão. Não os lamenteis, pois cada criatura possui o seu ritmo, e serão alcançados pelas Leis Maiores do Pai que os conduzirão de volta, ao caminho que insistentemente, eles vem abandonando.

Os inimigos que enfrentareis são cruéis, posto que, fostes temido "general das trevas"; aqueles que comandastes nas guerras cruéis contra os irmãos de humanidade, buscar-vos-ão ferrenhos de ódio e desejo de vingança. Enxergai-os como irmãos doentes, necessitados de amargo remédio, ofertado pela Divina Providência para estancar-lhes o mal que jorra do coração.

A espada de Luz que empunhareis em nome da Verdade Suprema, representará para vós a ascensão, e para os inimigos, o remédio potente que curará em definitivo suas almas deformadas, estancando sua queda na mais abjeta condição de anormalidade.

Unidos a vós estaremos e muitos outros que convosco vem trilhando o caminho de retorno à Casa do Pai.

Asseguramo-vos proteção e orientação, amor e energia sustentadora e, de vossa parte, deveis esforçar-vos no auto burilamento e na perseverança do trabalho.

O "trabalho" representará para vós a libertação das formas grosseiras, dos Mundos de Expiação e a "obediência" às Leis de Deus, o apanágio maior do vosso ser.

Resgatamo-vos das trevas e conduzimo-vos pelas trilhas tortuosas, para a ascensão vitoriosa nos Planos da Luz.

Vosso Mestre,

Ramatis

D. Margarida, ajoelha-se e diz:

Mestre, submeto-me sem questionamentos, ao programa redentor que instituístes para mim e suplico que me dê forças renovadoras a cada dia, para que eu não fraqueje.

Submeto-me às Leis de Retificação para libertar-me.

Obrigada Mestre Ramatis!

Obrigada Jesus!

Margarida

 

Ramatis 

GESH – 04/12/2010 – Vitória, ES – Brasil




RETORNAR ÀS MENSAGENS E DIVULGAÇÕES
ENTRE EM CONTATO CONOSCO AGORA MESMO!
Todos os direitos reservados ao Grupo Espírita Servos de Jesus | 2017
FBrandão Agência Web