2750

Por todos rogamos a Deus compaixão

23/01/2013



Vidência – Vi um foco de luz no astral formando uma clareira circular, e ao redor, muita escuridão.

Comecei a ver antigos trabalhadores do GESJ em pontos diferentes desse local, uns situavam-se mais próximos da área iluminada e outros mais distantes. "S." estava no limiar entre a sombra e a luz e parecia deslocar-se em círculos sem fim; "E." estava parada em zona sombreada e bem distante; "R." estava na sombra, mas vinha caminhando na direção da luz, em certo ponto alguém, que eu não via, começava a erguer uma parede de tijolos bem na frente do seu caminho e ela não via, detinha os passos e mudava de direção, seguindo a parede que logo virou muro e a foi conduzindo de volta para o mesmo local de onde viera; "L." também caminhava na direção da luz e outra parede se erguia à sua frente e ela parava, a parede também foi dando lugar a um muro erguido de tal forma que foi direcionando seus passos para longe do campo iluminado; vi ainda "V.", cujo muro erguido a sua frente fez com que parasse e numa tentativa de superar a barreira, deu meia volta tentando avançar novamente só que batia de frente com o muro e ficava batendo repetidas vezes, gastando energias sem resultado. Vi também um homem moreno e outros trabalhadores antigos que não conheço. Vi "La." e à sua frente eram colocados moedas douradas, que ela seguia, uma espécie de isca. As moedas iam dar num baú cheio delas e quando "La." lá chegou, uma gaiola fechou-se sobre ela e ela ficou sem saída. Ao olhar pra dentro do baú de novo, viu que todas as moedas haviam se transformado em lama. Em seguida à vidência ouvi a seguinte frase:

"Permanecer na Casa Espírita em tempos em que a escuridão circunda o Planeta é garantir trabalho, saúde e realização da programação espiritual".

Depois veio a seguinte mensagem:

Aqueles que se afastam do Trabalho Espiritual e da força do campo vibratório, necessitam fortalecer sua determinação, se desejarem retornar.

A vontade fraca permitiu que a influência externa abrisse as portas para sua derrocada. Se para resistir a ela não houve força, como encontrar agora forças para o retorno?

Suas mentes estão ligadas à Margarida, seja pela programação de trabalho registrada em suas consciências e não cumprida, seja pela força magnética do pensamento firme e determinado da irmã a irradiar a luz que recebe do Alto alimentando o dínamo que mantém este Núcleo de Jesus.

Porém, não basta lembrar de Sua figura, é preciso sintonizar com a Força Luz da "Egrégora Mental" que ela representa e usando de determinação, seguir o apelo da alma que conhece o caminho e quer seguir a Luz.

Nada podemos fazer, pois cada afastamento foi escolha livre desses nossos irmãos.

Por todos, rogamos a Deus compaixão; e ao Mestre Jesus, misericórdia e proteção.

Salve a Paz.

Shama Hare

GESH – 21/12/2012 – Vitória, ES – Brasil




RETORNAR ÀS MENSAGENS E DIVULGAÇÕES
ENTRE EM CONTATO CONOSCO AGORA MESMO!
Todos os direitos reservados ao Grupo Espírita Servos de Jesus | 2017
FBrandão Agência Web