3397

Tende fé!

27/04/2015



Vidência – Vejo Maria de Nazareth chegando até nós. Usa trajes simples e tem uma aparência sublime. Estende as mãos e conduz-nos a um vale muito escuro, onde há um castelo. Nas torres desse castelo, há, pendurados, vários espíritos de pessoas. Surge então um gigantesco dragão, com cabeça enorme, e ele engole aquelas pessoas.

Eu pergunto: como isso é possível?

Maria de Nazareth responde que há muita ignorância entre os seres humanos e que existem, nas regiões Abismais, criaturas vivendo como se ainda estivessem nos primitivos tempos de sacrifícios ao "deus da vingança e do ódio" e que, para aplacar a ira dos deuses vingativos, deveriam sacrificar pessoas.

Fomos convidadas a participar de importante batalha para acabar com aquele local, resgatar os espíritos sofredores e matar o dragão.

Depois, captei a seguinte mensagem:

Filhas amadas!

A paz e o amor sejam convosco.

Aos corações dos que sofrem, dizemos: tende fé!

Auscultamos vossas almas sofredoras e enviamos para vós profusões de amor, partindo dos nossos corações, para aliviar vosso fardo.

Em nome de Jesus, limpamos vossas chagas e alimentamos vossas almas de esperanças.

O sofrimento é passageiro, posto que a existência terrena é lapso tempo ante a Eternidade.

Segui resignados ante a dor, para que alcanceis as bem-aventuranças.

Sede caridosas e fraternas com aqueles cujas dores extrapolam vossa compreensão.

Os Desígnios de Deus estão muito além de vossa compreensão. A mente limitada dessa humanidade não consegue aquilatar as bênçãos libertadoras, enviadas através das oportunidades benfazejas da limpeza da alma e da recuperação do caminho do progresso.

Enxergais e sentis apenas as dores físicas; no entanto, se pudésseis enxergar a alma que sofre resignada e cheia de fé, veríeis desprender-se dela as nódoas ali aderidas devido as transgressões às Leis de Deus.

A alma emite fagulhas de luz à medida que se desprende do cimento acumulado por milênios de rebeldia.

Muitas vezes, em uma única existência, ocorre uma queda vertiginosa, moral e espiritual, da alma; contudo, demora-se muitas existências para recuperar-se e readquirir equilíbrio.

Esse é o momento de impulsionardes vossa alma à ascensão espiritual.

Estamos ao vosso lado, caminhando convosco pelos atoleiros, na escuridão, rumo à Luz da renovação e do progresso de vosso ser.

Não desistais de lutar quando a batalha tornar-se mais áspera, porque, nessa hora, mais próximo de vós estaremos, para impulsionar-vos à vitória da Luz sobre as Trevas, vitória plena da alma em ascensão.

Hosanas nas alturas! Jesus é convosco.

 

Maria de Nazareth

GESH – 29/11/2014 – Vitória, ES – Brasil




RETORNAR ÀS MENSAGENS E DIVULGAÇÕES
ENTRE EM CONTATO CONOSCO AGORA MESMO!
Todos os direitos reservados ao Grupo Espírita Servos de Jesus | 2017
FBrandão Agência Web