3802

SOBRE O PROJETO DE EVACUAÇÃO PLANETÁRIA

00/00/0000



Viemos congratular-nos convosco.

Viemos dizer-vos que enquanto pulsar um só coração no Amor e na Fraternidade sobre este Planeta, estaremos juntos a ele oferecendo todo nosso auxílio.

Sabemos quão difícil é a travessia sob encarnação purgatorial. Já passamos por essa dolorosa fase e todo esforço empregado para superação dos obstáculos não será demasiado grande. É preciso muito Amor e muita Fé para ultrapassar os umbrais da ignorância e adentrar ao Templo da Sabedoria Eterna.

Nós, vossos irmãos, estamos nesse momento de braços dados convosco para ampara-vos, intuir-vos e conduzir-vos em nossas naves no momento do resgate. Para nós é uma grande honra termos sido convocados a atuarmos neste Planeta irmão.

Quando os preparativos para a transição planetária tiveram seus primeiros planejamentos, o número de seres que estavam dentro do Projeto de Evacuação Planetária era muito maior do que ora se apresenta. As escolhas equivocadas e o mau uso do livre arbítrio determinaram que a maior parte dos seres humanos encarnados deste Orbe e também os desencarnados do Plano Astral seguissem novos caminhos. Optaram por atalhos perigosos que os levarão a trilhar muitos espinhos, e assim, sofrendo toda sorte de penúrias e desolações possam ter a última chance de despertamento.

O número de pessoas que será encaminhado para nossas naves e que ficará momentaneamente em nossos Planetas ou no interior da própria Terra é infinitamente pequeno em relação ao número de habitantes que aqui reside. O fato de serem submetidos a sofrimentos atrozes, nada mais é do que a prova da Misericórdia Divina, a fim de que seus espíritos tenham novamente a oportunidade de despertarem e optarem pelo Caminho do Bem e assim serão redimidos.

Irmãos, nós já nos fizemos presentes e visíveis em vossa dimensão física a inúmeras pessoas, infelizmente a maioria dos que nos viram tinha apenas vã curiosidade, queria comprovar suas teorias e não foi receptiva a nossa visita material. Elas não entenderam o nosso recado, não quiseram aprender nossa lição.

Os terráqueos, pelos Planos Iniciais, já poderiam visitar nosso Planeta e conhecer nossa civilização de uma forma aberta. Mas, infelizmente, os caminhos foram outros e agora nós raramente nos fazemos ver aos vossos olhos físicos.

A nova humanidade que habitará a Terra, terá livre trânsito ao nosso Mundo e a diversos outros. Queremos dizer, irmãos, que estamos convosco e que comungamos do mesmo ideal de Luz, Amor e Fraternidade.

Queridos, não deixeis que vossa Luz Interior venha a falhar em meio às Trevas que dominam, momentaneamente vosso mundo. Trazei acesa a chama da vossa fé e confiança, porque nós, vossos irmãos de Vênus, estaremos sempre convosco e somos muito gratos por vossa confiança. Permanecei corajosos pois a vitória da Luz é inevitável e os vossos sofrimentos, muito breve, cessarão.

Despeço-me em nome de Vênus, meu planeta.

Vosso irmão,

 

Vetha

GESH – Ilha de Páscoa – 28/06/1999

 

Nota: Mensagem retirada da Divulgação 22




RETORNAR ÀS MENSAGENS E DIVULGAÇÕES
ENTRE EM CONTATO CONOSCO AGORA MESMO!
Todos os direitos reservados ao Grupo Espírita Servos de Jesus | 2017
FBrandão Agência Web