3858

Eutanásia é um engano

13/06/2019



Salve a Luz do Mestre Jesus!

Irmãos, tudo o que é criado pela Sabedoria Universal é vida e progresso!

Para o Cosmo e as mentes que guiam a criação, não há o conceito de morte, como vós, ainda na infância da evolução, entendeis. Desse modo, como tudo é progressivo, quando se encerra uma etapa, outra mais evoluída se inicia e, assim, sucessivamente, para todos os reinos.

Portanto, os que temem a morte ou, ao contrário, a desejam como uma escolha para o fim de suas dores e angústias, são aqueles que ainda estão ignorantes quanto ao conceito de eternidade e não ampliaram os seus horizontes para a evolução da alma.

Isso ocorre devido ao atraso espiritual que a humanidade terrena ainda alimenta. O avanço material e tecnológico trouxe, como consequência, o afastamento do homem daquilo que é divino e puro, levando-o a buscar uma evolução material entre autoridades religiosas imperfeitas e cheias de conflitos, incapazes de orientar as pessoas no real caminho do Evangelho de Jesus.

Então, qual é a melhor solução para seu desejo e necessidade de eliminar a dor e a angústia que oprimem a alma e o corpo?

Aqueles que fazem essa pergunta a homens falidos, encontram respostas desvirtuadas, devido a rigidez de conceitos mal construídos e interpretações morais equivocadas, acrescentando-se a tudo isso que são mentes ignorantes e infantis de habitantes de um planeta de dor e expiação.

Com isso, a morte pela Eutanásia é tida como a solução para as famílias “cansadas” e “pesarosas”, devido ao sofrimento do seu doente. Por outro lado, também, há o doente que, na agonia da sua dor, deseja desesperadamente o alívio derradeiro.

Não importando quais motivos, vemos os homens tomando medidas drásticas e, ao mesmo tempo, simplistas, para a solução de dramas seculares, sem o entendimento necessário do porquê da vida. Não tomam conhecimento das inúmeras equipes dedicadas às reencarnações que lhes tomam anos de trabalho, debruçados a traçarem as programações e ajustes cármicos de acordo com as necessidades urgentes da criatura. Dedicam-se a ultimarem o tempo ideal para o encontro entre afetos e desafetos na reconciliação urgente, pensam minuciosamente no tempo ideal para mobilizar as forças do corpo, para eclodir na hora propícia o início do pagamento das dívidas cármicas, na doença saneadora que limpará a túnica nupcial.

Porém, em um ato de extremo egoísmo e orgulho, o homem tomado pela autoridade que ele julga ter sobre sua vida, põe ao chão todo um trabalho divino que reuniu esforços e energias preciosas nas boas intenções de amor ao próximo. No lado de cá, não faltaram preces, pedidos amorosos e sinceros dos amigos, familiares e amores espirituais, que contavam finalmente que através do perdão e da reconciliação que só o leito de um doente pode proporcionar, pusessem fim a anos ou séculos de separação, ódios e mágoas.

Contudo, toda ação acarreta consequências que a criatura terá que arcar nas vidas futuras. Uma delas será aguardar, pacientemente, junto a outros falidos nas provas, o momento ideal para encetarem uma nova encarnação, sabendo que amores e familiares da sua estima não mais estarão juntos a eles e que o recomeço se dará em outras condições, pois que se ele interrompeu no leito de dor o que, de boa vontade, pediu, o mesmo não se dá com a família que, continuando sua trajetória, não interromperá o seu progresso para aguardar o réprobo.

É longo, penoso e solitário o caminho dos que desistem das provas, burlando as Leis Divinas.

Desse modo, convidamos todos a uma reflexão, de que toda ação traz um efeito e, para cada decisão, há uma responsabilidade correspondente ao ato e suas consequências.

Não há inocentes e nem tampouco injustiçados nas provas terrenas; há duras provas a serem enfrentadas no curso das dívidas a serem pagas. Porque nos planetas atrasados é na dureza das provas que se vai limpando a veste espiritual dos equívocos do passado.

 

Emmanuel
GESJ – 26/02/2019 – Reunião Pública – Vitória, ES – Brasil 




RETORNAR ÀS MENSAGENS E DIVULGAÇÕES
ENTRE EM CONTATO CONOSCO AGORA MESMO!
Todos os direitos reservados ao Grupo Espírita Servos de Jesus | 2017
FBrandão Agência Web