3906

Nós, Exilados

30/12/2019



Amados!

Eis que vos trago como oferenda de Luz, a certeza de que estais com Jesus e que Jesus está convosco.

Muitos anos se passaram - milhares - e, desde então, estais a vos desenvolver sobre a superfície do orbe terrestre. O acompanhamento dedicado que vos dispensamos desde aquela época começa a revelar-se agora, no que prenuncia os primeiros sinais da tão esperada mudança, desde que aqui vos trouxemos, exilados de outros mundos.

Ao contrário do que muitos pensam, não apenas de Capela, como chamais, porém igualmente de outros Orbes vieram seres decaídos, portadores de inteligência superior, contudo, ainda fracos em moral e amor.

Muitos deixaram para trás família extensa, bem como fortes laços de amor, que mesmo assim, não foram suficientes para evitar-lhes a queda.

Igualmente agora, vossa humanidade prepara-se para nova limpeza e transferência planetária. Muitos decaídos de hoje encontrar-se-ão em novos e mais adequados planetas, unindo-se a outros seres degredados que já estão sendo recolhidos de mundos paralelos a este. Desta vez, porém, não haverá tanta mistura como o fizemos neste Planeta.

Haveremos de dispor os seres de tom vibratório semelhante, de modo que cada mundo esteja repleto apenas de almas afins.

Nestes casos, os contatos entre afetos (seres queridos) distanciados pelo grau de vibração, serão estabelecidos apenas em corpo astral, nos momentos de repouso, daqueles considerados enfraquecidos pelas lutas renhidas que enfrentarão. No exílio, distantes dos amores, é que poderão refletir e buscar Deus, Fonte de Amor Infinito.

Maior do que o exílio moral e descenso vibratório, o isolamento voluntário dessas almas representará para cada uma delas a escalada dolorosa, demorada e obrigatória em direção ao progresso.

Sede pois, todos vós, anunciadores destas Mensagens de Luz para que aqueles que ainda temem ou duvidam, creiam. Através da fé e da confiança na Justiça Divina conquistem o direito/merecimento de se situarem à direita de Deus Pai.

O exílio, na atual conjuntura, de seres renitentes no erro e já decaídos, representará provas infinitas vezes mais dolorosas do que pode avaliar a mente humana da atualidade.

Eis que vos falo e trago estas palavras em nome do Mestre Jesus.

Paz eu vos deixo, saudando-vos humildemente. Um vosso servo e amigo, Vice-Comando Ashtar Sheran.

 

Setun Shenar

GESH – Psicografia – 09/02/2001 – Vitória/ES, Brasil

 

Esclarecimentos: Aproveitando o ensejo da revelação transmitida acima pelo irmão Setun Shenar sobre os decaídos, inserimos aqui uma pergunta que fizemos ao Comandante Yury em outra situação, mas, que tem relação com o assunto.

 

Margarida – Por que gostamos tanto dos nossos irmãos, os índios Xavantes? Será devido a função deles em relação a cidade subterrânea de Letha, ou devido a alguma encarnação nossa como indígena?

Yury – Os seres decaídos que se utilizam atualmente deste Planeta para depuração, foram inicialmente agrupados e percorreram, ao longo da história, como coletividade, determinados estágios.

Os faraós egípcios, e quando nos referimos aos faraós, destacamos sempre que há individualidades seguindo caminhos distintos, porém em sua grande maioria, os faraós do Egito, grupo ao qual pertencestes, reencontram-se mais uma vez, após longa jornada de trabalho na espiritualidade, como coletividade indígena reencarnada neste, que é hoje, vosso País. Assim como estivestes reunidos naquele tempo no antigo Egito, também aqui já estivestes reunidos como indígenas. Vem de lá, a vaga lembrança registrada em vosso inconsciente, traduzida na afinidade que se manifesta no contato com aquele povo Xavante.

Margarida – Obrigada Irmão pela revelação. Sentimos um carinho muito grande por aqueles irmãozinhos com os quais fizemos contato e amizade.

Yury – Recomendamos que vossas perguntas sejam registradas e depositadas em local próximo para que possais esclarecê-las sempre que possível em nosso contato, pois dada a extrema densidade crescente em vosso Planeta, a projeção de nossas mensagens torna-se cada vez mais trabalhosa, dispensando bastante energia.

Margarida – Para que haja comunicação?

Yury – Sim. A Paz vos trouxe, a Paz vos deixo e mergulhados na Paz.

 

Comandante Yury

 

Nota: Mensagem retirada da Divulgação 28




RETORNAR ÀS MENSAGENS E DIVULGAÇÕES
ENTRE EM CONTATO CONOSCO AGORA MESMO!
Todos os direitos reservados ao Grupo Espírita Servos de Jesus | 2017
FBrandão Agência Web