3957

Jesus e as Crianças

30/12/2020

      A+ A-


Vidência – A cena que vi foi de uma simplicidade e beleza indescritíveis, mesmo assim, vou tentar descrevê-la:

A paisagem era de uma região quente, semi desértica com solo árido e de cor alaranjada. Do local onde estava não pude detectar nenhuma vegetação.

Sentado sobre um caixote de madeira vi a imagem de Jesus.

Ele falava para um enorme grupo de crianças que O olhavam embevecidas e O ouviam atentamente. Havia crianças de várias idades e raças. Com o tempo fui observando que algumas emitiam uma energia-luz diferente; percebi então que estas eram provenientes de outros planetas e as demais, seres aqui da Terra mesmo.

As palavras de Jesus caíam como sementes no coração das crianças!

Eram orientações muito sérias e complexas para a compreensão daquelas mentes infantis, porém, eram ditas com profundo amor e depositadas em sua memória sideral para uso posterior. Todo o lugar, embora fosse aberto, concentrava vibrações doces, meigas, serenas, de uma paz sem igual.

Aos poucos, fui identificando muitos de nós do Grupo (GESJ), naquela roupagem infantil, contemporâneos de Jesus, abraçando-O, envolvendo-O com nossos pequenos bracinhos; um de nós levantou-se para beijar-Lhe a face. Crianças inocentes sem a menor ideia do que realmente se passava, apenas estávamos ali porque assim deveria ser.

Neste ponto da vidência começaram a surgir orientações.

 

Vossa Tarefa

 

"Foram integrados. Estiveram presentes.

Grande família espiritual em atividade na Terra, pela humanidade.

Jesus foi o Elo Central que reuniu todos os Seres Extras e Intraterrenos, e Seres da própria Terra, em torno do processo de redenção da humanidade."

 

Neste ponto algo me trouxe de volta.

Vi intenso Foco de Luz atrás de minha cabeça, era tão forte que parecia poder queimar. Por isso, essa Luz estava sendo enviada aos poucos, por impulsos, justamente para não queimar os canais de transmissão.

A mensagem continua:

 

"As sementes do cristianismo foram plantadas pelo próprio Cristo em vossos e em nossos corações. Estamos reunidos neste Planeta, mas a ele não pertencemos. Aqui nos encontramos há milênios, em missão.

O auge da etapa de transição, de nossa missão terrena, ainda está por vir. Encontramo-nos em fase preparatória para ela. Cabe a nós, seres invisíveis, mas sempre convosco, auxiliarmos na germinação das sementes semeadas pelo Cristo. A adubação é de vossa responsabilidade, assim como de faze-las crescer e dar bons frutos.

Vossa tarefa será dar de comer a quem tiver fome. Cada um dará aquilo que tiver cultivado, e vosso alcance no auxílio ao próximo será a medida do trabalho realizado pelo agricultor.

Os “frutos da sementeira de Jesus” serão o alimento para a humanidade da Terra, e o vosso resgate será realizado na mesma medida em que auxiliardes o resgate desta humanidade.

Não vos ocupeis de plantar outras sementes. Conservai limpo o terreno para a produção em abundância dos “frutos da vida”, pois vossa colheita frutificará em outros Mundos, onde irmãos vossos oram e pedem por vós, receosos de que venhais a falhar, e desejosos de que vosso acerto diminua o tempo e a distância que os separa.

Vão, meus irmãos, em busca de vosso destino.

Caminhando em direção à Luz, não vos perdereis jamais.

Paz em todos os quadrantes!

Paz também em vossos corações!"

  

Comandante Ashtar Sheran

GESH – 06/11/1999 – Pedra Azul/ES – Brasil

 

Nota: Mensagem retirada da Divulgação 23




RETORNAR ÀS MENSAGENS E DIVULGAÇÕES
ENTRE EM CONTATO CONOSCO AGORA MESMO!
Todos os direitos reservados ao Grupo Espírita Servos de Jesus | 2017
FBrandão Agência Web