503

Eu venho em Nome de Deus para vos dar testemunho de Meu Nome

26/12/2004

      A+ A-


                  Eu venho em nome de Deus para vos dar testemunho de Meu Nome.

                   Irmãos, vosso sangue macula o solo fértil, a água fresca e o ar perfeito que a Misericórdia Divina vos concede.

                    Transformastes o júbilo do descanso, a dádiva preciosa da renovação, ofertada amorosamente pelo Pai, em noites angustiosas.

                     Fizestes vossos corações escravos dos prazeres mundanos, roubando-lhes o trófeu da redenção através da redenção através do esforço no trabalho disciplinado e gratuito pelo próximo mais carente.

                     Onde estão vossas ações edificadoras do Reino de Meu Pai entre vós? Em meio as sarças que ferem, quem lhes interfere no caminho, dificultando o rápido acesso ao objeto de desejo e ambição?

                       Onde estão as doces palavras de bom ânimo, coragem e harmonização que deveriam ser proferidas em Meu Nome?

                       Em que paragens encontram-se os exemplos sadios da vida cristã que vos leguei?

                        Filhos amados de Meu Pai!

                        Bendita seja a vida que vos permite a corrigenda.

                       Irmãos queridos! Já é tarde...

                        Desgarrados do rebanho do Pastor que vos conduz, encontrai-vos quais cordeiros perdidos em meio aos lobos.

                        Volvei a segurança de Minha Presença por ações, palavras e pensamentos.

                         Distanciai-vos dos estranhos seres que vos circundam, famintos por vossas carnes, sedentos por vosso sangue.

                          Chega de imolações! Soerguei-vos e vindes.

                          Renunciai vossas riquezas frívolas e segui as pegadas dos pés descalços que vos marcam o Caminho de Luz.

                           Não vos enganeis, tudo o que hoje contemplais na matéria é pura ilusão. A vida real ainda não fostes capazes de vislumbrar. Necessitarieis superar a força instintiva dos corpos carnais, sublimando cada emoção inferior nas suaves fragrâncias daquelas de natureza superior e angélica. 

                           Vindes crianças Minhas! Aguardamo-vos em prece, reunidos com vossos tutores que a todos vós, auxiliam e conduzem.

                          Paz amados! Eu vos deixo a Paz!

 Sananda, 12/03/2004




RETORNAR ÀS MENSAGENS E DIVULGAÇÕES
ENTRE EM CONTATO CONOSCO AGORA MESMO!
Todos os direitos reservados ao Grupo Espírita Servos de Jesus | 2017
FBrandão Agência Web