873

Reunião Desta Família Espiritual

05/11/2006

      A+ A-


Saudações fraternas vos endereçamos!

Mãos amigas partilham convosco a oportunidade bendita do trabalho. O Mestre Amado expressa-se em júbilos de alegria pelos trabalhos que vimos realizando em nome do Cristo, em favor da humanidade terrena. Oferece-nos também a oportunidade do encontro amigo em que fraternas impressões podemos trocar, já que em vida não tivemos oportunidade de fazê-lo pessoalmente.

M – Quem está falando?

H – Aquele que na Terra teve a honra e alegria de servir ao Mestre Ramatis, materializando seus pensamentos, suas idéias redentoras na forma de obras elucidativas, educativas e elevadas.

É vosso irmão Hercílio Maes.

M – É, meu Irmão. Não tivemos a oportunidade de nos encontrarmos, como aconteceu com a nossa querida irmã América Paoliello Marques. Também com o irmão Chico não tive chance. Agora chegou nossa vez.

A Casa é vossa, os corações são amigos e acolhedores. Todos do GESJ o reverenciam e consideram muito, graças ao seu esforço, coragem e amor à causa, ao escrever obras como a Vida no Planeta Marte e os Discos Voadores e outras do mesmo quilate.

Será sempre bem-vindo ao nosso Grupo.

H – Muito embora não nos conhecendo, velhos amigos nos tornamos, ouso afirmar pela afinidade dos ideais que nos movem os passos, que nos motivam no trabalho e que alimentam nossos espíritos de vida. Lutamos por uma causa única: pelo amor entre os homens, pela redenção das criaturas retidas há milênios na ignorância, no erro, no descaso. Ao despertar percebemos que somente a entrega sincera e profunda é capaz de colocar nossa alma a serviço inteiramente do Cristo Amado. Ele que tudo merece, e nós que tão pouco podemos ofertar e ainda com muito esforço. Pequenina é a parcela de contribuição que podemos oferecer na construção do Reino de Deus na Terra.

M – Isso dizemos sempre, recebemos muito, pelo pouquinho que nós damos. Resta-nos a alegria de sabermos que este pouquinho é doado de bom coração, boa vontade e conscientes do que estamos fazendo.

H – O Mestre Ramatis nos envia as vibrações de felicidade plena por ver seus pupilos amados trilhando com firmeza o caminho da Luz, apesar de todas as dificuldades, sem desviar os passos um milímetro, do roteiro bendito traçado pelo Mais Alto.

É grande a alegria quando grupos de irmãos e amigos espirituais permanecem incólumes, seguindo seu planejamento, enfrentando com galhardia as adversidades no mundo físico, especialmente neste tempo de transição em que as energias turbulentas, qual vendaval, varrem a superfície da Terra, desequilibrando os mais fracos, perturbando os indecisos e desviando os relutantes.

Aquele que se encontra sintonizado com o Mestre Ramatis, discípulo que se reconhece como tal, em cuja intimidade guarda a alegria e o entendimento de ser seu discípulo, é então renovado em forças e energias e a tudo poderá suportar, contanto que renove intimamente, a todo instante, os votos de fidelidade, amor e entrega ao trabalho.

Somos muitos a labutar na Seara do Cristo conduzidos pela mão amiga do Mestre Ramatis.

M – Respondendo a uma pergunta nossa, a respeito de uma companheira que se encontrava com a mente desarmonizada, ele respondeu:

H – A irmã, portadora da mente em desequilíbrio, introduziu a negatividade, permitindo o acesso de seres infelizes, imprudentes, irmãos nossos comprometidos de certa forma com esta Casa e com este Grupo Espiritual. A entrada não foi de forma alguma negligência do "aparato de proteção da vossa Casa Espírita", apenas recurso salvacionista educativo e de progresso em atendimento a Lei Maior, que permitiu, permite ainda, e permitirá até a conclusão do episódio, com o avanço dos envolvidos ou a queda dos despreparados, pois as lições enviadas são destinadas à preparação dos discípulos porque a prova sempre chegará. Quanto maiores e mais elevadas as lições que vos chegam, mais duras e aspérrimas as provações que virão, quanto mais próximos do fogo, mais preparados para enfrentá-lo. A vida espiritual é dinamismo puro e não olvideis de que os ensinamentos e luzes que chegam, representam passos em direção a elevação e ao progresso que, mais dias menos dias, necessitarão ser provados. Para que o caminheiro continue seu caminho, é necessário estabelecer e definir suas condições para tanto; daí as forças negativas adentrarem, atraídas pela mente negativa.

Mas a perturbação avança rapidamente embora silenciosa, e provoca nas mentes questionamentos perigosos e importantes como prova do conhecimento adquirido. Esses momentos necessitam ser vistos como momentos de provações, aqueles utilizados como recursos de avaliação na escola em que o estudante é chamado e inquirido a cerca dos conhecimentos recebidos dos professores; está na Lei, não é capricho nosso. Todo conhecimento que chega, não chega por acaso, destina-se a elevação das almas, e estas, a cada passo, necessitam estar cada vez mais conscientes de que o conhecimento recebido destina-se a sua transformação moral e atuação definitiva no Reino da Luz.

Nenhum conhecimento é em vão, nenhum conhecimento é trazido por acaso ou para simples apreciação de poucos; objetiva a impulsionar o progresso de toda uma humanidade. Mas, para tanto, precisa do concurso fraterno de cada criatura, acolhendo as informações e as lições elevadíssimas, transformando-as em ações, removendo pedras dentro de si, limpando, higienizando a própria intimidade, os pensamentos, palavras e atitudes. Deixam de ser o homem velho e passam a traduzir o homem novo, aprendiz ainda, porém renovado em suas condições espirituais, mentais e emotivas.

Reconhecer tais mudanças é tarefa difícil para as pequeninas criaturas que iniciam a jornada de progresso, porém, Irmãos mais velhos que vão adiante, podem e devem retornar às lições aprendidas, e amorosamente indicar o caminho àqueles que vem logo atrás de si, partilhando o aprendizado, elucidando a mente imatura e alertando-os para que entrem em harmonia com as Leis do Universo.

Tudo no Universo é dinamismo e trabalho, tudo tem propósito. A vida não pára e a estagnação representa a negatividade instaurada no processo. Observai a própria natureza e vereis confirmado o que vos falo. Assim em a natureza, assim com as pessoas, pois tudo é apenas expressão do mesmo Criador cujo Sopro anima a vida em todos os Universos.

A vida pulsa em progresso, em direção a Luz, e é para lá que caminhamos, também nós, criaturas felizes reunidas pelo amor do Mestre Ramatis. Mas é chegado o momento em que cada um de nós necessita ampliar o chamado para "reunião desta família espiritual", convocando outros irmãos e amigos afins para despertá-los, orientá-los e encaminhá-los, tocar em seus corações e mentes, a recordação ativa. E de que forma faremos? Através das Divulgações e das Obras que são enviadas, pois tocam ao mesmo tempo o espírito humano no sentido de elevar-lhe a vibração até a faixa do amor fraterno como também se destinam a despertar e atrair irmãos nossos, discípulos do Mestre, para a reunião de sua "família espiritual" e seremos nós, também, instrumentos deste trabalho. Que saibamos acolher os que chegam ainda que atrasados e que tenhamos a firmeza de indicar-lhes o caminho, respeitando a liberdade que cada um tem, de segui-lo ou não.

Que as Forças do Universo nos envolvam, impulsionando o trabalho em favor da humanidade; que as "Obras" que ora vos chegam, possam tocar os corações das criaturas, despertando-lhes, o que há de melhor. Que cada humano se renove na sua humanidade, e perceba que ali ao lado, o próximo, seu irmão, necessita tanto de amparo e cuidado quanto ele mesmo.

Assim é a Vontade Maior e assim será.

Salve a Força do Amor.

M – Obrigada meu Irmão pelos esclarecimentos.

H – Alegria imensa é encontrar na Terra espíritos corajosos, desejosos de dar cumprimento a Lei, diferentemente daqueles que tendo convivido conosco, pouco compreenderam das "lições maiores". Alegria maior seria se aqueles também, pudessem dar prosseguimento ao trabalho, pois muito mais deixei na Terra que não foi ofertado ao público.

Mas não nos cabe o julgamento, apenas a alegria imensa de estar convosco neste pequenino Grupo Espiritual.

Que o pai em Sua Infinita Bondade e Misericórdia nos estenda sempre a Luz do entendimento, a força do trabalho e a vontade do progresso.

Salve a Força do Amor.

Hercílio Maes

GESH – 30/06/2006 – Psicofonia – Vitória, ES – Brasil




RETORNAR ÀS MENSAGENS E DIVULGAÇÕES
ENTRE EM CONTATO CONOSCO AGORA MESMO!
Todos os direitos reservados ao Grupo Espírita Servos de Jesus | 2017
FBrandão Agência Web