55

Divulgação 55

18/01/2010

      A+ A-


Caros leitores, que a Paz do Divino e Amoroso Mestre dos Mestres, Jesus, envolva todo o planeta Terra e sua humanidade, tão carente de Fé, Paz e Amor.

Estivemos, durante três dias, na Ilha de Fernando de Noronha; não como turistas, mas para uma boa faxina no astral inferior daquelas paragens.

De alguns anos para cá, surgiu, em minha mente, a idéia de realizar um trabalho de doutrinação com espíritos infelizes, sofridos, "imantados" nos planos invisíveis daquele lugar. Eu tinha certeza de que ali se encontravam antigos condenados, ainda presos, escravizados, torturados por "forças trevosas" poderosas, bem como muitos desmemoriados, à toa, sem rumo, perdidos na ilha.

Devido à longa prática de muitos anos em doutrina, diálogo, ou, como costumo dizer, conversa com espíritos carentes de qualquer natureza, deduzi que no astral da ilha deveria existir o "duplo" da antiga penitenciária desativada. Aquela instituição penal era temida por todos, pois quem fosse condenado a cumprir sentença em Fernando de Noronha, dificilmente voltaria para rever seus entes queridos.

Como "querer é poder", quando depende de nós, lá chegamos e fincamos nas regiões inferiores do astral a cruz do Cristo Jesus, derrubando os postes de torturas, os muros da escravidão, as masmorras dos sofrimentos.

Houve muitas preces, concentrações e doutrinações de três em três horas, das seis da manhã às nove da noite. Houve, também, combate nos planos invisíveis, pois os algozes e dominadores "do pedaço" não iriam ficar de braços cruzados, vendo seu "paraíso dos horrores", dizemos nós, ser destruído. Lutaram, e lutaram muito.

Enfim, os presos foram libertados e encaminhados a lugares adequados as suas situações. As Fortalezas Infernais foram destruídas totalmente e as naves-prisões, do insigne Comandante Yury, abarrotadas de "meliantes do além", indo, por sua vez, cumprir pena em Mundos Primitivos e até estéreis, de acordo com o perfil psicológico de cada um.

Com vocês, algumas lembrancinhas da Ilha de Fernando de Noronha, em forma de mensagens.

Margarida

GESJ, dezembro de 2009


Este número foi dividido em três blocos, sendo:

1º Bloco – Mensagens recebidas em Olinda (PE);

2º Bloco – Mensagens recebidas na Ilha de Fernando de Noronha (PE);

3º Bloco – Mensagens recebidas no "GESJ", em Vitória (ES).


1º Bloco

A falência da família

Salve as Forças da Luz!

Irmãos, todos que já possuem o entendimento dos estudos e o conhecimento das tarefas e obrigações nos momentos em que vivem, devem transmiti-los ao próximo que ainda vive imprudentemente, em meio às feras.

A falência da família vem dos desajustes cármicos e da falta de orientação espiritual no seu núcleo.

Que o Culto no Lar, bálsamo que alivia e torna pacífica a convivência familiar, seja uma constante nos lares dos Servos de Jesus.

Seja, a Paz, a tônica no dia a dia e que a Luz do Mestre Jesus a tudo envolva.

Joanna de Ângelis (Olinda, PE)

Em 02/11/2009

Pululam, ao vosso redor, os sofredores

Destemidos companheiros e irmãos, bendito seja o Amor de Deus!

Bendito seja Jesus, o Divino Amigo!

Pululam, ao vosso redor, os sofredores. No plano físico, vós os enxergais e os auxiliais. Porém, existe o sofrimento no plano além da matéria, no plano astral que vos rodeia.

São aos milhares os espíritos sofredores, aguardando, em dor, que mão amiga os auxiliem a despertar das trevas para a luz.

Guiados pelo amor, auxiliai estes irmãos com a palavra esclarecedora, com os sentimentos do amor fraterno.

Convidamo-vos, irmãos, ao exercício da caridade anônima em nome do Cristo, na prática da mediunidade que vos foi concedida para progredirdes, auxiliando aos sofredores. Muitos destes irmãos são entes queridos e de outras encarnações. Buscai-os no socorro amigo, através do exercício mediúnico.

Instituída a Codificação dos Espíritos, leguei a vós o roteiro que faculta vossas almas adentrar o mundo invisível, socorrendo e amando os sofredores e, ao mesmo tempo, instruindo-vos com o conhecimento que liberta, amparados pelo Evangelho do Amor de Jesus, alcançando a libertação.

Não vos julgueis incapazes, pois não o sois.

Direcionai vossas energias ao socorro dos sofredores do além.

Espíritas, instrui-vos e amai-vos.

Allan Kardec (Olinda, PE)

Em 02/11/2009

Através do sofrimento burilai vossas almas

Vidência: Vi o Mestre Ramatis chegar, enquanto recitávamos o Mantra. A energia que nos envolvia era intensa e milhares de espíritos sofredores foram trazidos pelos Trabalhadores Servos de Jesus. Tais espíritos estavam muito emocionados e ouviam atentamente as palavras do Mestre Ramatis e alguns choravam compulsivamente.

Após, recebi a seguinte mensagem:

Irmãos, a Paz seja convosco!

Muitos são os trabalhadores da Seara do Bem. Trabalhadores sinceros que, equivocadamente, julgam que poderão transformar o mundo.

Irmãos, buscai transformar o vosso mundo íntimo e, num pulsar elevado de mente e coração, transformareis o mundo ao vosso redor.

A transformação externa se processa e o planeta caminha para largar a roupa velha e vestir a nova túnica de Luz da regeneração. Aquele que deseja acompanhá-lo em sua ascese deve, também, deixar para trás o homem velho, permitindo brotar o homem novo, com vestes luminosas e adequadas ao banquete da regeneração.

A mudança ocorre na prática do Evangelho do Cristo.

Não aguardeis a glória na Terra, pois somente alcançará a verdadeira transformação aquele que transmutar os desejos inferiores em amor e trabalho, em favor de si e do próximo.

Abeira-se a hora de dar testemunho de vossa transformação, de provardes vossa fé no Criador e, para isso, é na prática do Evangelho que havereis de atingir.

É no binômio estudo e trabalho que superareis as Trevas e alçareis à Luz.

A Luz do Amor Divino incide sobre a humanidade, mas, para acessá-la, as criaturas devem suplantar as próprias trevas interiores, deixando-se guiar pelo Amor, pela Paz do divino Mestre Jesus, Aquele que Presente se encontra na Terra.

El Morya, me chamais

Detendes a força e a energia necessárias para impulsionardes o progresso de vosso ser.

Vossos passos, atrasados na jornada evolutiva, vos impõe sofrimento, o mesmo sofrimento que impingistes ao irmão de jornada.

Nada tema aquele que deseja ascender para um mundo melhor, longe das rodas de dor. Através do sofrimento, burilai vossas almas para a festa das bodas nupciais.

Nada temais, pois o mundo que viveis é de provas e expiações e não sois, ainda, o anjo que gostaríamos que fosseis. Portanto, o sofrimento ainda é parte ativa de vossa jornada para a evolução.

Que a Chama do Amor inunde vosso ser!

Salve a Verdade!

Salve a Paz!

Salve o Amor!

El Morya (Olinda, PE)

Em 02/11/2009


2º Bloco

Grande Sol nos ajuda a vencer

Me chamo Xarucan, "índio-aranha", pertencente a esta ilha.

Aqui nos refugiamos em tempos esquecidos e aqui permanecemos por toda a era da vida.

Vimos povo estranho chegar, invadir, saquear, aprisionar. Vimos escravidão. Permanecemos escondidos porque o povo aranha sabe se defender.

Fomos procurados por gente diferente daquela que escraviza. Gente pequena como nós e que diz morar dentro da Terra e que o Pai, que cria tudo, faz limpeza na Terra e que nós podemos ajudar, pois também chegou a nossa hora de evoluir.

Não compreendemos tudo que disseram, mas compreendemos que algo diferente se passa e que chegou a hora que nossos ancestrais previram, quando discos brilhantes surgiriam entre as aves dos céus e, de dentro da terra, gente pequena como nós, viria para nos ajudar.

Fomos levados a sua presença, conhecer mulheres que lutam. Temos acompanhado mulheres guerreiras e agora nos permitiram dizer que também fazemos parte deste trabalho e lutaremos para limpar os oceanos e mares e limpar as terras que um dia foram puras.

Grande Sol nos ajuda para vencermos. Por tempo que não sabemos dizer, permanecemos escondidos, somente vivendo na defesa e sobrevivência do nosso povo.

As lendas e histórias dos nossos ancestrais se tornam reais e nós queremos participar e socorrer o povo prisioneiro.

Conhecemos entradas para as prisões e falamos com bichos do mar que nos auxiliarão a libertar homem que sofre preso nas águas.

Xarucan, "índio-aranha" (Fernando de Noronha, PE)

Em 03/11/2009

Sois Minha Voz! Sois Minhas Mãos!

Vidência: Vi o redemoinho negro girando em alta velocidade. Vejo Zambi e os Guerreiros Africanos guardando as portas dos nossos quartos; eles possuíam lanças maiores do que eles. Os animais felinos adestrados também estavam presentes.

Por toda a ilha estão espalhados: Guerreiros Servos de Jesus, Guerreiros da Luz, Irmãos Intraterrenos, Índios, Africanos, Extraterrestres, Caboclos, irmãos do GESJ. Vejo, também, Eduardo e Guto, companheiros do nosso Grupo ainda encarnados.

Quando o Mantra foi cantado ele ressoou por toda a ilha, num canto rítmico, sonoro e forte, fez romper as correntes que amarravam os prisioneiros uns aos outros. Porém, eles permaneceram paralisados como se fossem de pedra. Tive a impressão que estavam paralisados de terror.

Em outro momento, vi o Mestre Jesus. Seu coração estava exposto e trincado. Das trincas saíam faíscas que transformaram-se em feixes de Luz. Na medida em que o Mantra era entoado, saíam luzes do Seu Coração, direcionadas aos sofredores; parte daquela energia era doada aos Trabalhadores da Luz. O Mestre flutuava acima do oceano.

Ao final do Mantra, Jesus, vagarosamente, foi mergulhando no mar e, quando sumiu, uma explosão de Luz, como uma bomba atômica, repercutiu em todos os recantos e dimensões. Eu O ouvi dizer:

Sois Minha voz! Sois Minhas mãos!

Entrego-vos Meu Amor para repartirdes com o irmão menor.

Eu Sou Jesus

Após a explosão de Luz, os corpos astrais dos prisioneiros que estavam no mar boiaram e os Trabalhadores da Luz partiram em sua direção para o socorro amigo e urgente.

Em 03/11/2009 (Fernando de Noronha, PE)

Eles serão soerguidos das Trevas para a Luz

Vidência: Durante a recitação do Mantra, vi João Evangelista olhando o mar e mudando de lugar na linda paisagem. Vi vários espíritos sofredores chegarem e se colocarem à nossa volta. Foram trazidos pelos Trabalhadores da Luz. Um redemoinho de Luz gira em sentido contrário ao redemoinho negro, neutralizando-o.

Em seguida, o Profeta fala:

O exílio em Patmos foi torturante para nossa alma, que ansiava por liberdade. Mas, sem nos rebelarmos, buscamos o contato com as Forças Superiores, dali haurindo as forças necessárias para não sucumbirmos.

A beleza extasiante do lugar preenchia nossa alma e, ante divina beleza, libertávamos nosso espírito para além da matéria aprisionante. O êxtase nos dominava e víamos, com a alma, as cenas do futuro, que se desenrolavam diante de nossos olhos espirituais.

Porém, nossa liberdade cerceada era dorida e difícil de suportar.

Ali, não fomos torturados, nem escravizados e não nos vimos presos por nenhum ignominioso ser, portanto, nos curvamos ante a Vontade do Pai e humildemente buscamos servi-l’O em Sua Obra, dentro de nossas limitações.

Este lindo cenário que vemos aqui, agora (Fernando de Noronha), nos reporta ao passado. Vemos que nosso exílio nada representou de sofrimento ante a ignominiosa sorte destes irmãos.

Corrompidas suas almas por vícios milenares e por culpas esculpidas em seus espíritos, eles não souberam resignar-se frente a dura realidade do exílio. Não suportaram a dor moral, física e espiritual, mergulhando nos escaninhos da revolta que fragiliza a criatura, expondo-a a perdição no mal.

E, assim, foram arrastados pelas almas vis, que permanecem atreladas aos Abismos nefastos, conduzidas pela pérfida mente da Besta. Suas almas aprisionadas pelos sentimentos de baixa vibração foi o fator contundente, para manterem-se reféns do mal.

Muitos daqueles homens e mulheres que para aqui foram trazidos como exilados já superaram a escuridão do próprio ser, alcançando o perdão que redime, e evoluíram. Nesta hora de transformação necessária, os redimidos voltaram, atendendo ao chamado da caridade, no socorro aos irmãos de humanidade e também de sofrimentos.

Aqueles que não perdoaram e que constituem a grande multidão de espíritos sofredores, permaneceram arraigados nas trevas até esse momento.

Eis que é chegada a hora da limpeza da terra e dos céus! Nada restará, nem pedra sobre pedra e os homens saberão que a Força de Deus a todos comanda! O Amor do Pai, representado pelo Amor do Filho, arrastará as trevas para longe da Terra e as dores cessarão para que a alegria tome seu lugar.

Trabalhemos, irmãos, assistindo aos sofredores, posto que, cessou o seu martírio e serão soerguidos das Trevas para a Luz.

Salve a Paz! Salve o Amor!

João, O Evangelista (Fernando de Noronha, PE)

Em 03/11/2009

Esgota-se o tempo e a humanidade permanece na ilusão

Médium – D. Margarida pediu ao espírito de João Evangelista que, se possível, confirmasse ou não, as três encarnações como Samuel, João Evangelista e Nostradamus.

E Ele respondeu:

Um mesmo espírito veste milhares de indumentárias carnais, quantas forem necessárias ao seu progresso naquele planeta, ou até onde as Leis do Progresso o permitam.

Como Profeta Samuel, investido do dom profético, conhecendo as Leis de Deus interpretadas para a época em que vivia, fui capaz de ter visões, mas com limitada compreensão de todas, pois o povo da época era mais levado pela superstição do que pela fé no Criador.

Como João Evangelista, o espírito já havia encontrado um esclarecimento maior e as percepções das Leis, encontravam-se mais claras em sua mente.

Esta foi a encarnação de ouro, pois a convivência com o Divino Amigo trouxe novo impulso de progresso para nossa alma, na qual o meu ser absorveu grande carga de energia superior, transformada em fé renovadora.

Como Nostradamus, descemos para restaurar a fé de alguns companheiros da grande família espiritual e consagrar ao mundo as profecias do futuro da humanidade.

Três encarnações com "poderes proféticos" me assinalam a jornada sobre a Terra; porém, em milhares de outras fui anônimo, e assim seguirei, pois somos apenas mais um filho de Deus, irmão de todos vós.

Sigamos com Jesus na prática do amor, libertando almas, tornando-nos como Ele denominava Seus seguidores: "Pescadores de almas".

No rolar da evolução, as criaturas encontram a escuridão. Sucumbir ou elevar-se é a trajetória das almas em suas escolhas, no uso do livre arbítrio.

Acima da escuridão paira o sol, aquecendo e mantendo a vida.

Nasce, nos corações e nas mentes, o desejo de buscar a Luz, ou permanecer nas Trevas.

As carruagens de fogo se aproximam;

As bolas de fogo caem dos céus;

As plantações já queimam nos campos;

As águas crescem de volume, agigantando-se sobre as cidades;

As feras já dominam os homens, que não mais se reconhecem como irmãos, pais e filhos.

A Besta do Apocalipse verte a taça de fogo sobre os homens incrédulos, que aceitam o liquido flamejante e renegam a Taça de luz que promove o progresso.

Nos céus e na terra ouvem-se os clamores dos homens, pois a paz e o amor foram banidos dos corações.

Esgota-se o tempo e a humanidade permanece na ilusão.

Samuel, João Evangelista, Nostradamus (Fernando de Noronha, PE)

Em 03/11/2009


3º Bloco

Nenhuma provocação é lícita

Irmãos, que a Paz de Jesus esteja convosco e oriente as existências de todos os humanos encarnados e desencarnados, nessa hora, no planeta.

Do Alto, partem irradiações de Luz que chegam até vós por acréscimo de Misericórdia do Criador, emitidas dos Corações Amorosos de inúmeros Seres arregimentados pelos Mestres ascencionados que, unidos, envolvem todo o planeta na aura benfeitora da bondade, da compaixão e do amor. Destinam-se tais energias a todos que caminham pela Terra, buscando compreender o propósito da vida e alçar suas energias acima do padrão vibratório inferior que predomina na Terra.

Trabalhamos incessantemente, como bem sabeis, e, há muito, vimos junto a vós revelando os conhecimentos permitidos pelo Criador. Dissemos , tempos atrás, que, quando vossas cadeias não mais suportassem o enorme contingente de criaturas desviadas do caminho, estaríeis vivendo os Tempos Chegados da Transição.

Amigos queridos! Reconheceis, hoje, no cenário de vosso mundo, "alertas" que vos enviamos no passado, pois sois capazes de confrontar nossas palavras com a realidade que viveis no presente. Sois prisioneiros em vossos lares e os delinquentes da vida, soltos pelo mundo, perturbam a ordem, a convivência e a rotina de homens e mulheres, jovens e idosos que procuram trabalhar e conduzir suas vidas dentro dos preceitos morais e espirituais, sugeridos pelo Mestre Nazareno.

Confronteis nossas palavras de ontem com a realidade de hoje e atentais para as palavras que vos trazemos no presente para que, no futuro, nãos vos assombreis com a realidade que se encontra por desvelar, pois mais agravamentos virão. Agita-se a psicosfera terrestre, ansiosa por fazer drenar, no corpo material do Planeta, a densidade tóxica da vida que pulula sobre a sua superfície.

São irradiações mentais de carga densa e negativa que formam o tapete negro que envolve a esfera azul, necessitando higienizar-se e, então, na forma de catástrofes naturais, será feita a drenagem de certa quantidade de toxinas, aliviando a carga pesada que a Mãe Terra transporta.

Irmãos, quanto mais se agita a esfera psíquica do planeta, quanto mais se confrontam as Forças do Bem e do Mal, mais necessitais definir-vos pelo lado da Luz ou das Trevas. Definir por atitudes e não por palavras; definir pela obra que a mão constrói e não pelas intenções que passam pelo coração e pela mente.

Que a velocidade dos acontecimentos seja, para vós, uma lição da velocidade que necessitais imprimir em vossas decisões e em vossa mudança íntima, nessa hora acelerada de Transição Planetária.

Vosso orbe doente agita-se em busca da saúde e expulsará, naturalmente, todas as células contaminadas, somente permanecendo ligadas fluidicamente, a ela, as células sadias, com possibilidade de crescerem novamente, quando, enfim, estiverem higienizadas e limpas.

Agitam-se as "forças" em vosso Planeta. Exércitos das Trevas se unem contra vós. Torrentes de "forças negras" serão, cada vez, em maior número, destinadas aos Núcleos de Trabalho que resistem às Trevas. Não deixeis esmorecer vosso ânimo, pois é assim que acontecerá até o fim, até que se enfrentem Exército contra Exército. Levantar-se-ão os Comandantes de ambos os Exércitos para o confronto final. Então, após a última batalha, definida a Força Soberana sobre a Terra, haverá o recomeço.

Agitam-se as forças na psicosfera da Terra. Colocai-vos na posição desejada para lutar ou fugir. Que vossas consciências tenham clareza e discernimento nessa hora.

A Paz vos trazemos, a Paz vos deixamos, em nome de Jesus.

Comandante Yury

Margarida – É o Irmão Yury quem está falando?

Comandante Yury – Vosso Comandante Yury, convosco e presente.

M. – Essa última batalha, a qual o Irmão se refere, é a batalha com o Dragão?

Com. Y. – É a grande "Batalha do Armagedom". O "Apocalipse" final.

M. – Depois dessa batalha não vai haver mais nenhuma grande batalha?

Com. Y. – Não, porque serão deportados todos os infratores e rebeldes. Não haverá mais um levante sequer de "força negra" sobre este planeta, após a derrocada da Besta.

M. – Ou seja, os Comandantes, bem como a Besta, e os Chefes Reptilianos, a essa altura, todos eles, serão exilados. É isso?

Com. Y. – Serão arrancados, pela raiz, deste planeta.

M. – Graças a Deus!...

Com. Y. – E não mais pousarão sobre a Terra suas pérfidas intenções, pois o planeta estará saneado e cauterizado pela Força do Amor do Cristo, repudiando toda presença maligna neste Orbe que já recebeu muita negatividade, sofrendo danos profundos em sua tessitura planetária. Os "inimigos da Luz" serão deportados.

M. – Os dias de sofrimento prosseguirão, até a total verticalização do eixo da Terra?

Com. Y. – Uma vez iniciado o processo de limpeza, longo período se passará, pois da mesma forma que séculos foram necessários para conduzir a Terra à sua atual condição, muito tempo levará até que as Forças do planeta se reajustem em novas faixas vibratórias, exterminando, por completo, toda negatividade aderida ao seu corpo planetário. O sofrimento humano deverá conduzir-vos à compreensão de vossa real situação, diante da magnitude do Cosmos.

M. – Gostaríamos de saber se nossa atitude foi correta, ao ter lido, em reunião pública, uma carta que nos enviaram sobre os Reptilianos e "um certo Portal", em Mato Grosso, bem como o envio de cópias da referida carta para certos Núcleos Espiritualistas, que se interessam por nossas divulgações. Estamos no caminho certo?

Com. Y. – A fase atual do trabalho é de enfrentamento das "forças negativas". Como vos foi dito, é de união entre as partes, entre os núcleos que até então vinham se fortalecendo, definindo-se por completo os integrantes de cada Núcleo Trabalhador.

Aqueles que permanecem enfrentando os dissabores, os ataques, as armadilhas, e aqueles que reafirmam sua vontade de progredir junto às Hostes da Luz, devem unir-se, pois, igualmente, unem-se, sob intenções menos dignas, as Forças do Mal. Arregimentam-se Exércitos Draconianos, Exércitos Reptilianos e Exércitos de toda forma e tipo, de diferentes Líderes Negativos, comandados pela Besta. Unem-se, sobrepujando o orgulho e a vaidade que os dominam, para enfrentarem os Cordeiros da Luz. Igualmente, deveis unir-vos, consolidando as Forças do Bem sobre a Terra. Dessa forma, o enfrentamento crescente é inevitável e, diante do confronto final eminente, cabe-vos assumir a posição de Guerreiros declaradamente, enfrentando o que for preciso para dar testemunho da escolha que fizeram.

Queremos dizer que vossa atitude está correta, coerente com o propósito do trabalho, na nova fase em que vos encontrais. Nenhuma provocação é lícita, porém, toda tomada de posição reafirma o guerreiro em sua Luz.

Que a Paz do Mestre Nazareno esteja convosco!

M. – Obrigada meu Irmão, pelas palavras esclarecedoras. Que o Pai Amantíssimo e os nossos Irmãos Maiores, como vós, continuem nos ajudando, hoje e sempre.

Em 26/05/2009

Três dias de escuridão encobrirão a Terra

Médium – Ouço as seguintes palavras, repetidamente:

"Três dias de escuridão encobrirão a Terra!"

"Três dias de escuridão encobrirão a Terra!"

"Três dias de escuridão encobrirão a Terra!"

Vidência: Vejo o planeta girando no espaço e uma "gigantesca nuvem negra" em sua trajetória. O planeta, paulatinamente, é engolido pela nuvem densa.

Nas cidades, desespero, gritos, loucura. As televisões, no mundo inteiro, anunciam insistentemente: "Não saiam de suas casas! Busquem abrigo seguro, local subterrâneo! Fechem bem portas e janelas. Não deixem os gases contaminados invadirem o ambiente. São letais a vida!"

Insistentemente, a mesma notícia se repetia por todo o globo, até que o planeta mergulhou na escuridão. A escuridão passou e a vida continuou.

O povo sai às ruas, correndo de um lado para outro, sem direção certa.

Pessoas se jogam de edifícios, de apartamentos.

Nos campos, vejo, em casinhas humildes, pessoas simples, ajoelhadas, rezando com velas acesas. Na África, as populações pobres e desnutridas, aos magotes, mortas, caídas pelas ruas sem calçamento, em locais ermos. No mar agitado, a fauna marinha flutua morta.

Logo após, recebo a seguinte mensagem:

A escuridão invadirá a Terra e desaparecerão todos os preconceitos de raças e de credos.

Ruirão as estruturas políticas e religiosas. A sociedade organizada desaparecerá.

Todos os seres terráqueos serão igualados pela dor; dor suprema de agonia.

Impotentes, ante a força maior e incontrolável dos fenômenos da Natureza.

À quietude que se seguirá, somente os gemidos se ouvirá!

Um vento gélido irá soprar, dissipando a escuridão, levando para longe a nuvem de gases venenosos.

Os sobreviventes se buscarão, na ânsia de unirem-se aos entes queridos que não mais existirão. E aquele que sobreviver será irmão de todos; e, no auxilio mútuo, agregarão forças para recomeçar.

A loucura estará instituída em muitas mentes, que desejariam ser um daqueles milhares de cadáveres, espalhados pelas vias públicas. Mas, sem coragem de ceifar a própria vida, mergulhará na ausência da realidade que não suportará enxergar.

A comida, racionada, muita disputa ocasionará.

A água preciosa será como a moeda de ouro, disputada.

No plano invisível, a desordem também será grande, pois se a massa ignorante não aceita morrer de causas naturais, as mortes coletivas para eles, de maneira tão infundada e incompreensível para suas mentes, as lançarão no torvelinho das trevas, onde criaturas odientas e animalizadas as aguardam, para nutrirem-se.

Horror e loucura na terra e nos céus! (no plano astral)

Na mais pungente dor, será ceifada a humanidade de terceira dimensão.

Para livrar-se da crosta purulenta e das chagas abertas pela rebeldia humana, deverá a criatura sofrer, tornando-se pura para merecer ascender. As Trevas envolverão a Terra para o ser humano compreender que "a semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória".

Sentirá o peso do seu livre arbítrio!

O livre arbítrio pesar-lhe-á, ao sentir as consequências nefastas de sua má conduta, perante as Leis Inexoráveis do Progresso.

O eixo da Terra verticalizar-se-á, libertando-a, enfim, para recomeçar. Sua humanidade atrasada será extinta de seu seio amigo. A Terra atrairá o trigo bom, para consigo dar início a novo estágio de progresso: o recomeço feliz da Terra de Regeneração.

Consultai vosso coração.

Onde desejais estar naquela hora que não tarda?!...

Jesus é nosso Pastor e nada nos faltará!

Nostradamus

Médium – Após o Mantra das 18:00h, captei mais estas palavras:

Nem pedra sobre pedra restará! E os homens ignorantes se perguntarão: "onde está Deus que não nos salva"?

Compreenderão, a duras penas e ranger de dentes, que Deus está em toda parte e em si mesmo. Contudo, será tarde demais para aprofundar-se no Evangelho de Jesus e transformar-se, pois a Terra de Expiação e Provas, a essa altura, não mais existirá; e, na Terra de Regeneração nascente, não poderão habitar.

Seguirão, então, para outro ciclo de burilamento, em condições muito adversas, em planeta áspero e agreste para cumprirem, mais uma vez, os Desígnios Maiores que desobedeceram, se rebelando.

Na dor, cumprirão seus destinos de rebeldes decaídos.

Nostradamus

Em 18/09/2009

Nota: Ao terminar a leitura dessa mensagem pela quarta, ou quinta vez, meus olhos brilharam de lágrimas, não de medo. Lágrimas de alegria imensa, que meu espírito sente, e emoção profunda ao ver o nosso pequenino GESJ, humilde e sem pretensões, receber mensagem como esta que dizem tudo para os estudiosos do assunto e cumpridores das Leis Divinas.

Quem é Nostradamus?

Segundo nosso Mestre Ramatis = Kuthumi, ele é reencarnação do Profeta Samuel.

Dias atrás, Ele nos deu uma mensagem e colocou três assinaturas: Nostradamus, João Evangelista - o autor do Apocalipse e Samuel.

Então, todas nós do Grupo, deduzimos que os três são um só. Todos os três cultivaram esse dom da "Profecia".

Margarida

Vimos os Abismos e o horror das cenas vivas

Irmãos, a ampulheta do tempo paira sobre esta humanidade e vemos que pouco resta de tempo para as escolhas acertadas das criaturas.

O tempo se esgota e, em lamentáveis condições morais, apresentam-se as criaturas da Terra. Sôfregos pelo poder e bens materiais, esquecidos de Deus, acicatados pelos instintos e enegrecidos pela falta de amor nos corações.

A humanidade é dominada pelos "seres das trevas" imantados às esferas ígneas dos abismos e que conduzem as criaturas à queda, à escuridão e ao atraso espiritual.

Irmãos, tendes as chances e as oportunidades indispensáveis para progredir.

Vosso atraso já perdura por demasiado tempo!

É a última hora para modificardes, positivamente, vossas vidas, buscando o oposto das escolhas equivocadas que vindes realizando.

A Luz Divina do Mestre Jesus, acesa como um Sol sobre nossas frontes, garante vitória àquele que O busca com os recursos do sacrifício, da renúncia e da prática de Suas Lições.

Não aguardeis que os acontecimentos turbulentos a vossa volta vos arrastem no turbilhão das dores para, enfim, buscardes o Sol que mais brilha.

Este é o momento do fortalecimento da fé, da prática da caridade solidária e anônima sem nada esperar em troca. É o momento de modificardes o tônus vibratório de vossas almas para alcançardes os níveis vibratórios das "Naves de Resgate", pois caso assim não seja, alcançareis, apenas, as "Naves Prisões" e, mais uma vez, o exílio e o degredo.

Aceitai vossas limitações materiais; aceitai as condições de vida que o Pai vos oferta para progredir e caminhai rumo ao progresso e a ascensão espiritual.

As escolhas são feitas em cada ação que fizerdes em vosso cotidiano, construindo em vossos corpos a aceleração das células, sutilizando-as para a ascensão, ou depositando o negrume que intoxica e pesa em vossa alma, impedindo-a de voar, mantendo-a presa as rodas cármicas de sofrimento.

Vindes, irmãos, ao encontro com o Cristo.

Ele nos guia, hoje e sempre.

Dante Alighieri

Vimos os Abismos e o horror das cenas vivas carregamos em nossa alma.

E vos garantimos: mais vale o sacrifício e a morte, em nome do Cristo, que a vida abastada e a satisfação dos instintos para a convivência com a Besta.

Jesus nos guia!

Dante Alighieri, em 20/10/2009

Viveis o final de um tempestuoso ciclo planetário

Em priscas eras, a inteligência rudimentar do homem primitivo destaca-se do reino animal, iniciando a evolução das criaturas humanas no planeta, galgando posições, cada vez mais elevadas, no reino hominal, distanciando-se do reino animal, não somente pela postura erecta que assumiu, mas, pelo uso da inteligência e do raciocínio, cada vez mais depurado.

Aprendeu a falar e a vestir-se. Aprendeu boas maneiras e o trato em comunidade, instituindo aglomerações que se tornaram cidades e países. As fronteiras foram erigidas e as raças se definindo.

Tornou-se, o homem, o senhor total de todos os reinos, presente em todas as latitudes e longitudes geográficas.

Infelizmente, o seu aperfeiçoamento moral não acompanhou o desenvolvimento do intelecto e, no rolar das eras, nas conquistas e extermínios entre si, gerou conflitos e ódios entre criaturas irmãs, nascidas para progredir e amar.

O planeta Terra alcança o apogeu do seu desenvolvimento espiritual neste ciclo de Expiação e Provas, requerendo, desta humanidade, a prova derradeira que acionará dispositivos de seleção de suas almas.

Não são as fronteiras erigidas pelo preconceito, nem as raças, ou o desenvolvimento material e econômico, o indicador de resultados compilados para o espírito, selecionando-o espiritualmente.

Na ficha cármica das criaturas existentes no seio amigo da Terra, a maioria em lastimável condição moral e espiritual, já decaídas de outros ciclos planetários de orbes distantes, o padrão selecionador das almas será o "quantum de amor" absorvido pela centelha em prova.

As almas são selecionadas segundo o seu padrão vibratório, acima ou abaixo da prática das lições elevadas do Evangelho do Cristo Jesus. Soada a hora derradeira da Terra, automaticamente as almas serão atraídas para onde o seu mundo íntimo vibrar.

Na realidade dos fatos, a seleção já se processa e as criaturas encontram-se a caminho de seus destinos, para início de um novo ciclo, como decaído ou como regenerado.

Pensar que o tempo em que viveis é mais uma etapa transitória desta humanidade; que as tribulações físicas e morais são passageiras; que a vida na Terra seguirá seu curso; que o homem encarnado encontrará a cura para as moléstias, hoje incuráveis; que as catástrofes naturais cessarão com o controle do meio ambiente restaurado; e que a atmosfera ficará limpa dos gazes venenosos é pura ilusão!

Retirai a venda dos olhos, irmãos!

Viveis o final de um tempestuoso ciclo planetário e o planeta sacode de si as impurezas e os espinhos venenosos. Ele deseja progredir, mas, sois empecilho para sua libertação.

Criaturas humanas, despojai de si a prepotência de controle sobre os fenômenos incontroláveis de toda ordem: moral, espiritual, material e do meio ambiente.

Sois desprovidos da fé no Criador que vos ofertou o sopro da vida e amargais as injunções da rebeldia insistente contra as Leis Morais Superiores.

O ciclo de expiação e prova termina para a Terra, mas, para cada criatura que se mantém atrelado aos níveis densos do atraso espiritual, há infindáveis planetas no estágio inferior de evolução para onde serão transferidas todas as almas rebeldes.

Nascer, crescer, morrer, renascer uma vez mais, já não será possível na Terra para aqueles que se mantiveram imantados aos sentimentos degradantes.

Quando o organismo físico encontra-se doente, todos os sistemas orgânicos se mobilizam para estabelecer a saúde. O planeta Terra está doente e todo o Universo Superior tem se mobilizado para curá-lo.

Seres dos mais diversos sistemas planetários para aqui tem acorrido, trazendo sua bagagem de recursos tecnológicos superiores para tentar salvar o planeta; e nossa humanidade, também, recebe a cota do amor que eles possuem em seus corações.

Do interior da Terra, as "Sementes de Luz", aqui plantadas, ainda na formação do planeta, florescem e vem à superfície, dando cumprimento à Vontade do Pai e manifestam-se para socorrer os irmãos de superfície.

Os Intraterrenos brotam de dentro da Terra para auxiliar os irmãos de superfície. Nada disso abala as convicções dos rebelados e, mais uma vez, permanecerão atrelados à escuridão e à dor.

Irmãos, o turbilhão do tempo não aguardará com paciência vosso despertar. A hora é agora, o dia é hoje, para despertar e progredir. Jesus nos guia, hoje e sempre!

Allan Kardec

Ele prossegue:

Irmãos, o tempo passa, as humanidades desaparecem, os templos se tornam poeira. Mas, permanece, inalterável, o Amor de Deus por Seus filhos.

Allan Kardec, em 09/10/2009

Ontem Negro, Hoje Branco

Vidência: Vi um homem negro que aguardava no astral o momento da comunicação. Sua mente parecia transportada para o passado e pude ouvir sons que ecoavam em sua memória: "negro tição!..." Ele, percebendo a minha sintonia com as suas lembranças, começou a falar:

Fui negro, é verdade. Hoje sou espírito; espírito não tem cor, espírito tem todas as cores.

Já fui negro, já fui branco, nasci índio e amarelo. Vivi muitas vidas. Em muitas plantei, mas nenhuma foi tão importante como aquela em que colhi.

Como branco, massacrei povos simples e humildes. Julgando-me superior, dominei e fiz sofrer. Escravo nasci, trazendo na pele a sentença do carma: "Serás negro".

Adentrei a vida física trazendo, em mim, a marca daqueles que muito tem a resgatar. Cresci, lutei, venci! Cumpri o que fora combinado e a meu povo devolvi a dignidade outrora roubada.

Que cada um faça de sua dignidade o que bem quiser. Podem dá-la de graça, negá-la, recusar-se a ela, mas negros que somos, nada nos diminui. Pelo contrário, com sua história de sofrimento, nosso povo carrega na cor o estandarte da liberdade.

Somos livres, livres do preconceito, do ódio, da dor. Conquistamos, com suor e muito esforço, o caminho do amor. Quem quiser seguir conosco, branco, negro, irmãos de toda cor, pegue, então, sua cruz, como determinou o Mestre Jesus e venha cantando louvor, pois o "plano divino" nos coloca em igualdade de condições, na busca pelo progresso.

Ontem negro, hoje branco. Não adianta desprezar, todos passarão pela prova de experimentar a cor negra. É a lei da reencarnação, multiplicando oportunidades de mostrar aos seres humanos que a paz se constrói com a igualdade.

Salve, salve a raça negra!

Povo forte e destemido.

Salve a luta, em favor do oprimido!

Zumbi eu fui, triste morte amarguei.

Mas, quando vivo estive

Dos negros eu fui Rei.

 

Sigo em frente a divulgar

A mensagem de esperança

Aqui e em todo lugar.

Só é livre quem faz mudança.

 

Olhai pra dentro de si

Índio, branco, negro, pardo

E procurai melhorar.

Prisão maior é aquela

Que não lhe deixa sair do lugar.

 

Aos negros quero dizer

Que ser negro não dá prazer

Porque esse mundo é atrasado

E se vive sem aprender.

Quanto tempo perdido

Entre leis e discussões.

Demoram a entender

Que somos todos irmãos.

 

Passados tantos anos

Da morte dos negros escravos

Ainda vemos homens sãos

Penando como vassalos.

 

Acorda, humanidade!

E aprenda a lição:

Só se vive a igualdade

Com amor no coração.

Zumbi dos Palmares

Em 21/11/2009

Agem como zumbis

As batalhas entre a Luz e as Trevas se intensificam e os Guerreiros da Luz e do Amor são, insistentemente, chamados a combaterem, à luta.

O chamado é para todos os que hoje se dispõe a receberem as vibrações superiores. É crescente o número dos combatentes de Cristo; e os que estão ligados a Ele são fortalecidos pela energia áurica do Mestre tão amado.

As estratégias usadas pelos especialistas dos "Comandos das Trevas" atingem todos os níveis e camadas das populações. O monopólio de certas atividades faz com que certos produtos tornem-se de difícil acesso para muitos, impedindo o enriquecimento da cultura e o enlevo da alma.

São lançados, ao ar, os pacotes descartáveis da anti-cultura; anti-moral. Portanto, são esclarecimentos ativadores da sensualidade e da violência.

O sexo, antes energia criadora, hoje, para a maioria dos jovens, é destruidora, trazendo abortos, doenças, prostituição e outras práticas aberrativas.

As batidas rítmicas persistentes de certos conjuntos musicais penetram no plano mental dos menos avisados e ignorantes, acelerando o fluxo de corrente elétrica nos centros nervosos e, com este processo, fabricam verdadeiros "zumbis humanos" que agirão sob o impulso da violência e do sexo.

Luz e Trevas se confrontarão, até que o Pai intervenha com Sua Mão e dê o derradeiro sinal. Vigiai e orai, sempre!

Frei Damião, em 23/03/2001

De tudo, virei um nada...

Irmãos amados!

Uma vez mergulhado na vida corpórea, sofri enormemente. Após muitos anos de vida farta e feliz, perdi tudo que possuía: riqueza imensa em ouro, jóias e dinheiro.

Minha família destruiu-se, deixando-me na amargura da solidão, e meus amigos, desinteressados do homem doente e pobre que me tornei, afastaram-se impiedosos.

De tudo, virei um nada e, no auge do sofrimento, a doença me acometeu, arrebatando as últimas esperanças de felicidade.

Entretanto, em sonho, um anjo me apareceu, dizendo da imensa dívida que eu resgatava com meu sofrimento, afirmando que o Criador não abandona seus filhos e que, passada a tormenta, novo sol, no horizonte de minha vida, se reergueria.

Acreditei, pois em meu coração, apesar de fraca, morava a fé. Segui meus dias crendo que, apesar de todos os prognósticos mais negativos, Deus sustentava minha vida, concedendo-me uma chance a mais de provar o quanto estava aprendendo de humildade e amor ao próximo.

Então, o glorioso dia chegou, em que a cura da vinda do Pai alcançou a intimidade do meu ser, e, de dentro para fora, vi renascer meu espírito que, com suas forças renovadas, reergueu meu corpo e reativou meu cérebro.

Novas oportunidades vivi, aproveitando-as todas: constitui nova fortuna, a família perdida e incrédula se refez na paz de novos tempos e, até o fim daquela vida, a saúde foi minha aliada da prática da caridade, da graça recebida do Criador

Graça maior não há do que ter a vida tocada pelo Amor de Deus, Aquele para Quem nada é impossível e cujo Amor sequer podemos ainda compreender, mas que se derrama abundante sobre nós, incansavelmente, na espera interminável de nossa transformação.

Paz nos corações, serenidade nas mentes e amor em vossas mãos operantes!

Em 05/12/2009

Estivestes com o Mestre Jesus na Terra

Vidência: Vejo-nos no Abismo. Caminhamos com dificuldade. Há um rio sulfuroso, ou algo parecido, pois sai fumaça sufocante de sua "água densa", tornando o ambiente insuportável. O local parece um pântano. Estávamos vestindo roupas aderentes que cobriam, inclusive, nossas cabeças, deixando somente a face visível, protegida por um visor, fechando com a roupa.

Silenciosas, caminhávamos e percebemos que não estávamos sós, pois naquele local havia outros Grupos. Não sei explicar, mas aquilo tudo, todo o ambiente, parecia-me ser o corpo da Besta, ou fazer parte dela. Por isso, havia necessidade de silêncio, até mesmo dos nossos pensamentos. Uma quietude total e, no ar, uma sensação de perigo constante e iminente.

Depois, captei a seguinte mensagem:

Paz sobre todos os Quadrantes Planetários!

Paz também em vossos corações!

Cada vez mais próximos da Besta, encontram-se os Guerreiros da Luz. Suas posições estratégicas quase atingem o planejamento.

Vossos corpos mentais caminham por entre perigos. Possuem vibração mais elevada que o ambiente nefasto e é perturbado em sua constituição, devido à baixíssima densidade do ambiente.

A Fera não percebe a aproximação perigosa para si dos "Cordeiros de Jesus", devido a diferença vibratória de vossos corpos e o ambiente.

Vindes cumprindo todas as etapas, fixando, em locais estratégicos, artefatos auxiliares para a grande luta final. Mesmo com o desenlace de Margarida, seu corpo mental permanecerá agindo na zona densa, o que permitirá sua presença na luta, corpo a corpo, com a inimiga da humanidade terrena: a Besta.

No mundo inteiro existem grupos agindo convosco, descendo às regiões cada vez mais inóspitas. São criaturas que, como vós, aceitaram os treinamentos e submeteram-se a disciplina necessária para a tarefa, que lhes garantirá um salto evolutivo na escala do progresso espiritual.

Vosso corpo mental encontra-se, neste momento, muito separado dos demais corpos e não é possível uma subida brusca sem provocar danos aos demais corpos ligados entre si.

Superastes os primeiros incômodos de adaptação e, sempre que há lutas, há maior drenagem de resíduos pelos demais corpos até chegar ao físico. Porém, já não provocam tantos efeitos colaterais indesejáveis, como no início da descida. A drenagem das toxinas venenosas pelos corpos, até chegar ao corpo físico, ocorre de forma contínua para reduzir a impregnação do corpo mental nas regiões abismais; os demais corpos já criaram defesas contra as toxinas, que a principio provocavam muitos desconfortos na matéria física.

Portanto, irmãs, não vos esqueçais da ingestão de maior cota de água para manter vossa saúde física. Conservar pensamentos elevados e domínio dos instintos, para manter a saúde psíquica, e trabalhar, incansavelmente, no cumprimento de vossas tarefas na Seara do Divino Jesus para garantir o cumprimento da programação desta encarnação que proporcionará o salto quântico que desejais.

Onde estiverdes, no plano físico, ou espiritual, estará assegurada vossa presença na luta final contra a Besta, nos momentos finais antes da "verticalização do eixo da Terra".

Somente alertamos que a queda vibratória de vossos corpos vos exporá a serdes sugados para o lado das Trevas e nada poderemos fazer para impedir.

Cabe, a vós, manter os níveis vibratórios elevados de vossos corpos, através do cultivo da fé e na realização de vossas tarefas.

Não vos julgueis infalíveis, ou ungidos de algum poder superior que vos protegerá, independente de vossa conduta moral espiritual.

Manter-se como "direitista do Cristo" é conquista de cada criatura que deverá manter o esforço e a vontade ativa até o "final dos tempos".

Segui confiantes no cumprimento dos Desígnios de Deus, posto que estes se realizam no automatismo de Suas Leis.

Paz em vossos corações!

Estivestes com o Mestre na Terra.

Preparai-vos para com Ele estar nos céus.

Ashtar Sheram

Em 10/10/2009


Estaremos sempre divulgando, através dos meios disponíveis ao nosso alcance, mais esclarecimentos a respeito de nossos Irmãos Maiores de outros planetas e do Interior da Terra, e, também, sobre a Transição Planetária. Estas informações são de domínio público e podem ser copiadas, no todo ou em parte, sem prévia autorização, para distribuição gratuita e desde que não seja alterado o sentido. Fica também autorizada sua tradução para qualquer idioma, para o que solicitamos apenas o envio de uma cópia para nossos arquivos e posterior divulgação. É proibida a comercialização destas informações.

Nossas obras: Pétalas de Luz; Os Extraterrestres e Nós I e II; Cidades Intraterrestres: O Despertar da Humanidade, em conjunto com a 2ª edição de Os Intraterrestres de Stelta e Missão Submarina Extraterrestre; Os Decaídos e sua Trajetória Terrestre Vols. 1, 2 e 3; Mãos Súplices por Socorro – Nos bastidores visíveis e invisíveis dos presídios; Das Trevas para a Luz – Cidades Infernais e Série Planeta Amigo: Mensagens do Mestre Jesus; Em Nome do Cristo, novamente aqui estamos; Comandante Yury; Os Intraterrenos; Allan Kardec e Helena Blavatsky.

Leiam nossas obras. Novos conhecimentos transbordam. Parar, pensar, mudar.

Venda dos livros na Sede, via Internet ou pelos Correios.

Endereço para correspondência: Margarida Pinho Carpes (p/ o "Grupo Espírita Servos de Jesus") Avenida Santa Leopoldina, 51, Bairro Itaparica, Vila Velha/ES CEP: 29.102-040

Endereço para assistir as reuniões: Rua Hermes Curry Carneiro, 215, Bairro Ilha de Santa Maria, Vitória/ES CEP: 29.053-221

Dia e horário: terças-feiras, às 14h e quintas-feiras, às 19h30min.

A vocês que nos pedem orientação, no sentido de colaborar conosco, comecem por tirar cópias das nossas mensagens e passá-las para outras pessoas.




RETORNAR ÀS MENSAGENS E DIVULGAÇÕES
ENTRE EM CONTATO CONOSCO AGORA MESMO!
Todos os direitos reservados ao Grupo Espírita Servos de Jesus | 2017
FBrandão Agência Web