70

Divulgação 70

27/10/2013



APRESENTAÇÃO

Queridos leitores.

Muita Paz em Jesus.

Com vocês, a Divulgação 70 contendo mais mensagens sobre o assunto "Corpos Preservados".

Quem ler essas "notícias do além" com bastante atenção, sem fazer julgamentos precipitados, guardando-os para interpretá-los, após compreender o assunto plenamente, verá comprovada a Misericórdia Divina envolvendo-nos nas situações difíceis, e impossíveis aos nossos olhos, que a vida apresenta-nos.

Quando as primeiras revelações chegaram para o GESJ, no final do século passado, não tínhamos a mínima idéia de que existiam "Corpos Preservados", guardados com tantos cuidados físicos e sigilosos.

O tempo passou e, finalmente, no 2º semestre de 2012, eu pensei: já está na hora de aprofundarmo-nos no tema, para publicar tão importante e desconhecida revelação!

Agora, após ler várias vezes as mensagens, a fim de divulgá-las, cheguei a conclusão de que elas vieram na hora certa: "Os Tempos Chegados", os quais já estamos vivendo. Acredito que, em muitas situações difíceis, os "Corpos Preservados" serão retirados das "urnas" onde se encontram, usados, ou por seus donos, ou por Seres Espirituais bastante evoluídos, conhecedores dessa possibilidade, com o objetivo de socorrerem grupos de pessoas, em momentos de caos e muito desespero, nessa Transição Planetária que já estamos vivendo.

Há uma relação lógica entre essa revelação extraordinária e a Transição Planetária. Se um Espírito Superior precisa prestar em socorro a uma coletividade em corpo físico, sendo a materialização muito difícil e até mesmo impossível, por que não usar um Corpo Preservado, realizar a tarefa e depois devolvê-lo?

Creio mesmo que já estão usando e que o uso vai aumentar com o passar dos dias.

Acreditem, se quiserem, em "Corpos Preservados", porém, eu, responsável pelo GESJ não posso deixar de publicar não somente esta, mas, todas as Revelações recebidas pelos médiuns do nosso Grupo Espírita.

Salve Jesus! Força Amor e Luz que nos conduz.

Margarida

Em tempo: Um abração carinhoso para nossos leitores amigos.


MENSAGENS SOBRE CORPOS PRESERVADOS

01. O Exército do Cristo avança

Paz em todos os quadrantes planetários, paz também em vossos corações.

Guerreiras da Luz, desde que aceitastes a oferta de trabalho na Seara Divina, nos Exércitos do Cristo, vossas espadas mantém-se elevadas, no trabalho salutar de saneamento da Terra.

Vossos corpos desdobrados nos confins do Abismo avançam céleres, colocando-vos em posições estratégicas para o confronto com a Besta.

Muito trabalho ocorre nesse momento, nos planos invisíveis desta humanidade. Redutos criminosos e falanges trevosas são destruídos e almas sofredoras são libertas por mãos amigas, que refrigeram suas dores, do longo tempo que permaneceram escravizadas, em zonas densas do astral inferior.

Corpos mutilados são resgatados e reconstruídos, com vosso auxílio e dos Trabalhadores do Bem.

Equipes compostas de Irmãos da Terra, de Seres fora da Terra e de Seres do interior da Terra vasculham os refúgios de zonas inferiores do Plano Astral, em busca de almas perdidas, por milênios incrustadas em ambientes fétidos, podres, esquecidas de si mesmas, mas não esquecidas do Pai Amantíssimo, que tudo vê e todos conhece, sabendo onde se encontram e enviando socorro de última hora, que as arrancará dos sofrimentos. Elas serão levadas a "outro planeta", onde, depois de alcançadas as condições necessárias, habitarão novas moradas para progredirem.

E assim, minhas irmãs, entre lutas, batalhas e socorros a irmãos sofredores, o Exército do Cristo avança, abrindo clareiras na escuridão, proporcionando as condições necessárias para a Terra renovar-se. Num futuro não muito distante, os acontecimentos catastróficos, cada vez mais intensos, confirmarão que a Transição Planetária avança para o fim.

Margarida, Guerreira das mais habilidosas, podereis, irmã, utilizar um corpo preservado em momentos de intensos sofrimentos de vossos irmãos da Terra, após os "três dias de escuridão", para auxiliá-los como é do vosso desejo.

Margarida – Há muito tempo eu soube que existia preservado um corpo que me pertencera; agora o Irmão está dizendo que eu posso utilizá-lo para ajudar?

Com. Ashtar Sheran – Sim, vossa coragem, determinação e fé serão de grande auxílio para os encarnados que, perdidos, desequilibrados e sem rumo seguirão "aquela de voz vibrante". Ela os conduzirá a locais que, como sabeis, estão preparados para receberem os irmãos da superfície. Eles serão resgatados, ou para o interior da Terra, ou para Naves Espaciais.

Margarida – Eu creio que para o interior da Terra, sem contar as Naves, seja o local mais apropriado, pois possuem cidades organizadas, mais evoluídas que as da superfície do Planeta.

Com. Ashtar Sheran – Podereis auxiliar num corpo preservado. Estareis assim, como encarnada, conhecendo uma Cidade Intraterrena; mesmo que ali não permaneçais por muito tempo, mesmo que ali seja rápida vossa passagem, somente para conduzir uma parte dos irmãos socorridos.

Margarida – Vai ter mesmo muito trabalho!

Com. Ashtar Sheran – O trabalho será intenso; infelizmente, poucos irmãos encarnados aderiram ao "grande chamado" para a renovação e para a tarefa de auxílio ao próximo.

Margarida – Isso quer dizer que precisamos de muitos trabalhadores para assistir a esse povo.

Com. Ashtar Sheran – As espadas tinem no espaço em lutas renhidas, pois os "Comandos Trevosos", inconformados com as perdas substanciais em seus Exércitos, atacam os Núcleos de Luz, para destruírem os trabalhadores do Bem, pois cada trabalhador que tomba do lado da Luz é festejado pelos Seres das Trevas, com festins à moda deles.

Margarida – Já se julgam donos da Terra!

Com. Ashtar Sheran – Sim, somente os fortes sobreviverão, aqueles cuja fé encontra-se fortalecida pela Luz. Deverá ser uma luz firme para não ser vencida pelo medo, pela queda moral ou pela corrupção que reina entre os seres humanos.

Avante "guerreiras", muito trabalho ainda há por fazer, antes do fim!

Margarida – No que for possível, mesmo ainda encarnadas, iremos ajudar; e no plano astral, estaremos sempre à disposição nas horas de sono.

Com. Ashtar Sheran – Contamos convosco e, igualmente, estamos ao vosso lado, hoje e sempre.

Salve Jesus! Salve a paz!

Com. Ashtar Sheran

GESH – 15/02/2013

Vidência – Quando o Com. Ashtar falou que D. Margarida poderá utilizar um "corpo preservado" para ajudar após os "três dias de escuridão", eu a vi no "corpo preservado".

Sua aparência era a de uma pessoa encarnada, sem diferenças. Era uma mulher forte, aparentando entre 30 e 40 anos.

Eu a vi num lugar onde tudo em volta estava destruído. Pessoas esfarrapadas, sujas e desorientadas; eram homens, mulheres e crianças, que vagavam por ruas empoeiradas. D. Margarida chegou e os chamou. Eu não ouvi o que ela falava para eles. Foram aproximando-se mais pessoas; então, ela começou a andar por uma estrada de terra batida e as pessoas a acompanhavam.

Chegaram a uma caverna. D. Margarida disse para entrarem, e ela à frente. Quando surgiu lá na frente uma suave luz azul, ela ficou emocionada e vibrou.

Chegaram a uma Cidade Intraterrena!


 

02. É necessário divulgar as revelações que nos trazem

Salve Jesus! Salve a Paz! Salve a Luz!

Irmãos, toda ação dos espíritos na matéria reflete a necessidade, que se traduz no desabrochar dos conhecimentos, que chegam à vossa humanidade.

Espíritos que foram trazidos à Terra, com o objetivo de progredir, encerram seu "ciclo planetário" e alguns deles estarão de regresso aos seus planetas de origem.

É necessário lembrar do tempo vivido, das oportunidades recebidas e do regresso para junto a seus entes queridos, por muito tempo esquecidos. Vaga lembrança chega à memória, na recordação do tempo feliz das venturas de outrora.

A preparação dessas pessoas consiste em despertar-lhes as mentes para os conhecimentos que, no passado, foram simples lições aprendidas, ainda na escola primaria dos mundos; mas, com o degredo, elas deixaram para trás, por não se encontrarem em condição moral para aproveitá-las em favor de si mesmas e do próximo.

Portanto, é necessário, que sejam divulgadas, pois os conhecimentos trazidos serão levados àqueles que necessitam deles, para despertarem suas memórias e prepararem-se para o regresso e reencontro feliz, com seu passado.

É preciso que estejam preparados para habitarem novamente, seus mundos, "seus corpos"¹, e confraternizarem-se após um longo período de degredo, pelo progresso realizado. Continuarão o processo evolutivo do ponto em que estacionaram; necessitaram refazer lições que os colocassem em condições de seguir adiante.

Vosso irmão Ysh-Wam que convosco se encontra.

Esclarecemos que as mensagens que a irmã vem recebendo, tem orientação de passar a todos, através da Divulgação que fazem, pois, destinam-se a despertar espíritos oriundos de outros orbes em estágio de aprendizagem na Terra.

Margarida – O Irmão também está se referindo à divulgação das mensagens sobre Corpos Preservados?

Ysh-Wam – Sim, encontramo-nos reunidos junto a vós. O Irmão e amigo Rampa, os irmãos e amigos médicos Ortham, Orthon e Orthanine e Mahyr, que convosco também está à disposição para vos auxiliar, intuindo e transmitindo aos médiuns, as informações que necessitais para lançar ao Mundo os conhecimentos.

É chegada a hora das provas finais, em que muitos "alunos deste Planeta Escola" poderão avançar, regressando aos seus Mundos de origem, retomando suas vidas de onde interromperam. É necessário que se preparem. Por isso, àqueles a quem se destinam tais informações, eles se encontram preparados para recebê-las em seu íntimo, sabendo de sua veracidade e aceitando-as com naturalidade.

Os demais espíritos, ainda ignorantes e atrasados, não se encontram em condições de receber tão "grandioso cabedal de conhecimento", ainda precisam caminhar muito, desenvolverem-se moralmente, para alcançarem a beleza da "Criação".

Margarida – Entendemos, meu Irmão. Estamos reunindo toda a matéria recebida e vamos publicá-la nas próximas Divulgações 68 e 69.

Claro, que nem eu assimilei tudo o que as mensagens vêm revelando; é conhecimento muito elevado ainda para nós, que estamos encarnados, porém, o assunto já desperta outras pessoas para o estudo e a pesquisa. Eu sei que é um assunto muito serio e complexo, vai desagradar a muita gente, mas, nós não estamos aqui para agradar A, B ou C. Nós estamos aqui para passar as mensagens que os Irmãos nos trazem, inclusive o Irmão presente e sua esposa Mahyr, e tantos outros Extraterrestres que tem trabalhado com o GESJ.

Ysh-Wam – Compreendemos as dificuldades de transmissão dos conhecimentos, pois até mesmo vós, estudiosos do assunto, encontram dificuldade para compreenderem as informações que vos trazemos. É assunto profundo e o mergulho na matéria, "a encarnação", limita, muitas vezes, vosso entendimento, mais ainda, por estar vivenciando tempos de turbulência, em que a psicosfera terrena em nada é propícia, a estudo dessa natureza.

Entretanto, as "orientações superiores" nos colocam a serviço para atender-vos, no processo de evolução que escolhestes, através do trabalho redentor. Trabalho em favor daqueles que necessitam acordar suas memórias, usamos a Divulgação, cuidando da simplicidade e coerência dos ensinamentos para que atinjam seus propósitos superiores.

O que são Corpos Preservados?

Quem deles se encarrega?

Onde e como encontram-se armazenados?

A que se destinam?

Perguntas simples, cuja resposta podemos, nas condições atuais, responder; respostas que são capazes de cumprir o propósito superior de suas revelações.

Margarida – O Irmão poderia respondê-las para nós?

Ysh-Wam – As mensagens que vindes recebendo já as trazem, na forma discursiva, que envolve o leitor, sem limitar a parcela do conhecimento que destacamos para trazer-vos; havendo muito mais do que podemos no momento traduzir em palavras. Compreende irmã?

Margarida – Mais ou menos.

Ysh-Wam – Corpos Preservados são estruturas orgânicas, preparadas para receberem seres, que deles podem utilizar-se para finalidades diversas, mas sempre de elevados propósitos.

Podem ser construídos ou preservados, de acordo com a finalidade a que se destinam, com as condições em que se acham e com as possibilidades do Planeta em que se encontra o Trabalhador do Espaço, responsável por sua criação ou preservação.

O material utilizado é sempre aquele existente no Planeta; muitas vezes desconhecido na sua profundidade, pois a ciência terrena ainda não alcançou o conhecimento do átomo nas suas partes menores, onde se encerram propriedades e características, que conferem à matéria a plasticidade necessária, para confecção ou preservação dos corpos.

É no nível sub-atômico que trabalham os Irmãos do Espaço, especializados nas técnicas de conservação ou criação desses corpos.

P – Irmão, posso fazer uma pergunta?

Ysh-Wam – Aqui estamos para atendê-los e servi-los.

P – Mediante o que o Senhor falou, esses corpos ou são fabricados ou são de pessoas daquele Planeta que decaíram e os corpos já usados foram preservados. São essas duas explicações que eu gostaria de saber?

Ysh-Wam – As duas situações são possíveis dependendo da necessidade e do propósito a que se destinam.

Tanto podem ser criados como podem ser preservados, quando já existentes e que foram usados por uma pessoa.

É o caso do nosso amigo e irmão que conheceis sob a denominação de Rampa que usou um corpo preservado. Creio que já tivestes a oportunidade de conhecer essa história.

Margarida – O corpo de Rampa quando ele faleceu já era um segundo corpo.

O primeiro, que ele nasceu, de tão machucado, desgastado e doente devido a várias torturas as quais fora submetido, não tinha mais condições para continuar vivendo e a tarefa que ele ainda tinha que executar não podia deixar de ser feita. Daí a necessidade de usar outro corpo sadio.

A troca do corpo foi realizada com êxito e Rampa ainda viveu muitos anos.

Ysh-Wam – O planejamento original incluía a preservação de seu corpo natural, entretanto o desenrolar dos acontecimentos, mudou a programação.

Entretanto, sob a necessidade de utilização futura, o espírito repleto dos conhecimentos adquiridos, de acordo com seu planejamento de vida, foi necessário o estudo, para aproveitamento de outro corpo de carne, para continuidade dos trabalhos; pois acima de tudo o que define a criação ou preservação de um corpo é sempre o propósito superior com que será utilizado, no atendimento, auxílio, assistência ou amparo a um grande número de seres.

Tudo no processo evolutivo, impulsiona o espírito a sair de si, em favor do próximo; dessa forma, a assistência espiritual e dos seres do Espaço concorrem para que assim seja, pois essa é a Lei, e a Vontade Maior.

Todos que avançam na escala evolutiva, aprendem que melhor se vive em comunhão com o Pai, através do cuidado com o mundo que o cerca, com os seus semelhantes, e no exercício de amor que nos conduzirá, a reintegração com a Fonte Superior do Amor Universal.

Margarida – Meu Irmão, eu gostaria de saber, através da Irmã Mahyr que está na área, sobre a situação na Coréia do Norte, em usar bomba atômica?

Ysh-Wam – No momento, encontram-se mergulhados na matéria através de Corpos Preservados, Cientistas Siderais e Espíritos Superiores, que transitam entre "os Governos", procurando apaziguar os ânimos exaltados, pois também do outro lado, "as Forças Trevosas" insuflam os espíritos mais afoitos, para que essa situação culmine no derramamento de sangue.

Há força e contra-força, e o Mundo na expectativa, aguardando o desfecho. Sabemos que ele virá e por pouco tempo, poderemos retardar os acontecimentos dolorosos. Entretanto, é nosso esforço atuar em favor do "bem", até que o livre arbítrio conduza a humanidade em direção ao seu destino.

As Forças Negativas que procuram dominar o Planeta, entraram através da espionagem, tentando anular o exército que se arma para a guerra. Estamos no momento, auxiliando este confronto, que acontece nos bastidores do conflito mundial. A irmã compreende?

Margarida – Sim. Creio que nós estamos chegando perto do fim.

Ysh-Wam – A cada dia irmã é inevitável a aproximação do fim de uma era, de um ciclo de uma humanidade decadente. Para o momento, que vossas mentes se fixem num porvir de ventura e paz, para que possam atravessar incólumes os campos minados que enfrentareis.

Fé, coragem, determinação, amor no coração, e a lembrança permanente, de que estamos convosco.

Que a Paz do Senhor dos Mundos esteja conosco!

Ysh-Wam (Extraterrestre)

GESH – 26/04/2013 – Vitória/ ES

Nota¹: Refere-se aos seus corpos que foram "preservados em seu Planeta de origem".

Nota – Esta mensagem deveria sair na Divulgação 68, mas, não foi entregue a tempo.

Nota – Leia o livro de Lobsang Rampa: "O Sábio do Tibete", e verá como tudo aconteceu.


03. Nos escombros do passado

Irmãos, salve a luz.

Houve um tempo, no estudo incessante dos Iniciados do Egito, Índia, China e Japão, que eles dominavam as técnicas para "Preservação de Corpos".

O assunto era debatido e estudado com amplo conhecimento dos Mestres e alunos das Comunidades Esotéricas.

No entanto, a corrupção do meio intelectual que ali se reunia, resultou no domínio dos conhecimentos adquiridos; por isso, a Espiritualidade responsável pelo envio das instruções e técnicas, que poderiam impulsionar o progresso da humanidade, achou por bem, cessar a transmissão do detalhamento das normas necessárias de preparo e conservação, para manutenção dos corpos.

Nos escombros do passado desses países, em locais secretos, há vasta literatura deixada pelas antigas civilizações, e dos seus Mestres, sobre o tema "Corpos Preservados".

Hoje, o assunto volta à luz, não mais para por em uso o experimento, mas, para que todos os encarnados saibam de mais um recurso dos Irmãos Superiores, que farão uso dos corpos preservados para socorrer e resgatar os encarnados, nas horas de aflição, após "Os Três Dias de Escuridão"; embora tal recurso, será utilizado apenas por esses Seres, até a conclusão da Transição Planetária.

Todos, que de boa vontade, puserem-se à disposição para o uso do corpo, e que assim prepararam-se até a presente hora, já foram feitos os ajustes necessários de vibração, alinhamento dos chacras, compatibilidade da energia vital e união dos órgãos e membros.

Não há mais possibilidade de novos recrutas serem selecionados para utilização dos "Corpos Preservados", seja no plano físico, como no espiritual.

Os que se comprometeram e desviaram-se ao longo do caminho, adquiriram pesada dívida com a "Contabilidade Sideral", e, por conseqüência com o proprietário do corpo, se este conscientemente, foi informado do seu destino.

Isto é válido somente para os irmãos encarnados que tendo traçado a programação para os tempos chegados, possuíam o conhecimento que seria utilizado tal técnica, e de boa vontade, dedicaram-se ao estudo deste projeto.

Ao abandonarem a tarefa por má condução da presente encarnação, serão conduzidos ao exílio para "planetas de dor e expiação".

O corpo que seria utilizado por esse tarefeiro, será encaminhado à câmara de regeneração, e novos testes de compatibilidade serão realizados para que, se possível, adaptar-se em outros planetas e em novo ambiente a atmosfera.

Irmãos, vós que, de boa vontade, colocaram-se a serviço da luz, conduzam vossos passos de modo, sem desviardes do bem, e do seu progresso.

Paz a todos.

Rochester

Médium:

Em certo momento da mensagem, lembrei-me da Magia Negra, e se os Magos Negros possuíam o conhecimento dos Corpos Preservados, e se era por isso, que o irmão abordava tal assunto.

Ele respondeu:

Esta técnica foi utilizada há milênios, por Bruxos e Magos que voltaram-se para o mal.

Portanto, os que hoje foram recrutados pela espiritualidade para a tarefa, são os mesmos do passado, conquistando uma oportunidade de saldarem dívidas pretéritas, trabalhando em nome da luz nos resgates e ajuda ao próximo.

Paz a todos.

Rochester

GESH – 25/05/2013 - Festival de Wesak


 

04. Os Corpos Preservados existem...

Filhos amados, a renúncia aos bens da matéria é ação benfeitora, daquele que busca a emancipação da alma.

Vossa presença aqui, reunidos em busca de sintonia com os Mestres Ascensionados, representa que já possuis as características dos Direitistas do Cristo, e que "Sua Marca" está gravada, definitivamente, em vossas almas.

Nós não podemos materializarmos entre vós, pois não estais reunidos nos "templos secretos dos Iniciados" e a psicosfera muito densa da Terra não permite.

Não habitais as regiões límpidas dos Himalaias ou do Tibet, que poderiam proporcionar materializações sem grande cota de sacrifício para nós e para vós.

Porém, com fé, sentis nossa presença ao vosso lado, a guiar os últimos passos nas dimensões de sofrimento e expiação.

Há corpos preservados para espíritos que já alcançaram certo grau de evolução nesta etapa Apocalíptica, como vós, por exemplo, e os Instrutores Espirituais, Seres que convosco labutam na Casa Espírita, para que possam utilizar-se numa necessidade premente, conforme a que se avizinha, após os "três dias de escuridão".

Como já foi dito por Instrutores Superiores, os "Corpos Preservados" estão acondicionados em câmaras secretas e em locais isolados da massa humana vulgar, porque, sutilíssima sua conservação, esta seria destruída por uma ação inconseqüente de algum cientista moderno, que quisesse devassá-lo.

Os corpos preservados que poderão ser utilizados por vós ou algum dos Seres já evoluídos que trabalham em benefício desta humanidade, poderão ser transportados por Naves Espaciais, aos cuidados de Seres Extraterrestres ou Intraterrenos, para as localidades onde haja necessidade de manifestação de alguém superior, para instruir ou conduzir um agrupamento de seres humanos, que após os "três dias de escuridão" estarão desorientados, perdidos, sem fé e sem esperança, encaminhando-os em direção ao socorro amigo.

Aqueles que fizerem jus a serem resgatados para Cidades Intraterrenas ou para Naves Espaciais, ou ainda, que serão conduzidos em corpo físico para outro planeta intermediário, receberão auxílio direto de algum espírito superior, encarnado ou utilizando um corpo preservado.

Este é um dos objetivos de terem sido desenvolvidos os corpos preservados, por milênios, neste Planeta.

O número de corpos preservados na Terra é reduzido, porém, em quantidade suficiente para atender ao Planejamento Divino.

Podem ser utilizados por um Ser Evoluído da Terra, de fora da Terra e do interior da Terra.

Os corpos preservados existem, e ao longo dos milênios vêm sendo utilizados por Seres de Alta Hierarquia Espiritual, para instruírem seus pupilos, e para socorrerem coletividades em lugares ermos, instruindo-as em suas necessidades morais e espirituais.

Infelizmente, pouco se desenvolveu moralmente esta humanidade, permanecendo muitos conhecimentos para ela completamente desconhecidos, que poderiam auxiliá-la a superar o trâmite doloroso do "Juízo Final".

Mantiveram-se ignorantes os irmãos da Terra, por absoluta escolha, pois não faltaram os sacrifícios dos Seres Superiores, para instruir-vos acerca do caminho para a renovação e para o progresso evolutivo.

Abençoo-vos, pupilos meus. Vosso Mestre,

Ramatis

GESH – 25/05/2013 – Festival de Wesak


 

05. Corpos Preservados da Atlântida

Vidência:

Vi um Sacerdote Atlante. Era um homem alto, tez morena, usava uma túnica branca com uma capa azul clara. Tinha algo pendurado no pescoço, talvez um símbolo, mas, não sei o que era.

Ele fez um gesto com as mãos, e eu passei a ver a Atlântida antes de afundar.

Crianças corriam nas ruas, por sinal, muito limpas; e naves espaciais sobrevoando muito baixo a cidade. Os prédios eram bastante altos e pareciam espelhados.

Vi também, Templos onde os Sacerdotes se reuniam. Tudo era muito real e nítido.

Vi corpos preservados dentro de urnas, pareciam ser de Sacerdotes Atlantes quando a Atlântida afundou.

Pude ver as urnas no fundo do mar, e Seres Intra-Oceânicos resgatando as urnas com os corpos preservados.

Depois, vejo a Atlântida afundada, e tudo era silêncio. Recebi a seguinte mensagem:

Irmãos, paz e amor.

Na Atlântida desenvolvemos técnicas de preservação de corpos, instruídos por Seres de Alta Hierarquia Sideral, que se manifestavam em Reuniões Iniciáticas.

Os "corpos físicos preservados" de Sacerdotes Atlantes, cuja vida ilibada e dedicada ao bem, eram recolhidos em câmaras especiais, após a morte daquela pessoa. Então os corpos eram colocados em urnas do mais puro e resistente cristal, mergulhado em líquido especial e mantido hermeticamente fechado na urna.

No afundamento da Atlântida, as urnas se perderam e os corpos afundaram.

Soubemos muito tempo depois, que Seres Intra-Oceânicos resgataram alguns dos corpos preservados que se mantiveram íntegros, e os transferiram para o Himalaia.

Ainda hoje eles estão guardados e já foram utilizados por Mestres Ascensionados em visita a Terra.

Os "corpos preservados da Atlântida" sobreviveram ao tempo e estão guardados adequadamente no Himalaia, prontos para uso.

Nós vos saudamos em nome da Luz.

Sacerdote Atlante Amon-Rá

GESH – 31/05/2013


 

06 - Os corpos estavam em estado lamentável.

Vidência - Durante a concentração, vi todas nós, integrantes do GESH, subindo uma montanha.

Ao chegarmos ao topo, uma Nave Intraterrena nos esperava para entrarmos na montanha.

Entramos na Nave e descemos por um túnel vertical a uma grande velocidade.

Aterrisamos em uma cidade que eu não conhecia; na verdade também não saberia determinar a localização da montanha. Nessa cidade, fomos encaminhadas para um grande salão com vários corpos dentro de urnas de um material transparente.

O Instrutor, sem que eu percebesse sua presença, disse-me mentalmente que eram corpos preservados, usados por aquele povo nas tarefas de resgate, em locais de difícil acesso ou perigosos para seres humanos.

Nesse momento, três intraterrenos usando "corpos Preservados", aproximaram-se de nós. Eu, no entanto, não cheguei a ver seus corpos verdadeiros.

Em uma área anexa ao salão, uma Nave menor que aquela que nos trouxera, estava estacionada. Os Intraterrenos entraram nela e partiram.

Depois de um tempo naquele local (não pude dimensionar o tempo), eles voltaram trazendo alguns corpos de seres humanos embalados em capas transparentes e acomodaram-nos na nave que nos transportara até ali. Não sei dizer se eram pessoas vivas ou não.

Durante todo o tempo, os Seres não falaram conosco, e, dessa forma, percebi que não era para fazer perguntas, nem a eles, nem ao Instrutor.

Tudo feito, embarcamos. Acredito que o nosso Guia me disse mentalmente, que estávamos indo para a Cidade de Okay.

Lá chegando, fomos recebidas por nosso Amigo Orcadim, e seus ajudantes. Estes retiraram os corpos da Nave com muito cuidado. Os irmãos permitiram que olhássemos "os corpos" e notei que estavam em estado lamentável: mutilados, peles queimadas, vários ferimentos; não vi os rostos, mas creio que eram adultos.

Orcadim pediu-nos que não tocássemos nos corpos e falou que os ajudantes os encaminhariam para o isolamento, pois lá seriam tratados adequadamente.

Em seguida, fomos para uma sala onde verificamos toda a operação de resgate daqueles irmãos e, nessa hora, observei os Intraterrenos sem os corpos preservados e o momento que os "vestiram".

Mentalmente, perguntei a Orcadim se poderia fazer perguntas, o que ele permitiu.

Médium - Irmão, onde se localiza a cidade intraterrena que entramos para recolhermos os corpos para Okay?

Orcadim - Segundo os nossos Dirigentes Superiores, não nos é permitido dizer onde se encontra a cidade devido a elevada complexidade da tarefa realizada pelos intraterrenos que ali estão. São tarefas que os expõem a um alto grau de perigo. Por esse motivo, indicar a localização da cidade seria expô-los ainda mais às forças negativas.

Também não é permitida a comunicação com esses irmãos, pois as vossas mentes não conseguiriam alcançá-los, não sendo possível o diálogo.

Médium - Nesse momento olhei, para tela e vi que os intraterrenos eram altos, magros, muito brancos, não possuíam bocas, orelhas, e tinham um só olho. Notei que só entraram em contato conosco depois que "vestiram" os corpos preservados. Devido a esse fato, perguntei a Orcadim o porque.

Orcadim - O grau evolutivo que alcançaram é tão superior que não seria possível a realização dessa missão por esses seres intraterrenos junto aos irmãos encarnados. No vosso caso seriam fulminadas pela energia emitida por seus corpos. Por isso, a necessidade dos corpos preservados, para conter e absorver a alta vibração irradiada por eles.

Médium - Há diferença de quem poderá utilizar um corpo criado pela Técnica Sideral e os corpos que já pertenceram a uma pessoa?

Orcadim - Um corpo preservado, que pertenceu a uma criatura humana, em sua tessitura, guarda o material genético do seu "dono" original, contendo ali o DNA do qual ele foi criado. Por esse motivo, são preservados os corpos de pessoas que atualmente estão encarnadas e que futuramente poderão ser solicitadas a utilizá-lo.

Ao vestir esse corpo, ele envolverá o seu proprietário como uma roupa sob medida, encurtando o tempo de adaptação.

No caso dos corpos criados pelos Engenheiros Siderais, eles foram projetados para seres de graduação e vibração superior, pois esses corpos não entrarão em choque de adaptação, ou de compatibilidade com os irmãos superiores, visando, da mesma forma, o tempo de uso e a resistência a missão a qual for destinada.

Médium - Os corpos que os Intraterrenos utilizaram, são deles de vidas passadas ou foram criados pelos Técnicos Siderais?

Orcadim - Embora alguns desses irmãos sejam muito evoluídos, ainda não poderiam ser considerados Mestres. Esses Intraterrenos utilizaram corpos que já os pertenceram e que foram trazidos dos seus planetas de origem para serem preservados em sua morada no interior da Terra.

Eles mesmos fazem a conservação desses corpos e dos outros que ali se encontram.

Nessa tarefa, onde adentraram uma região muito densa e com alto grau de negatividade, não poderiam tê-la realizado sem utilizarem corpos preservados, ou mesmo terem um contato com humanos encarnados, pelas razões já ditas.

Que ao longo dos estudos, possamos esclarecer mais às irmãs.

Salve a paz do Mestre Jesus entre nós.

Orcadim - Intraterreno da Cidade de Ocay/MT-

GESH – 13/07/2013


 

07. O progresso não pode ser detido pelo abandono da tarefa.

Amadas irmãs, conhecimentos "novos" para povo antigo.

Vós mesmos, em planetas distantes dos vossos, atuando como cientistas, domináveis a técnica da utilização de corpos preservados.

Por que hoje necessitais desdobrardes-vos para buscar esses ensinamentos?

Porque ficou estabelecido que, diante da grande transgressão ao código de conduta, abusos de poderes sendo, o mais grave, a infração às Leis Divinas, nessa existência, esse conhecimento seria vedado a certos médiuns, podendo ser acessado apenas através de pesquisa ou leitura informativa.

No entanto, como o progresso não pode ser detido pela renúncia ou abandono da tarefa, os mesmos cientistas que outrora venderam a técnica a poderosos sanguinários, hoje, novamente, entram em contato com o tema disponível no cosmo. Porém, ele somente será liberado com ordens expressas dos Mestres e Mentores.

Muito antes desse tema ser ventilado no Grupo atual, após a deserção dos tarefeiros destinados a trazerem as mensagens esclarecedoras, nós convidamos cada uma de vós e explicamos o grande risco de alterar, usar para fins menos dignos e apropriar-se dessas informações para proveito individual.

Acordo feito com a presença dos Guias e Mentores, esperemos o amadurecimento da matéria no grupo, a realização dos estudos no plano astral, e, só então, começamos a disponibilizar as questões em pequenas doses.

Assim será feito, até que se esgote o tema e não paire dúvidas sobre o assunto.

Que assim seja.

Sigamos na paz da Luz Divina.

Anti-Rá (Sacerdote do Templo de Amon-Rá)

GESH – 02/08/2013


 

08. Sobre corpos preservados.

Viagem Astral - Tive muita dificuldade em recitar o mantra com as companheiras. Por várias vezes, senti-me ausente e, quando voltava, sentia-me fora do lugar.

Quando a concentração iniciou, vi-me em uma rua de uma Cidade do Egito. Estava em frente a uma casa muito simples em um bairro calmo; não sei o motivo, mas sabia que devia aguardar em frente à casa.

Sem que eu pudesse determinar quanto tempo, dessa casa saiu um homem alto, com roupa que parecia um monge e com um capuz cobrindo-lhe todo o rosto. A roupa era muito branca e uma corda dourada circundava sua cintura.

Ele parou, olhou para mim e fez um sinal discreto, para que eu o seguisse. Nada falou comigo.

Acompanhei-o, e logo estávamos no local onde existe a Pirâmide de Gizé. Ao olhar a pirâmide, sabia que já estivera ali. Entrei sem surpresa.

Descemos por uma escada muito estreita, com iluminação fraca. A sensação era que estávamos num lugar muito profundo. Aí, perguntei:

Médium - Por que estamos aqui?

Sacerdote - Estamos indo verificar os corpos preservados e passarei a você algumas informações.

Estávamos em um salão vazio. Então, acrescentei:

Médium - Não estou vendo nenhum corpo preservado.

Sacerdote - Os que estavam aqui foram retirados há muitos séculos, por haver risco de violação. Construímos um túnel, e os levamos para as montanhas, onde estão bem guardados.

Em seguida, ele transmitiu a seguinte mensagem:

Que a luz do Universo eleve nossos pensamentos.

A mônada², criação Divina, é lançada na evolução dos tempos para seu crescimento e desenvolvimento. O objetivo principal, que é trazê-la de volta à fonte criadora, nunca é perdido. Os obstáculos que surgem ao longo da trajetória são permitidos por Deus, como um processo de amadurecimento moral, intelectual e físico, alcançando seu progresso espiritual com o domínio dos conhecimentos absorvidos em "mundos evoluídos", como estes: o que é a criação Divina, o esboço do princípio do que é Deus, qual a finalidade da evolução dos mundos e dos seus constituintes.

Em uma escala infinitamente menor e numa pálida comparação, dá-se o desenvolvimento da criação ou preservação dos Corpos, guardados e conservados em locais propícios para sua proteção.

O ser humano, que hoje desperta para esses ensinamentos, agrega em seu interior antigas informações, que surgem como alertas, e agora buscam meios de entender a matéria transmitida por vós, irmãs.

Esse é um dos motivos pelos quais trazemos tantas informações.

Uma das tarefas determinadas aos técnicos da criação e reencarnação de corpos é a de acompanhar o desenvolvimento daquele "corpo", qual a sua programação, a sua travessia em seu exílio. Embora pareça dessa forma, esse acompanhamento não é realizado à revelia do seu proprietário.

Tomemos o exemplo dos espíritos para aqui transferidos dos seus mundos de origem.

A criatura, ao longo de sua existência busca o equilíbrio entre as Leis Maiores e a vida na matéria. Porém, não totalmente alinhado a sua tarefa regeneradora, em determinado capítulo da sua vida, o candidato à regeneração é exilado para outro orbe de dor e expiação, mas, mesmo sendo transferido, o acordo prévio firmado antes sua reencarnação, de conservar sua matéria para uso futuro, continua mantido, e a conservação do seu corpo é realizada após seu desencarne, que naturalmente não se dará por catástrofe, violência, vício ou doença degenerativa.

A captação do seu corpo é imediatamente realizada por irmãos responsáveis pelos resgates e levado sem demora às naves, para as câmaras de refrigeração e encaminhados as Cidades Intraterrenas ou Naves Extraterrestres para os processos de limpeza e conservação.

Portanto, fica entendido porque um corpo de um ser exilado conserva em si as condições necessárias para sua sustentação.

A Terra, como planeta laboratório, traz, na sua criação, as condições propícias para a utilização dos Corpos Preservados.

Embora esse método de resgate, conservação e uso já seja uma prática utilizada há anos-luz da criação da Terra, é sempre complexa a introdução do tema no seu início. No entanto é bom ressaltar que o seu costume vem com o intuito de ajudar a humanidade necessitada.

Com as informações que trarão outros irmãos, deixo-vos na paz do Senhor.

Sacerdote do Templo de Amon-Rá

GESH – 02/08/2013

Nota²: Mônada = Alma


 

MENSAGENS DIVERSAS

01. Muitas vozes clamam por nós!

Irmãos,

Muitos de nós, Trabalhadores da Seara Cristã, ficamos tristes diante dos acontecimentos que se sucedem no Planeta. Conhecemos as causas, porque elas se encontram elucidadas para nós.

Entretanto, a visão do sofrimento humano, daqueles que se debatem demoradamente na escuridão de sua ignorância, toca nossos corações. Como uma mãe que observa seus filhos colhendo o sofrimento, resultado das más ações semeadas outrora, rogo ao Pai e ao "Filho muito amado" por todos, que se compadeçam dessa humanidade, derramando sobre ela a luz do entendimento, para que ela compreenda e saia da inércia que a escuridão promove. Vivamente tocados por Seu Amor, que os seres humanos labutem na renovação íntima, reerguendo-os aos patamares de luz.

Muitas vozes clamam por nós; todavia, é preciso que saibam que não há milagres. Não podemos realizar nada contra a vontade das pessoas. Se desejam a felicidade e a paz, saibam que é necessário cultivá-las, nas modestas contribuições diárias, como Jesus ensinou.

Alegrai-vos, pois Ele conosco caminha, renovando-nos a esperança no porvir de bem aventuranças que o Reino de Deus nos reserva.

Paz a todos! Despedimo-nos, rogando a Deus o perfume das flores em torno de vós!

Margarida - Quem sois, irmã?

Maria - Aquela que chamais pelo nome de Maria.

Margarida - Nós vos agradecemos, querida irmã, pelo amor que dispensais a todos nós.

Maria - Graças a Deus, que nos permitiu servir. Esse é o nosso trabalho, levar a luz, que toca os corações e mentes, necessária ao despertamento dos seres humanos. É um trabalho incessante, que não devemos poupar esforços para realizá-lo, pois dele depende a renovação de muitos irmãos, ainda perdidos na noite da ignorância.

Que a paz esteja entre nós!

Maria

GESH - 01/02/2013


 

02. Pela fé vos erguereis dos patamares da primitividade

Terráqueos,

Nós vos saudamos em nome da luz!

É cada vez mais assustadora as condições em que se encontra mergulhada a humanidade deste Planeta.

Do espaço, reconhecemos tal condição como inerente ao caráter primitivo das pessoas reencarnadas, mas aqueles que pouco ou nada enxergam diante do panorama atual, tendem a perder gradativamente as noções da realidade a que se encontram ligadas.

Por isso, entre vós, insistimos para não perder de vista a fé, ancoradouro seguro da alma, frente às tempestades passageiras enfrentadas na matéria.

Irmãos nossos, recordai vossa origem sideral, considerando que pertenceis a mundos além do vosso e ampliareis vossas consciências, para além da estrutura física em que vos encontrais, temporariamente, aprisionados.

Pela fé, erguer-vos-ei dos patamares da primitividade a que vos apegastes, e podereis, aproveitando a turbulência, dar o salto evolutivo em direção as paragens celestes aspiradas por vossas almas atrasadas no progresso.

Pela fé, compreendereis que não há castigo na colheita amarga e que somente ao amor cabe, como força transformadora, o poder de renovar a esperança na felicidade, doando indistintamente suas sementes preciosas para colheitas posteriores.

Pela fé na imortalidade da alma, vereis que por mais dolorosos que sejam os sofrimentos de agora, eles passarão, servindo, no futuro, de lição, como os atos de outrora, representando as lições sobre as quais deveis meditar para enfrentar e superar o presente.

Irmãos amados, fé e coragem inspirem vosso agir; em nós, existe a compaixão e o amor por vós.

Vossa irmã

Tuella

GESH - 28/06/2013


 

03. Joelhos no chão, mente em prece

 

Muita água chegando,

enchendo transbordará.

Rachaduras há de causar

 

Pequenino e impotente,

o ser humano vivente

perecerá

 

A dor que bate a porta

e constrange toda gente,

tem sentido e servirá

Mostrar o caminho da prece

é o único meio que há,

de compreender e ajudar

 

Irmãos que morrem agora,

outrora, em tempos idos,

Muitos homens eles mataram

sem piedade aos sofridos

 

Que não se revoltem aqueles

que ao Cristo consagraram-se,

Joelhos no chão, mente em prece,

cada um tem o que merece

 

Do alto, espíritos amigos

tocados por compaixão,

seguem a todos ouvindo

e assistindo a multidão

 

Dia, porém chegará,

que tamanhas dores enfrentarão,

que nem mesmo as "mãos amigas",

a todos alcançarão

 

Então, sabereis, que é chegado o fim.

Que um novo começo virá,

anunciado pelos sábios:

Jesus a Terra regressará

Nostradamus

GESH – 05/07/2013

Médium:

Ouvi alguém dizer: "Rio da Prata"; depois, vi uma rachadura no concreto e em seguida vi muitos corpos boiando.


 

04. Todo aprisionamento restringe o amor, o progresso e a vida

Confrades espíritas!

Libertai-vos das amarras constrangedoras do poder, que não traz o "conhecimento". Lembrai-vos que o universo é infinito na produção das Lições Sublimes do Amor de Deus.

Meditai, não apenas nas palavras que vos leguei com auxílio dos Irmãos Maiores, mas, sobretudo, naquelas que não foram ditas, pois ainda não podíamos compreendê-las.

É hora de enxergar além do visível, o conhecimento que nos rodeia e que sustenta nossa maravilhosa jornada de vida.

Entendei, no mais profundo da alma, que amar é libertar e que todo aprisionamento restringe o amor, o progresso e a vida.

Trabalhai na libertação de vossas mentes das amarras dos preconceitos, do juízo infundado e da condenação precipitada.

Não é a prudência que fala em vossos corações; é o medo que sussurra traiçoeiro em vossas mentes.

Só aquele que se encontra seguro das Lições Abençoadas do Rabi da Galiléia está fortalecido para seguir adiante e receber no coração as lições seguintes, escritas no "livro da vida" e destinadas à humanidade, como capítulo de elevada sabedoria e dedicado amor dos Mestres Ascencionados.

Meditai, confrades e amigos, pois o tempo urge e sois chamados a testemunhar as mudanças profundas, pelo desapego do velho em favor do novo que vos bate à porta.

A velocidade com que vos chegam os novos referenciais espiritistas decorre da velocidade acentuada com que se degrada a sociedade hodierna.

Pela paz entre os homens, trabalhamos ontem; pela paz, trabalhamos hoje, confiantes de que, nas lições sublimes, encontrareis os portais de luz, convidando-vos a adentrar nas moradas superiores do conhecimento universal.

Nós vos deixamos, desejando paz e ventura entre irmãos.

Allan Kardec

GESH – 28/06/2013


 

05. As vozes que clamam

 

As vozes que clamam

convidam a mudar.

É Jesus que vos ama

chamando a avançar.

 

Escutai, atentos

Aqueles que chamam,

em tudo vos dizem

o quanto vos amam.

 

Aquelas escolhas

Que, um dia, pedimos

agora, no presente,

seus efeitos sentimos.

 

Mas, nos dias de hoje,

Vejam a perfeição:

Escolhemos, semeamos

A futura plantação.

 

Se venturas desejais

E a felicidade aspirais

Escutai, com amor e alegria,

O que pedem vossos guias.

 

Recomendam prudência,

Astúcia e sabedoria

Plantando no presente

A colheita de um novo dia.

Irmão X

GESH – 28/06/2013


 

06. Dediquei minha vida a Deus

Vidência:

Fui levada a um lindo lugar, onde havia uma grande igreja, muito bonita. O teto era todo pintado em cores suaves e com cenários edificantes.

Ali, havia pessoas reunidas para uma palestra. Logo reconheci Irmão Francisco de Assis, cuja presença inundava o ambiente com uma energia suave e reconfortante.

Vi também outros padres e bispos e reconheci o atual Papa Francisco e a presença do clero era evidente; mas também vi D. Margarida e Dirigentes de outras religiões. Estavam reunidos, não pelas crenças que professavam, mas irmanados pelo mesmo sentimento de amor pela humanidade.

Palavras do irmão Francisco:

Amados irmãos!

Dediquei minha vida a Deus e, nas Pegadas do Mestre Jesus, construí meu caminho. Na simplicidade de Sua Vida, estabeleci os parâmetros para um viver feliz e próximo de Suas Leis.

Amando ao próximo e a Ele servindo, procurei compreender a Lição do Mestre, exemplificando suas palavras que estão ao alcance de todos. Cultivando no coração o amor e viver com simplicidade, compreenderão que é mais fácil servir a Deus do que pregam renomados "Doutores da Fé" em seus luxuosos templos, regados a lautos banquetes, enquanto arrastam-se na miséria e na fome os condenados pela Lei.

Enquanto existir vida material, há oportunidade de renovação.

Levai ao Mundo as "mensagens de esperança", dos nossos Irmãos Superiores e demonstrareis que mora na simplicidade, o segredo de servir ao Criador e reverenciar Seu Amado Filho.

Na simplicidade do calor, o Irmão Sol cultiva a vida na Terra.

Na simplicidade de seu frescor, a Irmã Água rega de bênçãos o leito dos rios.

Na simplicidade do Irmão Vento, sopra a renovação das forças telúricas.

Na simplicidade da Irmã Terra, brota a vida.

Somente os seres humanos, julgando-se superiores a tudo, esquecem-se da fraternidade e abandonam a simplicidade.

Retornai a ela, cientes de que somos irmãos do sol, das águas, do ar e da terra, cumprindo-nos o dever de, com eles, servirmos, para o bem da humanidade.

Jesus Amigo nos abençoe.

Irmão Francisco de Assis

GESH – 05/07/2013


 

07. Não tarda a nascer a Nova Terra!

Irmãos, outrora vivemos na Terra em acerbas lutas libertadoras.

Alcançando nossa redenção espiritual, não olvidamos a imensa dívida com a Mãe generosa que, por milênios, nos acolheu.

A Terra, berço de esplêndidas florestas, pacientemente tolerou nossos espinhos e urzes, até que alcançássemos a transformação verdadeira.

Não a abandonamos, decidimos contribuir, por nossa vez, para sua transformação.

Trabalhamos em nome do Cristo no socorro, amparo e encaminhamento das almas carentes do Além. São nossos irmãos, e aos milhares vagueiam perdidos por entre as coletividades humanas, instigando-lhes os maus pendores; ou encontram-se estacionadas em zonas de sofrimentos como vítimas, ou algozes do próximo e de si mesmos.

Somos os humildes Servos de Jesus, buscando imita-l’O na prática do Bem.

Anunciada as tormentas que antecedem o "fim do Planeta de Expiação", encontram-se aceleradas as atividades nos planos espirituais, mormente as relacionadas ao socorro aos espíritos carentes.

Já imaginastes o destino daqueles que não mais poderão renascer na Terra? Para eles o exílio, o degredo, o afastamento incontinente e acelerado da Terra para Mundos distantes, compatíveis com seu atraso espiritual.

Irmãos amados, não julgueis fictícias tais notícias de "exílio planetário", pois onde estaria a Justiça e a Bondade Divina, caso assim não fosse?!

Para aonde iriam os pobres calcetas, atrasados, dementados, sucumbidos pelas más escolhas, na desgraça e na falência moral?

Desconheceis a Justiça de Deus, a Harmonia e o Equilíbrio das Suas Leis Imutáveis, porém, bondosas, que ofertam a eternidade para a criatura evoluir.

O Planeta no qual viveis é berço de oportunidades de progresso. Vós, que já despertastes, aproveitai para amar, perdoar, sofrer e evoluir, pois não tarda a nascer a Nova Terra. A Terra de Regeneração!

Paz em vossos corações.

Ticiano (Discípulo de Platão)

GESH – 17/05/2013


 

08. Não julgueis! Eu vos suplico.

Filhos amados de Meu Pai

A Terra estertora-se em dores.

Bem sabeis que essas dores representam o fim de uma "era". O recomeço virá, entretanto, a lição deve ser aprendida, porque se, por amor, não conseguistes alcançar as lições que o Pai Amantíssimo vos legou, pela dor, devereis compreender que todos são irmãos em humanidade e que ao próximo não devemos impingir sofrimentos, pois a nós mesmos faremos sofrer.

No universo em que viveis, ainda sois espíritos atrasados na compreensão da vida cósmica e do sentido Maior da Vida; somente após a depuração pela dor, estareis aptos a compreender a magnitude da Vida e da Criação do Pai.

Enquanto a cegueira ainda determina a lentidão de vossos passos, trabalhai em Meu Nome, auxiliando aqueles que jazem caídos, pois eles são hoje como já fostes ontem; e a dor que agora experimentam é aquela que ontem semearam.

Ao trabalhar, recordai Minhas lições despertando o amor adormecido em vossas almas. Vereis lentamente, se processar a grande metamorfose do ser humano velho, em ser humano novo. No ser ignorante, obscurecido pelas más ações, no ser resplandecente de luz, transformado pelo Amor de Deus.

Trabalhai nessa hora de dores, assistindo os irmãos mais atrasados que vós; é por amor que vos pedimos, é com amor que deveis fazer, pois só o amor é o caminho para a redenção das almas. O amor é a Verdade Maior, capaz de modificar os destinos da humanidade.

Margarida – Mestre, eu posso fazer uma pergunta?

Mestre Jesus - Sim.

Margarida – Vários pensamentos, como recordações remotas de um período longínquo, remontam uma vida, em uma época em que me pareceu que vivemos próximos. Em algum momento, fomos vossos contemporâneos, querido Mestre? Talvez não déssemos, naquele momento, a devida importância aos vossos sublimes ensinamentos, mas poderíamos ter sido contemporâneos em vossa época na Terra. Estou certa?

Mestre Jesus - À medida que passa o tempo e que vosso espírito se desprende mais da matéria, é permitido, a vós, rever acontecimentos passados, traduzindo, na forma do pensamento da mente material, questões difíceis de explicar ou expressar com palavras, mas que representam a verdade dos acontecimentos.

Muitos de vós, aqui presentes, vivestes e outros que freqüentam esta Casa, bem como alguns que já partiram, viveram na época em que estive na Terra. E muitos, por mecanismos difíceis de explicar a vós, estiveram ligados a mim, e as palavras que proferi direcionavam-se aos seus corações.

Mas, infelizmente, naquele tempo, vossas almas ainda não eram capazes de aproveitar a totalidade dos ensinamentos transmitidos. Muitas modificações se processaram a partir do contato. Muitos rumos modificaram-se, porém, lentamente. Gostaríamos que muitos de vós já estivésseis mais avançados, mas compreendemos e aceitamos que a liberdade conferida pelo Pai Maior reserva a cada ser um tempo particular para o despertamento e o progresso.

Com alegria nos reunimos a vós, jubilosos pelo progresso já alcançado e esperançosos pelo progresso a ser realizado.

Margarida - Outra coisa que eu sempre me lembro, Mestre: Será que aquela encarnação que eu tive como "ermitão", descendo do morro uma ou duas vezes por semana, a fim de pregar para uma Comunidade veio após aquela em que o Mestre foi sacrificado. Será que o meu pensamento esta certo?

Mestre Jesus - A irmã, inúmeras vezes, isolou-se dos grupos a que pertencia, enveredando pelo estudo profundo, pela busca de "conhecimento".

Aquela foi uma das vossas existências, porém, não imediatamente seguinte ao nosso encontro na matéria. Mas foi o subseqüente a ele. A encarnação seguinte ao nosso encontro foi depurativa; experimentastes, de acordo com o planejamento no plano astral, "o inicio da depuração, a guinada pela dor", que vos conduziu a condição em que hoje vos encontrais.

Margarida – Obrigada, Mestre amado.

Mestre Jesus - Muito embora estejamos reunidos e Eu esteja presente neste Grupo, como em muitos outros, também me apresente nesta hora, muitos que ouvem nossas palavras, as orientações e os esclarecimentos, ainda duvidam, e é natural.

Compaixão com aqueles que ainda ignoram a Verdade, pois reunidos para o salto evolutivo, num tempo acelerado, muitos não conseguem ainda transformar em sentimentos sublimes os pensamentos que surgem e as palavras que são transmitidas.

Compaixão, pois nem todos conseguirão. Não desanimem os trabalhadores, pois a energia endereçada ao trabalho aplica-se a todos, pois mesmo não alcançando o ápice do planejamento para esta reencarnação chave, certamente ela impulsionará o avanço na próxima existência.

Que a paz do Senhor dos Mundos, Governador de nossas almas, esteja conosco.

Margarida - De joelhos, agradecemos a Bondade Divina que permitiu que o Irmão chegasse até nós, ainda tão pequeninas e atrasadas em nossa evolução espiritual, trazendo palavras de amor, de conforto e esperança no futuro.

Obrigada, meu Jesus, Mestre dos Mestres, Divino Amigo que nos ampara em nossos momentos de aflição.

Mestre Jesus - Piedade irmãos, por aqueles que vos cercam. Não julgueis. Somente ao Pai, Detentor de Todo Poder, de Toda Criação cabe conduzir nossas vidas.

Não julgueis, Eu vos suplico.

Paz e bondade em vossos corações.

Jesus

GESH – 06/04/2013


 

Endereço para correspondência: Margarida Pinho Carpes (p/ o "Grupo Espírita Servos de Jesus") Avenida Santa Leopoldina, nº 51, Bairro Itaparica, Vila Velha/ES CEP: 29.102-040

Endereço para assistir as reuniões: Rua Hermes Curry Carneiro, nº 215, Bairro Ilha de Santa Maria, Vitória/ES CEP: 29.053-221

Dia e hora: Terças- feiras às 14h e quintas-feiras, às 19h30min. Para os que pedem orientação, no sentido de colaborar conosco, comecem por tirar cópias das nossas mensagens e passá-las para outras pessoas.

Leiam nossas obras:

- Os Extraterrestres e Nós – Vol. I, II e III

- Cidades Intraterrenas – O Despertar da Humanidade

- Os Decaídos e Sua Trajetória Terrestre – Vol. I, II e III

- Mãos Súplices por Socorro – Nos Bastidores visíveis e invisíveis dos presídios

- Mensagens do Mestre Jesus

- Comandante Yury

- Os Intraterrenos – Missão Resgate Planetário – Notícias do Cel.Fawcett

- As Bombas de Hirochina e Nagasaki

- Mensagens do Comandante Setum Shenar

- Mensagens do Mestre Ramatis

- Mensagens de Chico Xavier e Eammanuel

- A Besta

- Os Reptilianos

- Mensagens do Comandante Ashtar Sheran

- Sementes ao Vento

- Mensagens de Maria de Nazareth, Joana de Angelis e Irmã Dulca

- Mensagens dos Nossos Irmãos Índios

- Mensagens dos Nossos Irmãos Negros

- Nostradamus

- João Batista




RETORNAR ÀS MENSAGENS E DIVULGAÇÕES
ENTRE EM CONTATO CONOSCO AGORA MESMO!
Todos os direitos reservados ao Grupo Espírita Servos de Jesus | 2017
FBrandão Agência Web