4003

Cuidai dos vossos pequeninos

12/10/2021

      A+ A-


Salve, o Amor do Doce Jesus!

Apesar de estarmos num patamar evolutivo acima da humanidade terrena, sentimos profundamente o vosso desespero, as vossas dores, ouvimos as vossas súplicas.

O que, principalmente, nos comove, toca nosso coração, é o sofrimento das crianças, pois que, se não são espíritos inocentes, quando mergulhados na matéria, possuem a inocência da idade e sofrem nas mãos daqueles que vieram com a bendita tarefa de amá-los, orientá-los e protegê-los.

Em todo final de um ciclo, os mais frágeis, os mais desprotegidos são os que sentem mais fortemente o chicote do revés, da incompreensão e a força desproporcional da mão que lhe abate o corpo frágil.

Acercamos os pequeninos de vários trabalhadores, visto que é diferente nos aproximarmos deles como faríamos com um adulto, pois quando são verdadeiramente amados, acalentados e compreendidos, rompem o choro convulsivo, pedindo que os levem, que façam parar a dor, que curem as suas feridas.

Sabemos a importância da experiência na matéria para a alma eterna e, com a permissão do Governador Planetário, o Amado Jesus, podemos, em algumas ocasiões, desviar os pequeninos de um curso de queda ou de um sofrimento ainda maior. Isso tem um custo muito alto, dado que assumimos a responsabilidade por aqueles que auxiliamos.

Tudo no Universo é dar e receber. Tudo obedece a um mecanismo, a uma sequência perfeita.

Se esses pequeninos atingirem a maturidade sem aprenderem a amar...

Ah! Como será triste o seu caminhar, uma vez que o ciclo não se interrompe. Novamente adentrarão em suas rodas cármicas, de dor e de purificação.

Para a nossa alegria, vemos alguns conseguindo sua libertação, quebrando as correntes que os prendem nessa rota viciosa. Esses, tornam-se pais amorosos, amigos, companheiros, solidários e fraternos. E contamos com eles como nossos correspondentes no plano físico, já que o raio do amor iluminou a centelha que estava obscurecida pela matéria densa.

Cuidai dos vossos pequeninos, visto que eles serão a resposta para o socorro no plano físico. Se desejais homens justos, tratai com justiça as crianças; se quereis um planeta fraterno, tratai com amor a infância; se aspirais por cuidadores, protegei e cuidai da infância, que está abandonada no planeta Terra.

Mestra Nada entre vós, suplicando, às mais altas potências espirituais, misericórdia pela humanidade.

 

Mestre Nada

Mestra da GFBU

GESH – 25/05/21– Festival de Wesak – Jacaraípe, Serra, ES – Brasil




RETORNAR ÀS MENSAGENS E DIVULGAÇÕES
ENTRE EM CONTATO CONOSCO AGORA MESMO!
Todos os direitos reservados ao Grupo Espírita Servos de Jesus | 2017
FBrandão Agência Web