4012

A China é socorrida pelo imenso Amor de Jesus

27/11/2021

      A+ A-


Salve a Luz do Mestre Jesus!

 Reverencio e saúdo o Seu Amor, e todo sacrifício realizado em prol da humanidade terrena, passada, presente e a futura, pois que Seu amor se estende além de um Orbe e acompanha também os exilados deste planeta.

 Pela primeira vez em comunicação, venho informar-vos que a China, apesar de renegar a presença do Cristo e o Evangelho amoroso do Mestre Jesus, é socorrida pelo Seu imenso Amor.

A programação para este país foi desviada ao longo da sua história de batalhas, de sangue derramado e da interrupção programada para as encarnações.

 Há que se entender que a população chinesa está toda aglutinada, reunida ao longo dos milênios, visto que faziam parte de um planeta cuja extensão territorial comportava duas vezes mais que a população atual. Portanto, não é de se estranhar o aumento populacional deste país, que corresponde, em parte, à quantidade de habitantes que havia no planeta de onde vieram.

No entanto, o rumo que tomaram já vinha de um desvio relacionado ao reconhecimento da presença do Pai Maior, do Cristo Planetário. E, rebeldes, não aceitaram a condução amorosa do Mestre Jesus, apagando da mente dos seus habitantes os Seus conselhos mansos, o Seu jugo suave.

 Contudo, como as Trevas não têm o poder de barrar a entrada da Luz onde ela se fizer necessária, líderes religiosos valorosos doam, até hoje, a sua vida, para que o Evangelho se faça presente nos porões escondidos desse país.

Voluntariaram-se antes de encarnar, para que pudessem abrigar, sob a luz do Evangelho, o maior número de pessoas, para que se libertassem da recorrência dos exílios dolorosos que vinham sofrendo.

Nós, da cidade Intraterrestre desse país, exercemos também a função de resgate e de auxílio à população carente, libertando-as das atrocidades que sofrem nas mãos dos seus dirigentes.

 Muitos adentram voluntariamente nossas cidades. Se não fosse isso, se não fosse essa permissão do Pai, o mundo veria uma leva de seres bestiais, empenhados em destruir uma população que naturalmente aprendeu a obedecer sem questionar. São submissos por natureza, uma população mansa, dado que viveram sob a mão de ferro de seus governantes muito antes da vinda para este planeta.

Como a reencarnação é a oportunidade de regeneração, os líderes do extinto planeta de onde vieram continuam exercendo o mando aqui na Terra, uma vez que o carma coletivo assim permitiu que tal fato ocorresse. São líderes que, reunidos, serão levados em conjunto para o exílio planetário e não mais exercerão domínio sobre esse povo.

 Infelizmente, a atitude de submissão do povo chinês a esse comando autoritário, de domínio feroz, vem despertando o antagonismo, o ódio, o desprezo dos ditos “povos superiores” e os chineses são hostilizados em todos os cantos do planeta. Não entendem que esta população é tão sofredora quanto eles; sofrem moralmente, religiosamente, fisicamente.

Não confundam o povo com os dirigentes, dado que, se assim o fizerem, sempre estarão cometendo injustiças. Não sabem o que acontece nos escombros dos monumentos chineses. É lamentável a vida de que levam, de miséria absoluta, onde o alimento que, para vós, é estranho, para eles é a última fonte para sua sobrevivência.

 Peçam, ao Pai, misericórdia divina para este povo.

 Meu nome é Chen Li, Sacerdote da cidade Intraterrena (não deu o nome de sua cidade). Devido à grande carga deletéria nas zonas urbanas chinesas, vivemos nas regiões das florestas ainda virgens desse país.

Abrigaremos grande contingente de seres durante os resgates e a Transição Planetária. Todavia, por causa da descrença no Divino e a crença absoluta nos homens, muitos recusam nossa orientação e socorro.

Entregamos esses irmãos rebeldes nas mãos amorosas do Mestre Jesus.

Que a Força da Luz sustente e ampare o povo chinês!

Salve a Luz!

 

Chen Li – Sacerdote Chinês

GESH – 12/06/2021 – Vitória, ES – Brasil  




RETORNAR ÀS MENSAGENS E DIVULGAÇÕES
ENTRE EM CONTATO CONOSCO AGORA MESMO!
Todos os direitos reservados ao Grupo Espírita Servos de Jesus | 2017
FBrandão Agência Web