48

Divulgação 48

07/09/2008

      A+ A-


Leitores amigos!

O GESJ deseja a vocês tudo de bom que ainda existe na Terra, acompanhado de muita prudência e calma, em nome do Cristo, em todas as suas atividades cotidianas.

Prudência no falar, nas atitudes e nas ações.

Prudência até no pensar, porque pensamentos negativos atraem semelhantes, tornando o dia-a-dia ainda mais difícil. Agindo assim, estarão pondo em prática uma das máximas do Homem mais sábio que viveu neste planeta: "Orai e vigiai para não cairdes em tentação."

Hoje, cair em tentação significa entregarmos nossa vida de bandeja aos Trevosos.

Todos nós conhecemos o momento em que vivemos. Mata-se por tudo e por nada. A vida humana não tem valor algum. A dor, o medo e o caos, aos poucos, tomaram conta do mundo. Esses três elementos constituem um prato feito para alimento dos "seguidores da Besta-fera ou Besta do Apocalipse e dos perversos Reptilianos".

Só não vê quem não quer! Ignorar o que se passa fora do nosso "ninho" é loucura ou orgulho em demasia pois "o pau que dá em Chico, dá também em Francisco". Velho dito popular nordestino.

Todos nós possuímos dividas pretéritas e elas precisam ser liquidadas. A Lei de Causa e Efeito, também chamada Lei do Carma não dá jeitinho, não quebra galho e nem passa a mão na cabeça de ninguém. A Justiça Divina não pode ser comprada como acontece com a justiça da Terra. Se ainda não possuíssemos débitos na Contabilidade Divina, não estaríamos reencarnados agora, nesses dias de horror, de momentos apocalípticos.

Jesus nos disse, quando da Sua passagem na Terra: "Não sairás de lá enquanto não pagares o último ceitil." "Já somos trigo, mas não estamos isentos da dor!" Palavras de um amigo espiritual.

Que o Pai, infinitamente bom, justo e misericordioso, abençoe a toda humanidade terrestre, impulsionando-a a sair desse sufoco, labirinto de medo e sofrimento que se instalou no mundo nesse "final de ciclo". Tempos de Juízo Final.

Margarida

Este número contém:

1 – Festival de Wesak;

2 – Os Extraterrestres e Nós;

3 – Mensagens diversas.

 


1° Tema – Festival de Wesak

Este ano não nos atrevemos a comemorá-lo à meia-noite, numa das praias do nosso litoral, como fizemos muitas vezes.

A prudência, devido à violência incontrolável, aconselhou a nos reunirmos a tarde, o que nos proporcionou um lindo cenário, ao assistirmos o nascer da lua cheia no horizonte, acima do nível do mar, numa belíssima tarde de outono.

Foi simplesmente maravilhoso! Lá recebemos as mensagens seguintes:

Na Montanha Sagrada

Vidência: Na Montanha Sagrada; vejo Seres Superiores que não se materializam naquele plano, sendo apenas irradiações de Luz, contornos de pura Luz que não se definem, tudo extraordinariamente lindo!

O Comandante Ashtar Sheram nos leva a uma espécie de mirante, que nos dá um visual de grande extensão de terra. Ali havia milhares de Seres que ele diz serem de Intras e Extraterrestres que vieram em defesa da Chama Sagrada dos Mestres, que representa importante canal de descida da mais pura Energia de sustentação do equilíbrio planetário.

GESH, em 19/05/2008


Todo o planeta reage contra as agressões humanas

Após criterioso balanço das ações do Brasil, do ponto de vista espiritual, os brasileiros encontram-se entregues às energias inferiores do mar revolto.

Suas ações desequilibradas, que ferem o livre arbítrio alheio, são intensas, atraindo antecipadamente, o desequilíbrio das forças da natureza.

Todo o planeta reage contra as agressões humanas e a Terra do Cruzeiro, igualmente, vê-se abalada pelos acontecimentos trágicos de ordem natural.

As luzes do Cruzeiro permanecem acesas, posto que, o povo, na sua maioria, ainda mantém acesa a chama da esperança e da fé e a fraternidade é uma de suas características relevantes. Mas, a intensa violência e o desrespeito à vida têm deflagrado o retorno das energias deletérias emitidas, através dos fenômenos da natureza; fracas em sua intensidade, pois ainda não é proporcional à grande carga deletéria lançada na psicosfera através das ações insanas e bárbaras praticadas contra o próximo e o total desrespeito a vida, em todas as suas formas.

Os desequilíbrios atuais da natureza ocorrem por todo o planeta e o Brasil, que nesses dias poderia manter a estabilidade dos fenômenos naturais, através do respeito à natureza, retardando o início das hecatombes, ao contrário, contribui para que o descontrole que já se iniciou, acelere, e os cataclismos naturais intensifiquem-se em todas as latitudes e longitudes geográficas.

Resta-nos suplicar, ao Pai Amantíssimo, misericórdia para todos.

Que os corações, cuja luz do entendimento seja mais intensa, juntem-se ao grande Exército da Luz e emitam pensamentos de paz e harmonia.

Que suas ações sejam equilibradas e em harmonia, num esforço para a própria redenção.

Salve o Brasil! Salve o povo brasileiro! Salve Jesus!

Ismael (Guia espiritual do Brasil), em 19/05/2008


As lutas devem cessar para dar espaço à paz

Vidência: Durante a recitação do mantra, o Mestre Maytreya apresenta-se e, calmamente, começa a falar:

Trilhar a montanha da renúncia e do sacrifício, somente é possível aos espíritos corajosos, já desapegados da matéria e livres dos apegos doentios.

O Salvador da Terra, manifestado na carne, não foi reconhecido por todos e aqueles que hoje O reconhecem não cumprem suas determinações de amor e perdão; ignoram Sua mensagem, deturpam Seus ideais de libertação do espírito imortal. Portanto, não são tão ignorantes quanto os que não O aceitaram e mais responsáveis pela permanência no erro.

Conhecendo Suas Divinas Lições, usam-nas para coibir as ações livres do próximo e manter os ignorantes mais ignorantes.

Os poucos que crêem no Salvador da Terra e seguem na Sua Trilha de Luz merecerão habitar a Nova Terra que logo despontará no horizonte.

Os sofrimentos e dores são para todos, indistintamente, mas somente os justos e humildes não se rebelarão ante a dor e ascenderão a um mundo melhor.

Derrama-se, mais uma vez, luzes de bênçãos do Mais Alto para esta humanidade, abastecendo as reservas:

Reservas de amor e de fé dos combalidos e desesperados.

Reservas de coragem e fé dos Guerreiros de Jesus.

Reservas de Energias restauradoras da Força Criadora do planeta.

Nada perecerá inutilmente.

Somos unos, vibrando por amor ao planeta e sua humanidade.

A paz deve ser construída com lutas e as lutas devem cessar para dar espaço à paz.

Mestre Maytreya (Um dos Mestres da GFBU), em 19/05/2008


O amor sem fronteiras não existe e as barreiras raciais fortalecem-se

Povo da Terra, escutai o chamado da Luz.

Os sons estridentes das trombetas já anunciaram o começo do Apocalipse.

Os sons das hecatombes estão presentes em muitos países e, contritos, cada pedaço da Terra emite gemidos de dor pelas insistentes e intermináveis agressões humanas. A resposta a tanta violência começou a ser emitida.

A intensidade do sofrimento imposto será recebida de volta.

Escolhestes a dor quando destituístes o amor de vossas ações.

O amor sem fronteiras não existe e as barreiras raciais fortalecem-se.

Raças semelhantes se destroem e povos irmãos são inimigos.

As famílias, como células agregadoras da "fraternidade universal", desfizeram-se e o ódio domina os corações dos humanos.

A ganância domina vossas ações e o desrespeito à vida completa o cenário desolador do planeta.

Pedis perdão a Deus, mas não sabeis perdoar o próximo mais próximo, pois vos esquecestes do amor.

A Luz Maior que vos envolve nesta hora restaure vosso caminho de Luz rumo ao progresso e desperte vossas consciências, ainda hoje.

Amai, amai, amai.

Zeus, em 19/05/2008


Um Intraterrestre participa conosco do Festival de Wesak

Vidência: Vejo inúmeros elementais. Estão soltos no ar e no mar. Rodopiam no espaço e pulam na água como se estivessem muito felizes, mas, em grande número. Depois da vidência estranha dos elementais, recebi a comunicação seguinte:

Celebramos convosco o Festival do Grande Buda e depois prosseguiremos a viagem em direção à nossa Cidade, acompanhados sempre pelas Forças amigas da Natureza.

Dificuldades e armadilhas foram reservadas para nós, por aqueles seres (os Reptilianos) que se fizeram passar por vós. Eles intentam separar-nos, impedir que se concretize na matéria o que a força do amor sincero e fraterno já realizou no astral.

Vossa ida a Lemur, onde vivemos, é muito importante; não sei bem explicar o tamanho dessa importância, nem suas razões, mas, pela ajuda que estamos recebendo e pelos preparativos que estão fazendo os Irmãos Extras e Intraterrenos, calculo que é muito proveitosa para todos.

De minha parte, fui designado pelos meus irmãos de Lemur para guiá-los e assim o farei, com todas minhas forças, pois grande simpatia por vós cativou meu coração. Por isso, coloco-me a disposição como um servo e criado.

Que o Governador dos Mundos, que está acima de todos nós, conduza cada um de nossos passos.

Zenom (Habitante de Lemur), em 19/05/2008

Saudação: Pequeno ser, nós vos saudamos e agradecemos. Sua presença nos conforta e nos faz sentir amparados pelas Forças do Bem. Que sigamos unidos pelo amor do Cristo.

Resposta: Unidos, atentos e alertas!


A Besta-Fera atingida por um raio de amor e luz

Vi a "Montanha Sagrada" e, reunidos sobre ela, Mestres da Grande Fraternidade Branca Universal.

A energia estava muito forte, e, em determinado momento, o céu se abriu para outra dimensão, superior àquela que eu via. Um forte raio de luz cruzou o céu em direção à crosta terrena, atravessou a Montanha Sagrada, entrando no solo até chegar às regiões abismais do planeta, atingindo em cheio o coração da Besta que soltou um fortíssimo urro, ficando paralisada por um certo tempo, que não sei precisar.

Depois ela voltou a si, mas, estava fora de combate. Creio que assim, ficará por um certo tempo, até se recuperar completamente.

Vidência, em 19/05/2008

Ela, a Besta terá sua oportunidade de resgatar as dívidas e progredir

Durante alguns segundos, a fera ficará submetida ao poderoso Raio das Forças Superiores, resultante do alinhamento do planeta Júpiter, de onde brota puro amor pela humanidade terrena, e da lua que, como se fora um espelho, refletirá a luz bendita do refazimento das forças positivas.

A energia sublime do Amor Jupteriano refletirá no espelho lunar sendo direcionada para o "coração da Besta" que ficará subjugada por fração de segundo.

Presente de Compaixão do Pai, que mesmo diante das ações nefastas dos seres humanos, ainda propicia ao Ser doente, o remédio boníssimo do "amor curador".

Forte abalo sofrerá a "Fera" e por pouco tempo permanecerá inerte, sem reação. Sentirá na sua rápida imobilidade a verdadeira Força do Pai e em seu subconsciente ficará registrado onde fica a fonte do "Foco da Luz Maior".

Irmãos, não podeis avaliar a importância e beleza desse gesto de amor, que permitirá ao "hediondo Ser" iniciar a queda vertiginosa de suas intenções de posse e dominação do planeta, marcando o início de sua ascensão.

Dores e sofrimentos atrozes a aguardarão, porém, como todas as criaturas, ela terá sua oportunidade de progredir, garantida pelo Criador e Governador dos Mundos.

Salve a luz! Salve a Força do Divino Jesus!

Shama Hare, em 19/05/2008


Libertas as Forças da Natureza

Vejo uma explosão de luzes no ar. São os elementais do fogo, manifestando suas presenças no local onde ocorre o Festival de Wesak.

Vejo também vulcões explodindo e os elementais do fogo sendo libertados. Saem voando de dentro dos vulcões, impulsionados pelas explosões. Saem sujos de cinza e depois eles mesmos se incendeiam e voam se resfriando, até tomar sua forma de elemental.

Na água, dá-se o mesmo. Vejo um largo rio, próximo à montanha, e das suas águas os elementais emergem como bolhas e explodem no ar, adquirindo sua forma.

Apenas não vi os elementais da terra. Os do ar voam em alta velocidade.

Estão livres para agir de acordo com as necessidades do planeta. Estavam até agora contidos por Forças Superiores que procuravam adiar ao máximo os acontecimentos que resultarão em grande número de mortes coletivas; porém, não mais podendo conter as Forças da Natureza, esses seres foram libertos e têm consciência de sua liberdade.

Vidência, em 19/05/2008

Os Elementais

Irmãos!

O equilíbrio dinâmico existente entre os elementos que compõem o planeta é estabilizado por "seres", cuja vida cria ligações e combinações que permitem os mundos se comunicarem.

Há "seres" que compõem o ambiente, cuja função é controlar reações químico-físicas que se intercambiam nos planos e sub-planos da matéria.

São eles que processam os fenômenos de limpeza e reciclagem de elementos, higienizando sempre que necessário a psicosfera terrestre.

São a "alma da natureza". Juntos compõem o "espírito do planeta" e separados, traçam sua trajetória evolutiva como seres animados. Fortemente imantados aos elementos inanimados, eles configuram a sutil presença da vida manifesta em suas mais delicadas expressões e desenvolvem, manipulando os fenômenos naturais, os primórdios da inteligência humana.

Eles são a conexão entre o humano e o não humano, ao mesmo tempo em que ligam o que em vossa concepção encontra-se vivo e não vivo.

São a chave evolutiva, ansiosamente procurada pelos seres humanos. Suas consciências, quando amadurecidas pelos séculos de trabalhos prestados à Natureza, encarnam na matéria densa, como símios que terão sua contextura cerebral desenvolvida para o raciocínio.

Cada um de vós, carrega dentro de si, lembrança do tempo em que fostes um elemental da natureza. Cada um de vós carrega em si a força primordial de um dos elementos e por ele pode encontrar mais rápido e mais fácil o caminho da cura para os males da carne.

Acessando a memória desse ser que já fostes é que, por princípios, exercestes a prática da magia, outrora, comprometendo vossas almas no carma intransferível. E é submetendo-vos a essa força e colocando-a a serviço do Criador, nessa hora turbulenta, que resgatareis os débitos contraídos diante da Força Mãe Natureza.

P: Irmão, o assunto é muito interessante e de difícil compreensão. Posso fazer perguntas?

R: Sim

P: Cada um de nós foi então um elemental? É isso que o irmão está explicando?

R: Fostes um e fostes vários elementais. A gênese desses seres é lição difícil para ser apresentada neste momento, mas, resumidamente, podemos afirmar que eles nascem como coletividade/grupo e destacam-se na medida do amadurecimento de suas forças internas, despertando gradativamente a consciência de serem livres, porém submetidos as Forças Superiores.

P: Eles têm, liberdade para seguir ou não uma pessoa que queira dominá-los pela magia?

R: Dependendo do estágio de evolução em que o feiticeiro se encontre, da força e conhecimento que ele possui sobre o assunto.

P: Uma vez dominados, não podem se libertar do jugo das forças negativas, se quiserem?

R: Apenas se já, como dissemos, tiverem desenvolvido a capacidade de dominar o equilíbrio entre os instintos, as polaridades negativas e positivas.

Não são maus ou bons, mas seu desenvolvimento e atuação junto às forças da natureza vão conferindo a estes irmãos as primeiras lições conscientes do sentido de práticas positivas e negativas, bem como de sua consciência e da intenção de provocá-las.

Por essa razão, são susceptíveis à dominação de mentes já desenvolvidas e treinadas, perversas ou boníssimas.

Conduzidos por espíritos Superiores, realizam proezas benfeitoras e aprendem o sentido profundo de fazer o bem e o mal.

Conduzidos a zonas abismais por mentes perversas, aprendem tristes lições de medo e dor reproduzindo-as, na manipulação das forças que dominam, esses sentimentos.

Que a bondade do Criador conduza esses irmãos, nessa hora planetária, pelos caminhos da compaixão, do amor e do perdão.

Shama Hare, em 19/05/2008

Vidência: Vi novamente um grande número de elementais conduzidos para o Oriente; receberão ali forte carga de energia proveniente do Mestre Maitreya.

O céu se abre e luzes fortíssimas caem, banhando e ascendendo os elementais da terra, água, ar e fogo.

A quietude toma conta deles, que antes estavam eufóricos e muito agitados. Acumulam energia positiva em seus corpinhos, que os torna mais ligados às Forças da Luz.

O Comandante Ashtar Sheram trabalha nessa irradiação de energias destinadas a auxiliá-los.

 


2° Tema – Os Extraterrestres e Nós;

Vários Irmãos das Estrelas visitaram-nos numa reunião pública

Saudações, terráqueos!

Como amigos, aproximamo-nos de vós e fizemo-nos sentir.

Vossas almas aspiram ao progresso, mas vossas amarras impedem de progredirdes, liberando-vos da estreita visão e compreensão dos mundos.

Libertai-vos pelo conhecimento, fortalecei-vos pelo trabalho e, através do amor, elevai vossos espíritos às Esferas Sublimes do Amor Crístico.

Ranquilau (Um extraterrestre ou Irmão Cósmico), em 23/03/2008

Vidência: O salão de reunião do público estava inundado de luzes multicoloridas, como se um arco-íris se formasse ali dentro. Muitos e diferentes Irmãos Cósmicos ou extraterrestres circulavam calmamente entre as filas de cadeiras.

Paravam diante de cada pessoa e, com aparelhos e equipamentos desconhecidos e maletas contendo medicamentos, diagnosticavam distúrbios, e, em seguida, ministravam um tratamento especial em cada um dos assistentes.

O ambiente era de profunda harmonia e paz; o amor incondicional desses irmãos aspergia, no ar, perfume e luz.

Todos os presentes à reunião foram atendidos e receberam ajuda de conhecimentos elevados e tecnologia avançada.

Ranquilau prossegue:

Distante fica a nossa Casa. Viemos ter convosco, atendendo ao chamado de amor e caridade do Comandante Ashtar Sheram.

Estamos aqui reunidos, despendendo esforços, no sentido de colaborar com o avanço dessa humanidade, que retarda, em muito, seu progresso e atrasa a descoberta dos páramos celestes e de suas bênçãos sublimes.

Entre dúvidas, medos e desconfianças, os seres humanos caminham sobre a Terra, atormentados pelas dores, que são a colheita dos atos insanos praticados nos tempos da ignorância completa.

Irmãos, é chegada vossa hora, como já foi para outros povos, em outros orbes semelhantes ao vosso. Hora de elevardes o pensamento acima da matéria, a fim de alcançardes as dádivas que o Criador lança para todos.

Com o objetivo de que alcanceis a liberdade, é que Fraternidades Extraterrenas consagram-se em favor do vosso progresso. Abandonai definitivamente as amarras que vos prendem e obrigam a estacionar.

Vosso planeta, atendendo ao imperativo do progresso, evolui. E vós? Ficareis ainda, uma vez mais, atrasados novamente? Novamente transportados para outro orbe distante, primitivo, onde havereis de recomeçar todas as lições?

Refleti, irmãos e compreendei que o Criador, em Sua Infinita Bondade, nos chama ao progresso e que Seu chamado é para todos, bastando que os vossos corações ouçam a Sua Voz, que somos nós, a vos ditar nossas mensagens de amor, de esperança e de fé. Somos servos a serviço do Altíssimo e a vós nos dirigimos como tal.

Não tenhais medo! Buscai conhecer-nos, sentir nossa presença em vossos corações. Hoje mesmo, entre vós, transitam inúmeros Seres, Irmãos habitantes de diferentes orbes, cuja palavra vos encheria de ternura a alma ao reconhecerdes o modo de vida feliz de outras sociedades humanas, mais evoluídas. E se ouvísseis cada um destes palestrantes, compreenderiam como é possível viver em paz e harmonia e amar ao próximo sem, com isso, diminuir-se diante dele.

Cada um traz medicamentos, equipamentos, aparelhos diversos que não conheceis e aplicam, em cada um de vós, procedimentos de limpeza, cura e auxílio na compreensão das lições que são ministradas nesta Casa durante o dia e durante a noite, nos encontros de esclarecimentos promovidos. A todos é dado generosamente este impulso para o próprio progresso.

Agradecidos, todos eles reverenciam vossa humanidade pela oportunidade do trabalho ofertado, do auxílio prestado e de darem testemunho da vontade soberana do Criador.

Reunidos despedem-se, desejando que muitas outras reuniões, como esta, possam facultar a presença de tão grande número de irmãos trabalhadores, que apesar de diferentes em suas origens planetárias reúnem-se com o único propósito de auxiliar os terráqueos em seu momento doloroso e difícil de "transição planetária".

Salve a Força Maior que nos conduz! Salve o Divino Jesus, Aquele que do Alto protege, ampara e orienta essa humanidade!

É com grande satisfação que se despede vosso amigo,

 Ranquilau, em 23/03/2008


É tempo de perdoar, amar e sofrer

Vidência: Vejo uma luta renhida entre um Ser das Trevas e um Ser da Luz. O trevoso possui duas cabeças, quatro braços e um corpo. Os dois seres eram gigantescos e, em determinado ponto da luta, o Ser da Luz enlaçou o trevoso pelos tornozelos e o envolveu numa corda muito fina de luz. O trevoso foi içado para uma nave-prisão.

Depois, vi o ASJ sendo literalmente bombardeado e as paredes balançavam. Após recebi a mensagem que segue:

Por todo o planeta, "grupos organizados das trevas" confrontam-se com o Exército da Luz, em lutas intensas e ferozes.

As trevas atacam buscando apagar a Luz e dominar a Terra e sua humanidade. O Exército da Luz trabalha na limpeza final dos planos densos da Terra. (Regiões Abismais)

Por falta de amor, os corações humanos facilitam a aproximação dos "seres das trevas" sobre os encarnados. A estratégia do Exercito do Cristo é resgatar todas as almas decaídas nas zonas escuras e densas, socorrendo uns, aprisionando outros e encaminhar os dois grupos para fora do astral inferior onde se encontram.

Diversos Grupos de Trabalho do Exército do Cristo existem atuando neste momento por todo o planeta.

As mortes coletivas intensificam-se e há grupos destacados para socorrerem essas almas que adentram o plano astral em total desequilíbrio, conduzindo-as ao tratamento que merecem. Protegem aqueles que fizeram jus ao assédio das Bestas que buscam, famélicas, os espíritos recém libertos da matéria para sugar suas energias vitais. Este Grupo de Socorro, que atende aos desencarnados em massa que passam para o além-túmulo, é composto de Seres Superiores terrestres, Intraterrestres e Extraterrestres, como foi programado para este "final de ciclo". Seres preparados para o atendimento às pessoas que morrem em condições adversas, pois o plano astral inferior está repleto de criaturas infelizes que se alimentam da energia alheia.

Outro Grupo do Exército do Cristo é composto de Guerreiros preparados para os confrontos em campos de batalhas. Enfrentam as lutas com o Exército Negro que adentra o plano astral inferior próximo à superfície da Terra e são provenientes do profundo Abismo. Esse Grupo de Guerreiros Especializados em combate corpo a corpo com ferozes criaturas, sendo algumas delas sem alma, pois constituem criações aberrativas dos "cientistas das trevas". São alijadas de sentimentos, porém muito fortes, formando pelotões destruidores e que são interceptados ao transporem os portais dimensionais para o Abismo, portais recém abertos pela força de Hercólubus.

Há intensa atividade nas Colônias Espirituais para recebimento do grande número de espíritos desorientados que, coletivamente, abandonam o casulo de carne, mas sem condições de compreenderem sua atual situação, a fim de receberem os primeiros socorros ainda no plano astral da Terra, antes de seguirem para seus destinos.

São múltiplas e intensas as atividades do Exército da Luz nesta hora crucial para o povo da Terra. Infelizmente, há sobrecarga de trabalho para todos os trabalhadores do Exército da Luz, pois multiplicam-se os desequilíbrios e reduzido número de encarnados filiam-se às fileiras do Exército de Jesus.

Todo o desequilíbrio planetário e todas as hecatombes coletivas e individuais ainda não foram suficientes para despertar esta humanidade do sono letárgico. A matéria ainda domina sua razão e os sentimentos inferiores comandam suas ações. Não são ainda capazes de amar sem nada exigirem em troca; confundem apegos doentios com amor e perdem-se no turbilhão descontrolado dos acontecimentos de "finais de tempos".

Aqueles que despertam suas consciências para a necessidade de mudança de atitude, podem participar da construção de um mundo novo. Deveis fortalecer a fé, burilar vossos instintos perniciosos para a evolução de vossa alma. Deveis praticar o Evangelho de Jesus perdoando e amando, ligar vossas mentes e corações ao Mais Alto, buscando renovar as forças para participar das ações de saneamento, limpeza e transformação do orbe terráqueo.

O Planeta Intruso a cada dia exerce maior influência sobre a Terra e os acontecimentos dolorosos deflagrados sobre a humanidade intensificam-se. Orai, vigiai e praticai o amor, garantindo níveis vibratórios superiores aos "das trevas" que invadem o planeta.

É tempo de perdoar, amar e sofrer.

Salve, Jesus, o Divino Governador, que a todos ama incondicionalmente.

Comando Órion, em 09/05/2008

 

 


3° Tema – Mensagens Diversas

A desorganização da família

Irmãos, que a paz do Mestre Jesus envolva nossos pensamentos!

O problema dos jovens, nos dias de hoje, é resultado do problema no qual se investiu essa humanidade, quando, em favor do crescimento material, negligenciou a formação do espírito, que dá vida aos corpos físicos.

Uma compreensão equivocada da vida favoreceu a prática de preceitos egoístas, cujo resultado tornou as gerações subseqüentes igualmente negligentes dos valores morais e espirituais que conferem aos seres humanos as condições necessárias à vida em sociedade.

A desorganização da família; o abandono da tarefa de educar; a ausência do compromisso com a orientação dos jovens e a liberdade excessiva e inconseqüente foram alguns dos fatores que resultaram na desorientação da juventude, no mundo moderno.

As escolhas realizadas pelas famílias, de viver e trabalhar segundo uma organização social materialista, incutiu, nos jovens, a mensagem de apego, de ambição e de cobiça.

A negligência com a orientação espiritual dos jovens resultou no abandono dos preceitos evangélicos, perpetuando um vazio milenar, cultivado inconseqüentemente por espíritos atrasados e ignorantes.

Equacionar esses elementos perturbadores é a difícil tarefa que se coloca agora entre vós. Antes de tudo, é necessário, aos responsáveis pelos jovens, retomar em si mesmos a reconstrução e reabilitação dos valores sublimes da alma, religando-se ao Criador e haurindo da fonte viva de Seu amor os auspícios de luz que servirão de farol na noite escura do tempo presente.

Orientar-se para orientar.

Renovar-se para renovar.

Retomar o convívio sadio pelo exemplo é, para o momento, a mais acertada pedagogia que pais e mães poderão adotar sem risco de queda nos despenhadeiros que os cercam.

Além do sofrimento de ver esvair-se a vida de um ente querido, pela desorientação educativa, o arrependimento e a culpa, devido as tarefas não concluídas, muito dificultarão o reequilíbrio após a morte de muitos pais e mães, arriscando-se a reincidência nos desvios da senda do progresso.

A humanidade desconhece os sinais que anunciam os "tempos chegados". Desconhecem, por desinteresse próprio, o limite imposto pela Lei Maior à insanidade humana.

Desconhecendo e ignorando as Sábias Leis, deixam-se envolver pelo fogo fátuo das promessas vazias emitidas pelos súditos da Besta.

Amados irmãos, a entrega ao brilho fácil de uma vida vazia na matéria traz dissabores dolorosos no porvir. Considerai essa realidade antes de tomarem vossas decisões.

Assim como o Mestre Adorado esteve entre nós, ensinando lições de amor e perdão, simplicidade e misericórdia, seus Mensageiros se acercam de vós repetindo-lhe as lições, para que ouçam e modifiquem seu agir.

Aos jovens, endereçamos esse apelo, para que reflitam sobre a importância da família. Aos pais, a súplica para que reconsiderem a necessidade de impor, amorosamente, porém de maneira inquestionável, os limites dentro dos quais os jovens poderão crescer em segurança, emocionalmente sadios e tornarem-se homens e mulheres equilibrados, capazes de restaurar, onde estiverem, a paz e a alegria entre irmãos.

Na construção de um mundo melhor, encontra-se o plano comum de trabalho entre os espíritos no astral e os seres encarnados, jovens e adultos.

A preocupação de limitar a criança pela repressão educativa não tem procedência, vos garantimos. Maiores deformidades são impostas pela negligência do que pelo excesso de zelo.

Errar na educação de filhos a vós confiados é natural, posto que não sois perfeitos. Mas é ato de humildade e prova de amor profundo, buscar a intervenção que corrige, do que delegar ao mundo as correções tardias e dolorosas, que vos cabem realizar.

Aceitai vossa tarefa de conceber, gerar e educar os jovens, pois no Educandário da Terra, todos vós sois alunos em fase de aprendizagem. Já vos foi dito que dessa Escola não sairíeis enquanto não houver atingido a nota mínima de ingresso a outros Educandários Superiores.

Que a Paz de Jesus envolva nossas almas, harmonizando os pensamentos e orientando nosso agir.

Paz, sempre

Joana

Médium: Irmã querida, alegria imensa tê-la conosco, realizando esse trabalho maravilhoso de assistência psicológica espiritual e transmitindo seus pensamentos na forma de mensagem educativa.

J: Alegria nossa também, de poder servir ao Cristo nessa hora tão difícil para a humanidade terrena. Do panorama espiritual, vislumbramos as enormes dificuldades e armadilhas que envolvem os espíritos encarnados.

Desatinos leves e graves envolvem a todos, e, com as almas emocionalmente instáveis, corpos e mentes entregam-se as experiências lamentáveis, do ponto de vista do progresso espiritual.

Quiséramos alertar a todos, através de palestras noturnas; mas, as Forças do Mal hipnotizam suas vítimas, afastando-as dos caminhos que levam ao esclarecimento socorrista.

No plano físico, muitos jovens também não se deixam conduzir pelas orientações familiares. Pais e mães, por sua vez, desorientados e sem forças, entregam-se ao imobilismo, dominados pelas energias deletérias emanadas por seres de presença nefasta.

Aqueles que não se prepararam para resistir ao assédio negro, encontram, nessa hora, difíceis condições para resistir ou enfrentar a dominação dos "soldados da Besta".

Despertar para a necessidade de evangelizar-se é o primeiro passo para libertar-se do jugo violento de seres frios e cruéis.

Abraçar a mensagem de amor e renúncia do Cristo é o caminho para reconstruir a vida.

Sede corajosos, irmãos! Sempre é tempo de retomar a senda da Luz e eleger os valores maiores como alicerce da vida familiar.

Que nosso Irmão Maior abençoe nossos esforços de trabalho e progresso, hoje e sempre.

Joana de Angelis, em 07/06/2008

Médium: Irmã, gostaria tanto de poder captar melhor as doces palavras que ouço, transmitindo toda a energia maravilhosa aos que a lerem... Mas, não consigo...

J: Filha, a mediunidade é exercício de aprimoramento interminável, só alcançado em sua plenitude pelo despojamento dos resultados.

Entregai-vos e servi. O Pai fará sempre o resto por vós.

M: Grata, amorosa Senhora.


Não vos envergonheis de vossa condição sublime de mulher

Amados irmãos!

A condição feminina em vossos dias é deplorável mensagem da condição de vossa sociedade atrasada, do ponto de vista moral, embora sustentando bagagem de agrupamento humano altamente evoluído. Todavia, para ser grande é necessário, antes de tudo, olhar ao redor e verificar a condição dos pequeninos que vos cercam.

Deixando atrás de si rastros de abandono e negligência, as mulheres avançaram na prática das profissões, enriquecendo o mundo com seu olhar delicado e sensível, mas tornaram-se cegas quanto ao vazio perpetrado no lar que suas ausências produziram: filhos e filhas destituídos do élan familiar que faculta aos grupos a condição social de civilização humana.

Desarticulando as "células familiares" em seu potencial doméstico, tornaram-se, em grande parte, responsáveis pelo acúmulo de dores e sofrimentos arraigados no tempo presente, pois o vazio existente produziu filhos destituídos do amor dadivoso, que seria espargido pela condição sublime da renúncia de si e do sacrifício em favor do próximo.

Oh, mentes tolas e infantis!

Nunca se viu mulheres tão belas e tão desprovidas da capacidade de amar!

Nunca se viu tanta inteligência e tão pouca sabedoria!

Nunca se viu, na civilização humana, tanto trabalho e tanta escassez dominando a todos e maltratando os seres humanos.

Irmãs, subjugar-se ao domínio masculino é situação degradante, porque tanto a mulher como o homem, foram criados para viverem em comunhão de propósitos inconfundíveis e progresso insofismável.

Que progresso pensais haver alcançado, saindo do jugo masculino e subjugando-se à vontade férrea de uma sociedade materialista que vos transforma em pedaços descartáveis de produto consumível?

Sereis realmente livres, deixando atrás de si o núcleo familiar desbaratado? Alcançastes os patamares superiores, favorecendo as coletividades com o conhecimento e o exemplo que eleva? Não!

As gerações de espíritos reencarnados nos corpos de mulheres que se deixaram arrastar pela ilusão da igualdade e liberdade sexual semearam duras sementes que, contribuindo para a desorganização social, ainda colaboram com os planos mal intencionados de domínio da Besta sobre as criaturas.

Nessa hora de verdades presentes, desveladas pelo trabalho intenso de espíritos amigos, reconsiderai vosso papel perante os filhos e filhas por vós concebidos. No ventre, abrigais almas que conferem tônus vibratório ao mundo.

Procurando, diante do Altíssimo, reconduzir a vida de volta aos trilhos do bem, ajustada aos propósitos superiores, evitai os impulsos sensuais, recolhendo-os às manifestações equilibradas e direcionadas ao trabalho de sustentação da família terrena.

Não há mais tempo para desfazer o que está feito, mas no tempo que ainda vos resta, há, certamente, as condições para modificardes os atos equivocados da busca infeliz pela igualdade, restituindo o equilíbrio de muitas almas necessitadas de vosso exemplo, amparo e assistência maternal.

Não vos envergonheis de vossa condição sublime de mulheres. Adorai ao Criador que, em inspirada ação criadora, vos desenhou a vestimenta carnal, de maneira a serdes co-criadoras da vida e envidai esforços incessantes por merecer tal dádiva gloriosa.

Contidas em vossos impulsos inferiores, sereis para sempre elemento de frenagem dos instintos violentos e agressivos da polaridade invertida do espírito (o masculino) constituindo, por conseguinte, herança de paz e bondade para toda humanidade na qual vos encarnastes.

Que o amor sublime do Meigo Rabi da Galiléia vos seja Caminho, Verdade e Vida, nas realizações junto às moradas de progresso.

Maria, em 30/05/2008

Ela faz uma súplica a Jesus...

Vidência: Depois de ditar a mensagem acima, Maria ajoelha-se e, elevando o pensamento em prece a Jesus, exclama:

Excelso Jesus! Filho amado!

Eu não conhecia a Majestade de Tua Presença em meu ventre.

Eternamente grata serei ao Criador por haver-me concedido a graça de ser Tua mãe, filho muito amado.

Venho pedir-Te, Excelso Governador da Humanidade, que veles pela condição das mulheres, auxiliando-as através de Teus Mensageiros de Amor e Luz, a reconhecerem sua condição espiritual.

Prostro-me diante de Ti, não mais como a mãe que fui, mas como a discípula pequenina que tanto O ama e admira, suplicando-Te, a fim de que essas mulheres compreendam sua força, poder e responsabilidade junto àqueles que elas recebem como filhos, esposos, pais, irmãos, tios, avós.

Que o entendimento das mulheres seja elevado por Ti, no sentido de que compreendam como é efêmero o corpo físico, dispensando os cuidados maiores ao espírito imortal.

Senhor, permita que nos seus intelectos germinem as sementes do discernimento, para que compreendam o sentido profundo da liberdade de escolha que o Pai lhes facultou.

No momento em que descobrirem que o poder da mente é submetido às Leis Divinas, tornar-se-ão, então, detonadoras psíquicas do progresso daqueles que a elas estiverem ligados.

Mais ainda, filho e irmão amado, que Tua mensagem de amor possa recair sobre elas como bálsamo que cura, ensinando a condição de serem instrumentos da Vontade do Pai e a servi-lo desinteressadamente.

Maria, em 30/05/2008

Vidência: Acercaram-se de Maria muitas índias que vivem em nossa Colônia Espiritual Servos de Jesus, e outras amigas, por elas convidadas. Estavam lindamente pintadas, ornadas de colares e enfeites coloridos. Pareciam arrumadas para uma festa. Foram chegando mansamente e de cabeça baixa, sentando-se ao redor de Maria. Suas atitudes eram de uma profunda reverência silenciosa àquela imagem de Maria, projetada em nosso GESJ naquele momento.

Foram abençoadas com uma explosão de luz partida do Coração Amoroso de Maria.


Ou sois trigo ou sois joio, nada mais!

Irmãos, que a paz seja convosco!

Os Mestres e Guias, Anjos da Guarda e Tutores Espirituais de todo nível das criaturas encarnadas, envolvem seus pupilos, na tentativa de mantê-los em níveis morais superiores, estimulando-os a buscarem a transformação íntima através da prática das Lições de Jesus.

Ocorre que os apelos materiais são contínuos e intensos e as criaturas encarnadas, em sua maioria, vivem envolvidas com as dificuldades econômicas. Querem possuir mais e mais, acima de suas reservas monetárias. Trabalham até a exaustão para satisfazerem suas necessidades supérfluas, sem se preocuparem com seus espíritos que são imortais, não permitindo um tempo disponível para emitirem pensamentos em direção a Deus e as Forças do Bem.

Portanto, as intuições e pensamentos de seus Guias e Amigos perdem-se, ao esbarrarem na armadura material que construíram em torno de si mesmo.

Irmãos, ou sois cristãos e buscais praticar as lições do Cristo, ou estais a mercê das Forças Involutivas que vos cercam, estimulando apegos à matéria e aos vícios, negligenciando de forma prejudicial vosso espírito imortal.


Ou sois trigo ou sois joio, nada mais!

Tomai as rédeas de vossas vidas, antes que despenqueis no Abismo mais escuro do que aquele que um dia já habitastes.

Jesus é Caminho, Verdade e Vida, Roteiro Único para abreviardes vossos sofrimentos e mais rápido alcançardes a renovação e o progresso.

Salve Jesus! Salve a Luz Maior que nos conduz! Paz a todos.

 Marcos Novaes, em 19/02/2008


A verdadeira vida é a do espírito

Prezadas irmãs, vibrações de amor e paz endereçamos a vós.

Sabedoria divina é aliar irmãos devotados ao trabalho redentor, pois a comunicação com Espíritos Superiores proporciona, aos Grupos de Trabalho, recebimento de fluidos energéticos de elevado teor, cuja transfusão auxilia no desenvolvimento das forças do grupo receptor e de cada participante do mesmo.

Esses, por sua vez, vivenciando a experiência e o contato com as Forças da Luz, encontram impulso para transformar, em si, os pendores existentes de baixa freqüência.

Cada ser que convosco se comunica deixa sua marca, pois transfere através do comunicante suas energias, contribuindo com idéias e vibrações para elevação de todos.

Os meios encontrados para facilitar o desenvolvimento das consciências são diversos, e o Plano Divino atende a todos, incondicionalmente, oferecendo oportunidades infinitas de reajuste, mudança e crescimento.

O Mundo, atônito, assiste à cruel investida de irmãos asiáticos contra a família monástica do Tibete.

Saibam que o "regime de força" que hoje causa horror ao Mundo já vem impondo sua mão de ferro sobre nosso povo, há décadas!

"O que os olhos não vêem o coração não sente!" Diz um ditado popular. Enquanto a Nação Tibetana sofre crueldades e injustiças, encoberta pelas montanhas nevadas, o mundo nada sente e as "autoridades internacionais" não apóiam o pequeno país massacrado sem piedade pelo Gigante Amarelo.

Somos irmãos! É povo contra povo que se consome em lutas sem fim. Violência brutal contra a vida, único bem verdadeiro que possuímos, doado pelo Criador e destinado a reconciliação com Sua Vontade Soberana.

Nós, tibetanos, não somos um povo destituído de valores; ao contrário, nossa força reside no cultivo dos ensinamentos milenares e destituídos de valor monetário.

Apreciamos o que é belo e enriquece a vida humana. Da forma como vivemos, procuramos exemplificar ao mundo nossos preceitos de desapego à matéria e veneração à "Força Curadora da Vida".

Muitos interpretam mal nossas práticas, criticam, jogam dúvidas sobre nossa honra. Atacam, pois se sentem ameaçados por um dos últimos núcleos de resistência existente no planeta, núcleos que teimam em afirmar e testemunhar a transitoriedade da matéria densa.

A verdadeira vida é a do espírito. Sobre a Terra, caminham os homens, com a finalidade de dedicarem-se à expansão de seus sentimentos, transformando, pela atuação voluntária da mente:

Ódio em amor;

Tristeza em alegria;

Orgulho em humildade;

Egoísmo em amor ao próximo;

Guerra em paz.

Humanidade carente, despertai ao ouvir os gritos e gemidos de nossos irmãos, pois cada um desses que é torturado e morto, representa a aniquilação da força, da coragem, da bondade, do amor, da misericórdia e da luz. O planeta perde colaboradores e benfeitores da paz mundial. Sobrepõe-se em seu lugar, conquistadores bárbaros, cujo único propósito é usufruir da matéria, sugando forças do planeta e deixando atrás de si um rastro de destruição.

Se quereis sobrepujar o mal, uni-vos em defesa do Tibete e restaurai a soberania de um povo, cuja cultura eleva a vida humana no planeta à condição de honrosos amados filhos de Deus.

De mãos dadas, os Espíritos de Luz, ligados aos Povos do Oriente, suplicam, ao Divino Governador, uma chance a mais para essa humanidade.

Deixai livre o Tibete e respeitai a soberania do povo tibetano. O tempo "dos bárbaros" já passou. Resta saber se a civilização presente é capaz de manifestar-se contrária a sua expressão mais negra e cruel.

Irmãos e amigos, fui protagonista desse tempo de perseguição e revolta contra nosso povo. Levei adiante o Plano Divino de espalhar ao mundo nossos conhecimentos, valores e práticas.

Morto, permaneço trabalhando e prestando ao Mundo a humilde colaboração dos que nada têm de si, mas muito desejam ajudar.

Auxiliar, portanto, nessa hora dolorosa, é vir a público dizer ao mundo que se unam em favor do Tibet e contra as Forças Imperialistas que procuram dizimar a sociedade monástica.

Apoiai sua Eminência, o Lama.

Permiti-lhe a oportunidade de falar.

Escutai suas palavras e modificai seu agir.

Derradeiras horas viveis sobre a Terra e o confronto final das forças contrárias se aproxima. Nada restará na superfície do planeta que não seja o resultado de nossos atos, pensamentos e palavras.

Salve a Luz! Salve Jesus!

Lobsang Rampa (Lama Tibetano)

Médium: É uma alegria muito grande ter-vos conosco, irmão! Vossa presença muito nos agrada.

R: Também em nós, imensa é a satisfação em freqüentar a Casa de Ramatis, Mestre da mais elevada espiritualidade que a todos comove e que reverenciamos com o coração repleto de amor. Agora vos deixo na paz que vos encontrei.

Salve o amor sem fronteiras! Salve o Governador Jesus!

Lobsang Rampa, em 04/04/2008


Sigamos com o trabalho, pois o tempo urge

Apesar de professarmos diferentes expressões da religiosidade terrena, aqui me encontro com os vivos por meio de uma comunicação mediúnica.

A morte nos iguala bem mais do que imaginamos, de forma que é inútil tanta discussão e confronto entre as criaturas em diferentes posições religiosas. Basta olhar o mundo através dos olhos de quem tudo falta, como amor, alimento, abrigo e agasalho. Então, pela dor alheia, colocarmo-nos juntos a pensar em construir caminhos que diminuam as diferenças e confiram a mesma dignidade humana a todos. Os pequeninos de Jesus necessitam de socorro nessa hora.

Vidência: Mostraram-me, no plano astral, dezenas de meninos e meninas de várias nacionalidades sendo reunidos e conduzidos para nosso Abrigo. E Madre Tereza continua:

Já não me encontro entre os vivos para ajudá-los, mas minha vida teria sido inútil se não os tivesse socorrido, pois é da vontade do Pai que cada filho atenda a seu irmão.

Durante décadas, trabalhei e pouco mudei da realidade do mundo. Mas, o que importa isso? Aqueles a quem nossas obras atenderam é que podem avaliar o quanto valeu cada prato de comida, cada noite bem dormida, o calor de cada agasalho e tudo o mais que o Mestre Jesus permitiu-nos ofertar.

Agora mesmo, ainda ligada em minha fé, a olhar o mundo pelo ângulo dos desvalidos, reconheço, nessa Casa Espírita, ambiente socorrista com o qual comungo sentimentos e oferto meus humildes serviços. Não sei por quanto tempo permanecerei, mas enquanto o Pai assim o permitir, meus braços e mãos, meus pés e pernas e minha mente são vossos. Isso, enquanto estiverdes vós, também, a serviço do Cristo.

Paz, sempre.

Madre Tereza de Calcutá, em 07/12/2007

Vidência: Surgem meninos e meninas, de várias partes do mundo, convidados pelos diversos grupos por onde a irmã Madre Tereza atuou, ou com dirigentes com os quais guarda algum conhecimento. Ela reúne as crianças, faz triagem e encaminha todos para evangelização no plano astral. Ficará responsável pela direção deste nosso trabalho no astral.

Após a vidência, como se me visse, observando o plano astral, a irmã prossegue:

Muitas dessas crianças de hoje serão o sustentáculo da fé na reconstrução planetária. Necessitam de preparação. Necessitam de alimento espiritual que renova e fortalece a sementeira para que surjam plantas viçosas e fortes, capazes de povoar o jardim da paz.

Sigamos com o trabalho, pois o tempo urge.

Madre Tereza de Calcutá, em 07/12/2007


O sentimento de culpa

Vidência: Vi "evaporar" do mar uma energia diferente. Era muito bonita e se apresentava na forma de luzes matizadas, suaves e multicoloridas, parecendo uma aurora boreal. Depois de atingir certa altitude acima da lâmina d’água, era "soprada" na direção dos continentes. Compreendi então que eram energias equilibrantes, destinadas à humanidade.

Aproxima-se de nós um Instrutor da Casa. Reconheço-o como Ranieri Matias, porém ele está um tanto diferente. Apresenta-se com a barba comprida, bem branca e túnica longa no estilo franciscano, amarrada à altura da cintura, porém muito alva, em vez de marrom. Fiquei na dúvida se era realmente ele. Mas, para minha surpresa, transmitiu-me uma mensagem e assinou como Ranieri Matias.

É com imensa alegria que me dirijo a vós, agradecido a Deus e ao vosso Grupo pela oportunidade de trabalho ofertada.

Quando aqui aportei, ainda trazia na alma a opressão causada pelo sentimento de culpa que nasce no coração desprevenido, acerca da bondade de Deus.

Inúmeras tentativas de corrigenda me foram ofertadas para reajuste das vibrações mentais desequilibradas, contudo nenhuma delas foi capaz de ser aproveitada em toda sua plenitude.

Quando não mais pensava em conseguir superar a dura prova da culpa que acomete os peregrinos do amor, em jornada de volta à Casa do Pai, eis que um ilustre irmão de nome oriental e pronúncia forte – Shama Hare – convidou-me para juntar forças com o Grupo que ele dirigia, atraindo-me ao alistamento no Exército do Cristo, como "Trabalhador de última hora".

Determinado e corajoso, encarei o desafio com esperança renovada e, assistido por espíritos que não ouso sequer descrever, tamanhas suas Luzes, iniciei o esforço de libertação, auxiliando e amparando, na dor, os seres humanos desencarnados e os ainda encarnados, cujo merecimento permitiu livrá-los dos desastres violentos.

Após longa jornada e plantões despretensiosos em nome do Amor, fundamos o Posto de Socorro que ainda hoje atua como "Foco de Luz" nas estradas do astral e no físico, da vossa localidade em Viana/ES, na BR 262.

Outros Postos foram fundados depois, por trabalhadores amigos que conosco colaboraram no estágio feliz da fraternidade cristã.

Novo desafio sempre vem, quando as forças renovadas anunciam a vontade de progredir. E assim, seguindo novamente a mão estendida do querido irmão Shama Hare, prossegui com uma equipe preciosa de trabalho, socorrendo e amparando os perversos espíritos vampiros, consolidando mais do que nunca o desejo sincero de me redimir das culpas pretéritas, através do esforço do trabalho e desobstruir a fonte límpida do amor, pela dedicação desinteressada aos irmãos sofredores.

Tamanha afinidade com este Grupo muito amado e respeitado, ainda não sei explicar, mas sinto que estamos unidos por força imperiosa e boa, unidos pelo amor (refere-se ao GESJ).

Após os trabalhos desenvolvidos, eis que do Mestre Ramatis recebi instruções de preparar-me para nova tarefa.

A "túnica alva" é sinal de um degrau avançado na escala da evolução.

Sigo, mas não podia partir sem antes vir ter convosco, endereçando palavras de profunda gratidão pela oportunidade bendita ofertada, não só a mim, mas a tantos outros que, como eu, necessitam do trabalho para regenerar suas almas.

Em nome do Cristo despeço-me, sem saber quanto tempo levarei fora, mas certo de que voltarei a ter convosco para continuar no trabalho.

O Pai assim determina. Que vivamos, pois, como irmãos.

Que a paz esteja convosco.

Sua benção, Margarida.

Ranieri Matias, em 30/09/2006


A realidade do planeta é cruel e triste

Vidência: Vejo nosso local de trabalho envolto em intenso globo de luz. Assemelha-se a outra dimensão, que não a terceira, tão leve sua atmosfera. Do lado de fora da Casa, uma nuvem de insetos se aproxima. Foi enviada por nossos inimigos, que não querem que o livro aconteça. O globo de luz sopra um ar de dentro pra fora, que impede a aproximação da nuvem. Após, recebi a mensagem:

Paz sobre todos os quadrantes planetários! Paz também em vossos corações!

Irmãos, a realidade de vosso planeta é cruel e triste. Por mais que procurem amenizá-la, a realidade do planeta é uma só.

A revisão interna de valores e procedimentos morais, que poderia transformar a realidade do mundo, já não é aceita como saída, pois tornou-se hábito comum culpar o próximo por seus próprios erros.

Conforme vos ensinam os Espíritos de Luz, o egoísmo e o orgulho provocam a cegueira que impede a humanidade de enxergar a única saída possível.

Imprensada por sua própria limitação evolutiva, a humanidade procura disfarçar seus erros, criando, inventando ou então distorcendo a verdade. Assim, perpetuam-se inúmeros conflitos de idéias, que girando em torno das personalidades egocêntricas, nunca alcançarão o elevado teor das intuições superiores.

Somente a humildade de reconhecer-se insuficiente para solucionar os problemas do mundo despertará os seres humanos para abertura dos "portais da compaixão e da solidariedade", fazendo-os adentrar pelo caminho da renovação com Jesus.

Muitos foram os Abnegados Trabalhadores que dedicaram uma ou mais existências à disseminação de ensinamentos e experiências superiores. Mas toda mudança exige forte determinação e muito trabalho, cabendo a cada um o impositivo de modificar-se, segundo seu próprio entendimento e desejo.

O Evangelho de Jesus é o roteiro seguro que permite analisar se a condição em que estais vos credenciará a segui-lO, ou vos colocará próximos ou distantes de Sua Presença.

P: Irmão, durante os trabalhos da semana passada, tive a intuição de que a tarefa que recebemos está relacionada com nossa descida às regiões abismais. O irmão poderia esclarecer esse assunto?

R: O trabalho que vindes realizando, como a maioria dos trabalhos desenvolvidos pela orientação de Mentes Superiores, procura atender às múltiplas necessidades, das "comunidades humanas" a eles ligados.

No momento em que vossos corpos caminham na direção do esconderijo da Besta, o ar rarefeito, a densa atmosfera psíquica, as lavas incandescentes, os obstáculos e dificuldades do caminho têm ameaçado vossa integridade.

O trabalho na "seara do bem", além de promover o entendimento entre os homens e divulgar preciosos conhecimentos espirituais, têm por finalidade revestir-vos das camadas protetoras dos méritos alcançados no trabalho com Jesus, fortalecendo os mecanismos de defesa que vimos colocando ao vosso dispor.

Proteção e amparo nunca vos faltarão; mas, pelo trabalho, reafirmareis vosso desejo de perseverar e vencer as energias gastas no processo de recebimento e organização de uma obra divulgadora das realidades imateriais do vosso orbe. Uma tarefa de extrema importância, cujas energias empregadas revertem-se para todos os que a ela se dedicam, em força espiritual de resistência à negatividade dos ambientes inóspitos.

Que a paz envolva vossos corações nas zonas abismas. Segui em frente, monitoradas pela Luz do Divino Mestre e, aqui, orientadas pelo Mestre Ramatis.

Sigamos servindo com amor, pois a oportunidade é nosso poderoso equipamento de proteção.

Paz sobre todos os quadrantes planetários!

Paz também em vossos corações!

Comandante Ashtar Sheram, em 22/02/2008


Cada criatura percorre o caminho que escolheu

Bendito o mecanismo da reencarnação em um corpo físico, porque proporciona a drenagem das toxinas ácidas do espírito para a matéria e provoca o esquecimento, refrigério para a mente culpada.

Não importa se a constituição física seja bela e harmônica ou disforme e doente. O esquecimento das faltas, no amortecimento da matéria, é mil vezes mais desejável que as chamas vorazes dos charcos do astral inferior.

Milhares de almas provenientes das regiões inferiores, em condições de reencarnarem, estão sendo encaminhadas para habitarem novos corpos, em drenagem derradeira na matéria.

Milhares de espíritos encontram-se aprisionados em bizarros fetos que não se formaram, mantidos congelados em estágios embrionários. Suas consciências nem sempre estão congeladas, seus espíritos agonizam e suplicam pela oportunidade de desenvolverem-se. No entanto, estão condenados à morte, pois serão utilizados em experiências legalmente autorizadas, ou serão "descartados", como "inúteis".

Cada criatura percorre o caminho que escolheu: colhe aquilo que semeou.

Células-tronco embrionárias, a grande salvação para os deformados da Terra, segundo a visão limitada dos cientistas encarnados, é a condenação de milhares de almas que, do invisível, clamam pela oportunidade de desenvolverem um corpo físico que as lance ao esquecimento e ao progresso.

Nem sempre a ciência percorre o caminho correto para trazer a luz do progresso à humanidade. A maioria das vitórias da ciência terrena está calcada no sofrimento da criatura humana.

Os Olhos de Deus a todos observam.

Samuel, em 30/05/2008

 


Estaremos sempre divulgando, através dos meios disponíveis ao nosso alcance, mais esclarecimentos a respeito de nossos Irmãos Maiores de outros planetas e do Interior da Terra e também sobre a Transição Planetária. Estas informações são de domínio público e podem ser copiadas, no todo ou em parte sem prévia autorização, para distribuição gratuita e desde que não seja alterado o sentido. Fica também autorizada sua tradução para qualquer idioma, para o que solicitamos apenas o envio de uma cópia para nossos arquivos e posterior divulgação. É proibida a comercialização destas informações.

Nossas obras: Pétalas de Luz; Os Extraterrestres e Nós, Vols. I e II; Cidades Intraterrenas – O Despertar da Humanidade em conjunto com a 2ª edição de Os Intraterrestres de Stelta e Missão Submarina Extraterrestre, Os Decaídos e Sua Trajetória Terrestre, Vol. I e II, Mãos Súplices por Socorro – Nos bastidores visíveis e invisíveis dos presídios e Mensagens do Mestre Jesus.

Endereço para correspondência: Margarida Pinho Carpes, p/ Grupo Espírita Servos de Jesus, Avenida Santa Leopoldina, 51, Itaparica, Vila Velha/ES, CEP: 29102-040 (em frente a Rodoviária de Vila Velha);

Endereço para assistir reunião: Rua Hermes Curry Carneiro, 215, Ilha de Monte Belo, Vitória/ES. CEP: 29.053-221.

Dia e hora: Terças-feiras às 14h e quintas-feiras às 19:30 h.

Leia nossas obras. Novos conhecimentos transbordam. Parar, pensar, mudar.




RETORNAR ÀS MENSAGENS E DIVULGAÇÕES
ENTRE EM CONTATO CONOSCO AGORA MESMO!
Todos os direitos reservados ao Grupo Espírita Servos de Jesus | 2017
FBrandão Agência Web