51

Divulgação 51

03/03/2009

      A+ A-


Leitores amigos e irmãos em Cristo.

O Grupo Espírita Servos de Jesus deseja a todos no decorrer de 2009, o fortalecimento da Fé, e da Esperança em tempos melhores. A prática incessante do amor ao próximo, acrescentando coragem, paciência e tolerância, e um pouco de prudência e astúcia, como nos aconselha um dos nossos queridos Guias Espirituais, Shama Hare.

Precisamos desenvolver essas qualidades para sobrevivermos à grande onda de violência provocada pelos próprios seres humanos, e também pela Mãe Natureza que, não suportando mais tanto sofrimento, perdeu a paciência com seus filhos rebeldes que, por cobiça e ganância, a destroem.

Lembrei-me agora de um trecho de uma belíssima mensagem do Comandante Ashtar Sheram, publicada em nossa Divulgação 41, onde ele diz o seguinte:

"A Terra em seus movimentos giratórios já não canta mais...

Do seu corpo ferido, os sons produzidos mais se assemelham ao choro, daquele que sofre estertores de uma vida que se finda!

É um canto de dor.

É um canto de morte.

Ferida, adoece.

Adoecida, fenece.

Fenecida na 3ª dimensão, ressurgirá em nova roupagem dimensional, higienizada das trevas pelos estertores de sua ultima vida!"

Agora, passemos ao conteúdo desta Divulgação.

A partir de Setembro de 2008 fomos solicitadas, através de várias mensagens, a uma possível viagem para "abertura de um Portal Dimensional de Luz", na Região Amazônica. Também haveria lutas no Plano Astral, contra um grande contingente de Forças das Trevas, ou Involutivas, que estavam se organizando para uma batalha, numa determinada área indígena em conflito, no plano físico.

Uma vez a luta iniciada nos planos invisíveis, no físico ela seria materializada entre os índios e os "homens brancos" ali instalados. O derrame de muito sangue seria inevitável e, era isso que a Besta e seus comandados queriam.

A idéia da viagem tomou forma e ela se concretizou: Vitória x Manaus x Boa Vista, no final de novembro de 2008.

Fomos duplamente agraciadas, não só com as "Gotas de Luz" recolhidas com a permissão do Pai, como 2 ou 3 dias após nossa volta a Vitória, saiu a "Resolução", muitíssimo acertada, pelo Supremo Tribunal Federal sobre as terras em conflito, destruindo o "Projeto da Besta".

As extraordinárias mensagens estão transcritas na ordem do recebimento, desde o primeiro "toque".

Margarida

Em tempo: Como estamos recebendo muitas mensagens, algumas até inusitadas, como a do físico e matemático Arquimedes, e do poeta português Camões, a fim de que sejam logo publicadas. Resolvemos colocar 10 mensagens por semana, duas por dia, de segunda a sexta-feira. Leiam e passem adiante, pois assim estarão colaborando com as Forças da Luz.


1° Bloco - Os Primeiros Contatos

Perspectiva de Abertura de mais um Portal Dimensional

Primeiro intervalo entre uma e outra irradiação – Durante o "trabalho de irradiação" para lugares, e situações de muita carência espiritual, começou a acontecer uma vidência, após um dos itens. Eu via uma cachoeira que caía formando espuma branca num lago abaixo. Notei, junto a mim, uma pessoa diferente, porém, bem intencionada. Intuiu-me de que íamos saltar daquela cachoeira. Não senti medo, porque sabia que o salto seria com o corpo astral, e acompanhada por um Espírito Superior; só pensei se a água estaria fria.

Mergulhamos no vazio, caímos na água, bem profundamente, e emergimos em outro lago; só que este era de outra nascente, de um lindo "rio de cristal". Em volta tudo calmo e claro. O céu, de um azul celeste profundo, era a única coisa colorida, e o sol parecia diferente, de um brilho mais para branco do que para amarelo.

Segundo intervalo entre uma e outra irradiação – Flores de lótus brancas abrem-se ao redor do lago; em minha frente há um caminho ladeando o lago. Um grupo de borboletas multicoloridas chega voando, rodeia-me como que chamando-me para sair da água. Segui as borboletas, caminhando, até chegar num "palácio de cristal".

A essa altura da viagem, começo a achar estranho o fenômeno. Temo estar interferindo no trabalho de desobsessão, que estava sendo realizado, do qual eu fazia parte. Ao pensar assim, vejo que há duas de mim, ou seja, estou desdobrada: um corpo na mesa trabalhando, e o outro projetado em viagem astral, e consciente disso.

Terceiro intervalo uma e outra irradiação – Entramos no Palácio de Cristal. Havia um salão amplo e lá na frente uma cadeira, semelhante a um trono. De pé, dos lados direito e esquerdo, vi "pessoas de cristal". Não posso afirmar se são mesmo de cristal. Elas não tinham pele como nós, eram transparentes, como se fossem feitas de água, ou vidro, ou cristal. Não tenho como explicar o que não conheço.

Achei estranho o lugar e os Seres; mas, cumprimentei o Ser que estava sentado no trono, pois parecia ser o Governante do lugar. Olhei em volta, procurando alguém conhecido, e não encontrei ninguém. O Ser então se levantou e, com um gesto da mão, pediu que nos aproximássemos, e conduziu-nos até uma torre. De lá nos mostrou uma mata verde com umas pirâmides sem o vértice. Pareciam com as pirâmides do Peru. Talvez estivéssemos em Machu Pichu pensei, associando as lembranças.

Sobre uma das pirâmides estavam Margarida e Shama Hare. Os dois também conversavam com um "ser de cristal", talvez o Sacerdote local. Ele estendeu os braços, mostrando alguma coisa sob o mar. Não foi possível ouvir o que falavam. O Governante, que continuava ao nosso lado tocou, gentilmente, meu chacra frontal; e eu, ao olhar novamente a paisagem, incrível fenômeno permitiu-me ver, sob a terra onde pisávamos, uma imensa Cidade Subterrânea de Cristal, que me lembrou Stelta, cidade subterrânea com as mesmas características, localizada no Espírito Santo. Percebi, também, canais ou túneis, que a ligavam a outros Núcleos menores, que ocupavam extensa área do local.

Compreendi, naquele momento, que falavam sobre uma viagem, e pediam que fossemos lá. Então, captei palavras do homem, que parecia ser um Sacerdote. Ele disse o seguinte:

Abertura de mais um Portal

Somos habitantes da Cidade Intraterrena que vês. Vimos convidá-las para visitar nossa Cidade e, como em outras ocasiões, abrir um Portal Energético ligando-nos a Esferas Superiores, que possam abastecer nossa Cidade.

Estamos sofrendo forte influência do "astral inferior do planeta", e a abertura de um Portal nos ajudará na manutenção do equilíbrio, e continuidade de nossas tarefas.

- Mentalmente perguntei a ele: Não estão ligados a "fontes geradoras", como outras cidades intraterrestres?

R – Sim, estamos. Porém, nossa "fonte geradora" também vem sofrendo influencia da ação humana, no ambiente da superfície, adjacente à Cidade que nos abriga. O Portal poderá nos auxiliar.

Após estas palavras, vi em minha tela mental naquele instante: Desmatamento, tratores, queimadas e corte de arvores em alguma região que não consegui localizar. Enquanto isso, o trabalho mediúnico da noite continuava.

Novo intervalo entre duas irradiações – Descemos da torre, entramos por uma trilha na mata. Lá, a energia foi ficando mais densa na medida que caminhávamos. O Ser majestoso parecia dominar o ambiente e inspirava segurança. O que passou a ser muito importante, pois, além de ser desconhecido o lugar, no caminho vi uma caveira presa numa árvore e dois ossos cruzados. Parecia ser o símbolo da pirataria. Contudo, não entendi o porque, de piratas no meio da mata?!

Perguntei, afinal, se ele era também morador da Cidade Intra. Ele disse que pertencia ao Governo Oculto dos Mundos Interiores e acrescentou: Venho interceder por essa Cidade, mas, não habito nela.

Confusa com tanta informação e preocupada com o desdobramento dos meus corpos, acho que interrompi o trabalho, pois de repente nos vi ao lado de Margarida, sobre a pirâmide da qual falara. Aproveitei, então, para perguntar mentalmente a Shama Hare se o que estava acontecendo era real. E ele respondeu:

Muitos caminhos levam a Deus, mas todos partem de um só lugar; um coração amoroso e dedicado. Verifique seu coração e encontrará a resposta.

Parece que mergulhei dentro de mim e novamente, em câmera acelerada, revi todos os acontecimentos até o momento em que andávamos na trilha, na mata.Continuei vendo nossa descida, passando pelo símbolo pirata e chegando a um lugar onde estava um "grupo de budistas". Eles já estão muito cansados e fracos; parece que lutam, exaustivamente, contra "seres das trevas". Tentam proteger o lugar, mas, estão quase sem forças, pois há muita energia negativa pesada avançando sobre a região.

Fui voltando, conduzida pelo mesmo Ser de cristal, até um certo ponto; depois, foram as borboletas que nos rodearam e retomamos o caminho das flores de lótus. Aos poucos o caminho que só possuía flores brancas, foi ficando colorido, surgiram gramado e outras flores coloridas, até que, tudo ficou parecendo com um caminho bonito e normal da superfície da Terra.

Chegamos no astral de nossa Colônia Espíritual Servos de Jesus e novamente entrei no físico, encaixando os corpos.

Em 16/09/2008

A visita de um Sacerdote da desaparecida Atlântida

Vidência: Vejo um Ser de pele morena, com uma túnica alva, e uma espécie de cajado na mão esquerda. Tinha enfeites nas mãos e no pescoço. Não sei porque, mas lembrou-me, naquele momento, um Sacerdote Atlante.

Ele falava muitas coisas, numa língua diferente, e eu não conseguia entender nada. Após certo tempo ele fez um gesto com a mão, e daí surgiu uma imagem: Eram milhares e milhares de "Seres das Trevas", saindo dos Abismos. Eram muitos, verdadeiros pelotões de seres disformes, animalizados, esfarrapados e sujos. Verdadeiros monstros apavorantes.

Vejo também muitos Reptilianos aproximando-se.

Muitos daqueles seres horríveis são inimigos de encarnações passadas, das crianças que freqüentam ao Abrigo Servos de Jesus, às Aulas de Evangelização. Eles são induzidos a fazer uma ligação com as crianças, através de um fio escuro.

A algazarra das crianças no Abrigo, naquele momento, é simplesmente insuportável. O Sacerdote dirige-se ao refeitório. Ele segura firmemente o cajado, e a ponta do mesmo abre-se como uma flor, tendo no centro um cristal que emite forte e vibrante energia, que expande-se por todo o ASJ, e vai além dos seus limites. Ele sai pela porta da frente empunhando o cajado e, a Luz do cristal desfaz os fios negros que ligam os "Seres das Trevas" com algumas crianças ali presentes. Paulatinamente, é restabelecida a ordem no ASJ, e as crianças se acalmam.

Outros irmãos, que acompanham o Sacerdote, ficam em torno do ASJ, em posição de defesa.

O interessante nesta vidência é que, quando o Sacerdote concentra-se, e o cajado abre-se aparecendo o cristal, sua aparência humana modifica-se, e ele se torna um Ser muito parecido com um Intraterreno de Létha. Tenho a impressão de que ele é um atlante, reencarnado na cidade intraterrena de Létha, que fica na Serra do Roncador/MT.

Na segunda concentração, sinto que mexem em minha garganta, penso que o Sacerdote se comunicará por via psicofonica, mas depois apenas capto as seguintes palavras:

Irmãs, paz e amor vos desejamos.

As dificuldades de comunicação ainda são muitas, e haveremos de aperfeiçoá-las com o tempo.

Não podemos ainda nos identificar por nomes, por não encontrarmos analogia de palavras em vossa linguagem, para pronunciá-los.

Nesse momento, apenas anunciamos nossa presença convosco, desde o acordo de ajuda concedido pela Misericórdia Divina, através de vossos Mestres.

A região destacada para ser filtro do planeta, da grande e intensa toxicidade lançada ao meio ambiente físico tornou-se, habitada por homens desprovidos de amor, e repletos de instintos primários, tornando-se então, devido ao desequilíbrio das ações e pensamentos, geradores de "criações mentais", um local de absorvência da energia deletéria do plano astral inferior, transformando-se em meio de cultura ideal para os seres das trevas instalarem seus laboratórios infernais, que já conheceis. Através de vosso trabalho, nas esferas ígneas do Abismo, desvendastes, destruístes e socorrestes, os prisioneiros que lá se encontravam.

A energia deletéria ali concentrada (Região Amazônica), não poderá ser transformada facilmente. Neste momento, muitos "Pelotões das Trevas", provenientes dos Abismos, ali se reúnem para um grande ataque ao Orbe.

Sereis guiadas, e encontrareis o "ponto chave" que nos auxiliará a reduzir o impacto negativo, das Forças contrárias à Luz nos incautos irmãos encarnados, e nos invigilantes que permanecem no plano invisível, imantados à matéria.

Por hora, nada mais a acrescentar.

Seguindo "instruções superiores" permaneceremos convosco, agradecidos pela ajuda sincera, atendida pelo Grande Pai Maior.

O Governador Sublime da Terra nos abençoe.

Sacerdote Atlante, em 26/09/2008

Pedido de socorro para a Amazônia

... "Quanto à Região Amazônica, situada no lado brasileiro e localizada no norte do País, necessita socorro urgente; pois, abandonada no plano físico pelos Dirigentes da Nação, foi assaltada por homens embrutecidos pelas paixões primárias, cuja legião de acompanhantes espirituais, acostumou-se à vida desregrada, e banhada de sangue.

Lutas acerbas vem sendo travadas entre turbas sanguinárias de espíritos pistoleiros, posseiros e grileiros no astral, com os poucos irmãos dedicados, e defensores do equilíbrio local.

Liderados pelo humilde espírito de Chico Mendes, alguns espíritos permanecem firmes, procurando oferecer resistência à invasão, e ao domínio dos espíritos degenerados.

Área de conflitos, em tensão permanente, tem perturbado a paz e a harmonia da Cidade Intraterrena ali existente, cuja ligação ocorre com as Cidades Intraterrenas "Luz e Amor" e "Shambala".

Trata-se de uma cidade satélite, criada para ser termômetro da região, e é esse termômetro que se encontra agora apitando, emitindo pedidos de socorro.

Sabemos de vossas limitações e nada pedimos que vos possa trazer prejuízos; contudo, no entrelaçamento de vossos carmas e das escolhas, pelo trabalho com Cristo, vos afirmamos que os meios de vos preparardes para tal tarefa, caso a aceitem, encontram-se a caminho, e vêm determinados pelo Pai.

D’Ele parte toda Força e toda Luz, que nos embala as existências.

Para Ele, todo nosso amor.

Shama Hare, em 26/09/2008

Os Grupos Espirituais constituídos querem apenas a presença dos Seres Superiores

Percebemos que os "Seres das Trevas" são do mesmo tipo por todo o planeta.

Somos atacados, e não podemos usar nossas forças superiores para detê-los. A região não possui, no plano físico, um Grupo Espiritual organizado, com força suficiente, para atrair as Feras e doutriná-las com amor, sem que o medo paralisante das "forças negativas" os domine. Não tem coragem para enfrentar as Trevas.

Os Grupos Espíritas constituídos no plano físico, na sua maioria, querem a presença dos seres Superiores, não criando condições para os caídos e fracos, para os que já se perderam, e necessitam de amparo.

O mundo da superfície está irreconhecível. As matas estão contaminadas pela energia deletéria partida do Abismo, e alimentada pelas mentes e corações pervertidos, no plano físico.

As Trevas tentam abafar a Luz Irradiante. Desconhecendo sua Força, ignorando sua origem, emanada da Força do Criador Incriado, a transitória "Força das Trevas" sucumbirá, inexoravelmente.

Necessitamos de braços guerreiros dispostos a servir, e lutar em nome da Luz!

Sacerdote Atlante, em 27/09/2008

O que se passa nos planos invisíveis da Região Amazônica

Fala o índio Karumáh, representante dos Dirigentes Espirituais Indígenas da Região Amazônica.

Após o contato com os homens brancos, usurpadores da paz, os indígenas tornaram-se fragilizados e vulneráveis à intensa carga negativa, que assola aquela região.

A pureza do índio foi corrompida pelos vícios. Facilmente eles são manipulados pelos interesseiros materialistas, e pela facção trevosa que os precedem no invisível.

A floresta está vulnerável. Os Elementais revoltados estão perigosamente descontrolados. As barreiras do equilíbrio estão para serem rompidas. Os diques de contenção do descontrole e do caos, mantidos pela Força Maior, poderão romper-se, dando cumprimento ao carma negativo de todos os incautos dos planos físico e espiritual, e a coletividade planetária será afetada, pois são as ações negativas que permitem que as ondas do ódio, da corrupção, da vingança e da total falta de amor, se espalhem por todo o Orbe.

A saturação da energia deletéria alcança níveis alarmantes, e ainda não é o momento da "avalanche catastrófica desabar-se na matéria".

Os Povos ainda primitivos (refere-se aos índios) são expostos à influência das Trevas; do mesmo modo, as frágeis criaturas contentoras do equilíbrio da Natureza, os "Elementais", devem ser protegidos e guiados.

Os Elementais são capturados pelos espíritos de Cientistas perversos e Magos Negros, utilizados como força geradora de desequilíbrios, e também em suas macabras experiências para mudança genética de sua evolução ancestral.

Tem havido farto derramamento de sangue, tornando o lugar um meio ideal para germinar suas criações diabólicas. O sangue derramado, aliado às contendas e rixas constantes, fermentam um rico caldo de cultura para as experiências macabras, e para tipos de invenções dos perversos seres, na busca insana de atingir seus objetivos.

A Lei de Deus paira incólume e justa sobre as criaturas, e nada escapa a Justiça Divina.

A paz desejamos, a paz vos deixamos.

Karumáh (Espécie de Guia Espiritual daqueles povos indígenas)

em 03/10/2008

Trabalho de magia negra na Floresta Amazônica

Vidência: Vi um homem numa choupana. Ele tinha um cabelo estranho, com longos cachos sebosos. Estava diante de uma mesa comprida, cheia de frascos, poções, velas, cera, fogo, etc. Tinha unhas escuras, compridas e sujas.

Pegava um frasco contendo veneno de escorpião, e sujava as pontas das unhas; numa folha de papel branca, ia desenhando círculos com as unhas sujas do veneno; um sobre o outro. Depois, os movimentos da mão iam subindo, de modo a formar no papel um redemoinho.

Um Instrutor do GESJ explicou-me que um primeiro posseiro procura esse feiticeiro e contrata seu serviço, indicando a propriedade que deseja ter. Depois o feiticeiro, usando no trabalho de magia negra o veneno do escorpião, cria a forma de um homem escorpião. Essa forma-pensamento leva um pouco da energia dele, e um pouco da energia do animal.

A forma-pensamento criada é direcionada para a região do astral, correspondente à propriedade cobiçada. Ela lança seu veneno sobre um, ou mais moradores, ou donos de terra. No plano físico algum mal atinge aqueles proprietários e/ou suas famílias. Enquanto isso, no astral, "entidades espirituais trevosas" os atacam, enfraquecendo-os. O homem-escorpião arrasa no plano astral o restante dos habitantes do lugar, e, ao mesmo tempo, no físico, os posseiros, invejosos e perversos, invadem a região e tomam posse do terreno.

Após a vidência, recebi a mensagem seguinte:

Irmãos, os "escorpiões" formam um exercito de seres trevosos, treinados pelos proprietários de terra (posseiros) para aterrorizar, no plano astral, suas vítimas.

Os posseiros invadem territórios e expulsam, sem piedade, pequenos proprietários. São iniciados, sempre no plano astral, os ataques que antecedem a ação covarde no plano físico.

Os escorpiões vivem nas fendas úmidas e escuras, alimentam-se de insetos e larvas. Seu veneno é poderoso, pois é destilado pelas mentes treinadas de seus criadores (os feiticeiros).

P – Posso fazer perguntas?

R – Sim.

P – Vi muitos escorpiões pequenos, um macho grande e uma fêmea de tamanho médio. Eles parecem formar uma família. Logo depois, eles se amontoaram e foram subindo uns sobre os outros, formando o corpo de um ser híbrido, parte humano, parte escorpião. Poderia explicar-nos do que se trata?

R – Os animais, assim como os seres humanos, possuem uma freqüência vibratória. Essa freqüência é como se fosse o "código genético", ao qual pertence essa criatura no universo; esse código identifica aquela família espiritual.

As mentes treinadas, capazes de localizarem, acessarem e manipularem essas freqüências vibratórias, esses códigos, podem também provocar, com a força de suas mentes, mutações intencionais gerando, a partir de células primárias do espírito-grupo, a forma que quiserem e, em seguida, modelando-a segundo suas vontades.

O processo todo é muito simples, havendo, porém, necessidade de serem conhecidas pelo controlador, as técnicas apropriadas para fazê-lo.

P – Esses escorpiões geraram o ser que é comandado por alguém, e defende aquele território onde estamos sendo chamadas a visitar?

R – Sim. E será o Ser que, no confronto final, devereis abater, para que sejam libertados os animais, e sigam sua trajetória evolutiva sem interferências alheias.

Gratas, Irmão, pelos esclarecimentos.

Shama Hare, em 03/10/2008

Rumo à Terra da Regeneração

Bendito seja o amor do Cristo Jesus, que nos reúne em torno do Seu Nome, para o trabalho.

Muitas são as alegrias deste encontro, e da união em prol do amor e da paz; mas, também intensas são as lutas para desbravar a escuridão, e acender a chama da Luz do Amor Maior, descobrindo os irmãos da ignorância que permanecem arraigados nos sentimentos primitivos e atrasados, abrasadores de suas almas.

Fostes convidadas para mais um trabalho, onde intensa luta é travada com ferozes seres que, ignorando as Forças do Bem, ignorando o Criador e Suas Leis, avançam no domínio de outras criaturas incautas, no extermínio da paz, e na disseminação do ódio existente nos corações invigilantes.

Bem sabemos das imensas dificuldades no plano físico, para a realização e concretização de viagens; porém, se o momento é difícil, adiar para o tempo futuro, poderá tornar-se impossível.

Estais certas na programação da trajetória da viagem. O destino final que deduzistes é o correto. Depende apenas de superardes as dificuldades para a realização do trabalho pois, muitos obstáculos serão encontrados.

Os organizados Comandos das Trevas já pressentem a movimentação das Forças do Bem, no sentido de estancar-lhes as ações nefastas. Enviam "asseclas" por todos os confins do planeta, para impedir o avanço da Luz.

Os Irmãos Intraterrenos daquela região (Amazônica), acuados pela energia negativa que não podem deter, não por não possuírem forças e equipamentos para tal, todavia, o carma negativo desta humanidade, em andamento, os impede de agir. Encontram-se perigosamente ameaçados, e devem ser socorridos.

Margarida – Quer dizer que um Portal Positivo, sendo aberto no momento, será de grande ajuda para eles?

Shama Hare – Este é o objetivo, minha irmã. Os Grupos Espiritualistas ali existentes no plano físico, que trabalham em beneficio da humanidade, não possuem a força necessária, para unidos realizarem a abertura do Portal de Luz, e fortalecerem a energia positiva sobre aquela região. Não possuem o conhecimento necessário, pois se encontram acuados, sem perceberem. Mesmo que não tenham alcançado a dimensão da força negativa, que oprime cada Agrupamento de Luz, eles não conseguem expandir a sua força, além dos limites de suas cidades ou de suas comunidades. Daí não poderem ser utilizados para um empreendimento maior.

A união de vossa força e energia com as dos vossos Trabalhadores, aliados àqueles pequeninos Grupos que ali existem, serão capazes de alcançarem o objetivo, ativando o Portal.

M – Diante do que o Irmão falou agora, que concorda plenamente com o que eu pensava, não podemos adiar esta tarefa por mais tempo. Vamos fazer logo!

SH – Confirmamos que o planejamento que fizestes está correto.

M – Vitória x Manaus x Boa Vista.

SH – Mesmo que não alcanceis os Portais da Cidade Intraterrena, no plano físico, vossa presença física naquele lugar já será suficiente, para a concretização da tarefa.

Segui confiantes, filhas minhas, pois as dificuldades se avolumam na matéria. Sois alvo constante das Forças Perversas, que desejam impedir os vossos passos em direção ao equilíbrio, à divulgação das Verdades, e ao restabelecimento da paz e da harmonia.

M – Há companheiros(as) que acharam nossa programação de palestra deste ano muito pesada. Alegam que as pessoas não estão saindo felizes do Grupo, estão com medo, tristes. O que o Irmão acha de tudo isso?

SH – Há dois mil anos, o Mestre Jesus fez-se presente na carne, e trouxe o Código de Evolução mais perfeito para esta humanidade. E o que fizeram? O crucificaram. Mas, Suas Lições permanecem vivas, e estão espalhadas por todo o Mundo. Aquele que deseja conhecê-las as encontrará, pois existem em todos os lugares.

Mas não há como retroceder as informações necessárias para ativação das mentes das criaturas. O perdão e o amor ao próximo são práticas diárias de cada um. Bem definistes o vosso Grupo como "Escola Iniciática", e aqueles que ali freqüentam por muitos anos, já conhecem bastante do Evangelho do Cristo, para em cada palestra citá-lo, como fundamento necessário para a salvação. Mas, devem também conhecer, além das fronteiras, tudo que está acontecendo na Terra, que é fruto da desobediência a estas mesmas Leis e Lições do Cristo, bem como as conseqüências funestas que aguardam cada rebelde.

Estas devem ser as informações repassadas, constantemente, para aqueles que desejam ouvi-las; para que desistam o mais rápido possível, de permanecerem em níveis vibratórios inferiores de ódios, mágoas e ressentimentos desnecessários, vaidade e orgulho desmedidos, e avancem no caminho da prática dos ensinamentos do Cristo.

O Planeta encontra-se às portas da transformação definitiva, e aquele que escolher o caminho diferente do amor e do perdão, será exilado; portanto, esta informação deve estar presente para todos que adentrarem vossa Casa.

Estes irmãos encontram-se demasiadamente arraigados, nas opiniões de outros irmãos de humanidade. Mas, a fase em que vos encontrais, da Transição Planetária, não permite mais amparar de forma velada os sofredores, que batem a porta desta Casa em busca de socorro. Todos devem receber o choque da informação, pois tiveram tempo suficiente para prepararem-se, e desde muito, às Lições do Cristo estão acessíveis para todos.

Que Jesus, na Sua Infinita Bondade, vos conduza na trajetória terrena, rumo à Terra da Regeneração.

Shama Hare, em 11/10/2008

Dr. Cruz e sua Equipe Médica em ação para a viagem

Vidência: A Equipe Médica da Casa atendeu-nos, iniciando os preparativos para a viagem. Fizeram tratamento físico, ministrando em todas nós, uma vacina.

Fizeram também tratamento psíquico, aflorando pensamentos do nosso dia-a-dia, para em seguida limpar nossas mentes.

Reativaram a roupa especial que utilizamos em uma batalha, tempos atrás. É um equipamento que fica aderido na sola de nosso pé, e quando ativado, cresce recobrindo todo o corpo, como uma malha, que ao mesmo tempo isola do meio externo, e funciona como armadura e escudo; é dura como uma pedra. Quem olha, pensa que nós estamos só com uma roupa. Pois bem, os irmãos estavam adaptando esse equipamento, com fluidos daquela região para onde vamos, de maneira que a resistência da roupa, esteja aclimatada com as vibrações do astral daquele lugar (Amazônia).

Em 31/10/2008


2° Bloco

Viajarão conosco intraterrenos de Cidades já visitadas pelo GESJ

Irmãs, paz em Jesus.

Apresentamo-nos em grupo para vos acompanhar. De cada Cidade Intraterrestre conhecida por vós, e que trabalha em conjunto com vossa Casa (GESJ), somos dois representantes.

- Astec e Orcus da cidade de Okay (Chapada Diamantina/BA).

- Eu me chamo Nim e ele é Zim. Somos de Létha (Serra do Roncador/MT).

- Meu nome é Alfa. - Eu sou Ômega. Somos habitantes de Lemur (Serra do Caparaó/ES).

- Somos Zanet e Arctur, da cidade de Stelta (Domingos Martins/ES).

- Lin e Lan da cidade Luz e Amor (Amazonas).

- Zonea e Lak da cidade intra de Lunthi (Rio Grande do Sul)

Astec retoma a palavra e dá algumas explicações:

Viajaremos convosco para estabelecer contato com outros povos intraterrenos, que já possam comunicar-se conosco.

Estamos felizes com nossa tarefa, e queremos que saibam que podem contar conosco.

P: Os Seres da Cidade que sofreram com o "desastre ambiental", também estarão convosco?

R: Ainda não. Eles não foram autorizados a se deslocarem conosco, por ainda não possuírem as condições apropriadas.

P: E quanto a Equipe Médica da Casa?

R: Seguem convosco a enfermeira Esther e Dr. Daniel. Ficam de sobreaviso, Dr. Samuel e os supervisores Dr. Lucas e Dr. Cruz. Estes últimos, diretamente ligados aos irmãos extraterrestres Orthan, Orthon e Orthanine (todos médicos e vindos de Órion).

Segue também uma equipe de índios, tendo um Cacique de cada tribo, e uma equipe de Pretos Velhos dos mais experientes. Trabalhadores de Terreiro já regenerados.

Da Equipe da Senhora Joana de Angelis, seguem três psicólogos residentes: um especializado em adultos e dois em crianças.

Todos partem, deixando de sobreaviso seus supervisores. A qualquer sinal de necessidade as Forças Superiores são acionadas, para reforçar a equipe de trabalho que está pedindo ajuda.

Do Alto, guiando nossa trajetória de ida e volta, encontra-se o comandante Ashtar Sheram. Seus comandos requisitados já determinaram a realização de uma varredura completa na aeronave que vos conduzirá, e a "tripulação" foi preparada durante a noite para a missão de vos conduzir. O acompanhamento cármico espiritual de todos eles, os tripulantes, foi previamente analisado, sendo socorrido ou afastado temporariamente, conforme o caso; o mesmo ocorreu com os demais passageiros. Tudo está pronto.

Seus olhos brilham como duas estrelas, e esse brilho envolve a aeronave em um círculo intransponível de luz.

Bendita a força do amor! Bendito aquele que tem fé!

Seguiremos em nome de Jesus, e em Seu Nome libertaremos da dor, irmãos que sofrem, pois finda-se, segundo a vontade de Deus, a sua etapa de sofrimento.

Salve Jesus! Salve o Mestre que nos conduz!

Astec, em 21/11/2008

Preparativos para o enfrentamento em Roraima

Vidência: Entramos numa câmara que parecia uma Nave espacial. Iniciou-se em nossos corpos um tratamento médico preparatório. Primeiro, fomos submetidos a um banho de luz de cores variadas, que em forma de feixes cruzavam o ar, e nos atingiam provocando reações moleculares, e ativação do nosso sistema imunológico.

Aplicaram-nos medicações diversas, marcações corporais como aquelas feitas por um médico antes da cirurgia, assepsia e aplicação de um dosador de energia.

Sono re-equilibrante sucedeu a esse tratamento.

Em seguida, os irmãos levaram-me para conhecer uma ala da Colônia Servos de Jesus, designada para receber os feridos que serão socorridos no norte do Brasil. O ambiente estava à meia luz, diferente de outras vidências em que os ambientes da Colônia apresentam-se repletos de luminosidade. Creio que deve ser adaptação aos pacientes que serão atendidos.

Vi muitas lutas.

Em 21/11/2008

A presença constante de Zambi em nossas viagens

Vidência: Vejo Zambi com os seus felinos de grande porte entrando no avião e, dali, espíritos sem rumo, desocupados, saiam apavorados por todos os lados, e atiravam-se para fora do avião. Ele e os felinos entram pelo corredor. Muitos espíritos, que ainda se recusavam a sair, viram-se ameaçados pelas feras, e pularam para fora. A limpeza foi total.

Do lado de fora, duas lindas aves azuis, aproximadamente do tamanho do avião, com uma longa cauda, nos acompanhavam; eram habitantes da Cidade Intraterrena, existente na Região Amazônica, que a pedido do seu Governante, fizemos a viagem para a abertura de um Portal de Luz.

Havia a bordo da aeronave uma criança que chorava muito; porém, com a saída dos irmãos (espíritos) desequilibrados que acompanhavam alguns passageiros, ela se acalmou e dormiu.

Havia duas naves posicionadas sobre o avião, e também Seres Intraterrenos em naves batedoras.

Em 22/11/2008

A Besta sempre nos vigiando

Salve a força! Salve a luz!

Paz em Cristo, irmãos!

Convosco nos encontramos.

Fé e coragem nos guiam no serviço cristão de amor e caridade. Paciência até nosso destino. Lá, terão novas comunicações e instruções. Sigamos com Cristo Jesus, Presente em pensamentos, palavras e ações.

O mal vos espreita.

Paz convosco!

Zambi, em 22/11/2008

Vidência: Sinto a presença da Besta nos vigiando, tentando nos encontrar em nossos lares. "Clones" nossos disfarçam nossa saída, dando a impressão de que voaremos mais tarde do que o previsto. Enquanto isso já estávamos algumas horas na sua frente; esse descompasso de tempo foi uma estratégia do Alto para confundi-los.

O Pai vos abençoa e ampara

Vidência: Já estávamos embarcadas quando, ao concentrar, vi do lado de fora da aeronave, na faixa azul, João Batista acompanhado de outro Trabalhador do GESJ, que não consegui reconhecer. Em seguida captei a mensagem que ele transmitia.

Saudações irmãos, vos, desejando paz e harmonia!

Nossa equipe de trabalho segue convosco. Nós daqui, ficamos vibrando em luz e amor por vós, desejando sucesso na empreitada de trabalho.

Servas de Jesus, energias luminosas descem para vossa tarefa. O Pai vos abençoa e ampara.

Das Esferas Superiores, fluídos de puro amor são enviados em vossa direção.

Segui felizes, pois os olhos do Mestre não vos perdem de vista.

João Batista, em 22/11/2008

Na terra do inimigo todo cuidado é pouco

Irmãos queridos, estais vos dirigindo para zona de fogo cruzado, onde Forças Antagônicas dominam. Todo cuidado é pouco, só sendo permitido passos em acordo com a espiritualidade. Somos vossos olhos e ouvidos, e vós sois nossos braços e pernas.

Para sempre unidos pela força do Amor do Cristo, partiremos para levar alívio, esperança e liberdade, aos irmãos escravizados e dominados pelas Forças do Mal.

A cada hora, derrama-se na Terra a luz e a misericórdia. Todos saberão que Cristo vive, e está entre vós, e só o abandonarão, aqueles que, por escolha própria, optarem por viver nas trevas.

Samuel, em 22/11/2008

Enfrentando inimigos de vidas passadas

Vidência: Vi uma canaleta por onde corria a água lamacenta de um rio. Vinha em minha direção e caía sobre minha cabeça. Muita água e grande velocidade. Assustei-me, pois lembrei que Margarida sempre diz que, muita água no sonho é prenúncio de dificuldade, ainda mais quando está barrenta. Vieram uns dois jatos fortes daquela água, depois ficou um filetinho que já não causava medo.

Após, vi algumas de nossas vidas pretéritas. Comecei vendo um carrasco todo vestido de preto, inclusive o capuz, somente os olhos livres. Esse carrasco movia uma alavanca que acionava uma forca, e dezenas de corpos caiam mortos no alçapão. Reconheci-me na figura daquele carrasco frio.

Estamos indo ao encontro de alguns companheiros de outras eras, ocasiões em que fizemos inúmeros inimigos. Muitos nos perdoaram, pois seguiram caminho de luz; outros, mergulhados nas trevas, cultuam o ódio há milênios. Seus pensamentos têm o tônus vibratório do sangue que derramam, em decorrência da rebeldia que lhes anima os espíritos atrasados.

Serão nossos primeiros inimigos no combate. Devemos a eles nossa súplica, para que nos perdoem a ignorância do passado. Devemos, segundo orientações gravadas em minha mente, de onde ouço as palavras de João Batista, orar ao Pai antes dessa luta, pedindo que a luz do esclarecimento recaia sobre todos, criando oportunidade de reconciliação. Pediremos para que baixem suas armas, abandonem o Exército das Trevas e, com o coração limpo do ódio destruidor, passem para o lado da Luz. Após o que, ocorrerá a batalha contra aqueles que não atenderam à súplica, e vão perseverar no ódio.

Nossa primeira luta será de segunda para terça, com os dissidentes do passado.

Vejo uma companheira que foi um Sultão com um vasto harém, mas tinha muito ciúme de suas mulheres, e impingia castigo e morte a todos que delas se aproximassem, inclusive seus eunucos, quando desconfiava de suas ações. Mesmo sem provas mandava castigar, ou eliminar.

Margarida era chefe da guarda de algum governo árabe. Comandante impiedoso, perseguia e passava a fio de espada, qualquer um que fosse considerado inimigo.

Outra companheira pertenceu a um harém, mas atuava como verdadeira espiã. Descobria os planos secretos do seu governo e repassava-os aos seus opositores, para os quais trabalhava, atuando assim contra o Sultão, seus subordinados, e também contra suas companheiras de harém. Quando se sentia ameaçada invertia as denúncias, e levava à prisão e morte os seus próprios companheiros rebeldes. Tudo de acordo com os benefícios que obtinha de suas intrigas e artimanhas.

Outro companheiro era uma espécie de sacerdote, de alguma religião do Oriente Médio, porém descompromissado com as Leis de Deus. Inconseqüente, só pensava em dinheiro, e tudo que fazia, como perdoar ou condenar seus fiéis, dependia do quanto lucraria.

Prejudicamos muitas pessoas. A Misericórdia Divina permitiu nosso afastamento, e viemos reencarnar do outro lado do hemisfério, para corrigirmos nossos erros, e recomeçarmos novas existências. Agora, chegou o momento do reencontro, motivado pela limpeza do astral.

Seremos a porta de entrada para outros inimigos de companheiros do GESJ. Através de nossa presença, eles chegarão a seus desafetos, que igualmente terão que lutar e vencê-los.

Alguns países, nos quais vivemos aquelas vidas que nos apresentaram, e de outras reencarnações foram passando em minha mente, naquele momento, como: Constantinopla, Líbano, Arábia Saudita, Afeganistão, Sudão, Irã e Iraque.

Em 22/11/2008


3° Bloco

Ataque frustrado

Vidência: Vejo Zambi e seus felinos. Um dos animais ficou guardando a porta dos nossos quartos e vários outros espalhados pelo hotel. Os guerreiros de Zambi também estavam a postos.

Zambi entrou no banheiro do quarto onde estávamos concentradas e pegou um feiticeiro escondido ali. Segurou-o pelo pescoço e o levou para bem próximo a um leão. O feiticeiro se apavorou, e contou que um ataque estava sendo desferido em direção a todos os hotéis da cidade, pois não tinham certeza onde estávamos, mas sabiam da nossa presença na cidade.

Zambi entregou o feiticeiro a um guerreiro e correu para detrás do hotel onde uma saraivada de dardos venenosos era atirada contra o prédio.

Imediatamente a barreira protetora é reforçada. Vejo o Mestre Shama Hare, muito grande; sua mente concentrada em nós. Dele emanava a energia que reforçou a barreira protetora, em torno dos nossos quartos.

Após o ataque, os Irmãos Intraterrenos nos levaram a visitar uma caverna, onde o "feiticeiro chefe" (ele não nos via) dava ordens para os escorpiões atacarem os 4 cantos desta região, e todos os Centros Espíritas.

Após a ordem dada, milhares e milhares de escorpiões saíram por buracos, para cumpri-la.

Em 23/11/2008

O Grande Plano Terra encontra-se em andamento acelerado

Paz sobre todos os quadrantes planetários.

Paz também em vossos corações.

O Grande Plano Terra em andamento, encontra-se acelerado pois, grande contingente de espíritos trevosos oriundos do Abismo, ganham as regiões de superfície, aumentando ainda mais o caos entre as criaturas humanas.

Hercólobus (Planeta Intruso) proporciona as condições adequadas para os Seres das Trevas acionarem os "portais negativos", e os seres humanos, despreocupados de sua condição espiritual, doam a energia preciosa para os trevosos abastecerem-se.

Nesta região, importante "portal negativo" foi acionado pelas Forças das Trevas, por onde grande contingente de espíritos perversos, componentes dos pelotões do Exército da Besta, ganham a superfície; mas, serão combatidos, e cerceados seus passos, antes que derramem sua intensa negatividade sobre a região, e suas adjacências.

O combate está programado para 4ªfeira (26/11), após meia-noite.

Avante guerreiros, aos campos de batalha em defesa da Terra, pela instituição da Paz sobre o Planeta, pela restauração do equilíbrio e pelo despertamento da humanidade!

Ashtar Sheram,(Aquele que do Céu vos guia), em 23/11/2008.

Tardiamente os seres humanos compreenderão seu atraso espiritual e evolutivo

Sede bem vindos, irmãos!

Sou Kyryon, Intraterreno de uma Cidade localizada na Região Amazônica.

O assédio dos inimigos da Paz, da Luz e do Amor, encontra-se disseminado nessa região, e derrama seu ácido corrosivo sobre os incautos e interesseiros, tornando os níveis vibratórios perigosamente densos e inferiores.

Tardiamente, os seres humanos compreenderão o seu atraso espiritual, e evolutivo, e também o grande mal perpetrado em torno de si mesmo, por invigilância moral, e rebeldia às Leis Divinas.

Os seres que dominam a região (Roraima) são perversos e vingativos, e não nos cabe abatê-los, porque não podemos interferir no carma coletivo, em andamento, desta humanidade. Mas, uma vez que esta vibração negativa nos ameaça, após o pedido de socorro, e acordo com as Esferas Superiores, juntamo-nos a vossa Equipe de Seres do Grandioso Exército do Cristo, para o combate contra as Trevas, e a limpeza dos sub-planos inferiores.

Nós vos saudamos em nome da Luz.

Que a Paz do Senhor dos Mundos esteja convosco.

Salve a Força Maior, o Divino Jesus.

Kyryon, em 23/11/2008

Enfrentando antigos adversários

Discípulos amados, que a paz do mais Alto vos envolva!

Alicerçada na fé, vossa viagem vos conduziu à proximidade com antigos irmãos de jornadas encarnatórias, quando éreis munidos de poder, ou inseridos no conjunto social apropriado, e destes vazão aos vossos instintos de dominação.

Intrigas, desavenças, mentiras e crueldade, vos fizeram despencar na escala evolutiva. A Misericórdia Divina recaindo sobre vós, após muito sofrimento e perseguições no astral, impingidos pelas vítimas do passado, fostes resgatados e conduzidos a novo ciclo de vida em terras distantes, onde não vos pudessem achar.

Iniciaram novas existências, cuja oportunidade concedida pelo Pai, teve por finalidade colocar fim no exercício insano das tendências negativas.

Hoje estais de volta ao confronto com as vítimas de ontem. Já progredistes o suficiente para, ajoelhados, pedir perdão pelas feridas causadas no próximo. Contudo, eles também usufruíram de inúmeras oportunidades ofertadas pelo Criador, com o intuito de progredirem e alcançar a leveza do coração que sabe perdoar.

No entanto, teimam em permanecer no drama daqueles que insistem em odiar. Uma vez mais serão chamados, agora por vós, e ouvirão vossas sentidas desculpas pelos erros cometidos, em tempo de grande ignorância.

Logo após, terão a verdadeira chance de mudar suas posições. O combate deixará claro a eles que já não se trata de atender aos corações rebeldes; o tempo é de definição. Ou se está a direita do Cristo e, portanto, com Ele e todo Seu acervo de conhecimento e exemplos, ou se está contra Ele, e neste caso, degredo é o único caminho possível.

Ide agora e levai, uma vez mais, aos antigos companheiros, hoje inimigos, o testemunho de vossa renovação.

Em nome do Mestre Jesus, liderai o Exército da Luz no combate de limpeza da região em que vos encontrais.

Nós vos seguimos do Alto, cuidando, vigiando e amando sempre.

Vosso Mestre

Ramatis, em 23/11/2008

Distribuição de tarefas para a próxima batalha

Vidência: Vejo nossos Irmãos, espíritos amigos, que partem em direção às Aldeias da Região. Visitarão todas, uma a uma, tanto no físico como no astral. Farão palestras sobre o momento em que vivemos, e convidarão para que se organizem em Grupos de Combate conosco, seguindo o Comando do Mestre Ramatis. Não serão obrigados; mas, aqueles que aceitarem o convite receberão treinamento adequado, e passarão a integrar os Exércitos da Luz, lutando ao nosso lado.

Grande trabalho terão, pois há muitas aldeias, e muitos índios no astral. Thuerê, espírito de cacique amigo, comanda este trabalho.

Após, vi Zambi, grande guerreiro africano, também nosso amigo, acompanhado, como sempre, dos seus belos e enormes felinos. Coube-lhes a tarefa de fazerem o reconhecimento da região, verificando possíveis armadilhas e limpando os caminhos.

Em 23/11/2008

Trabalhando com muito amor, a falange ligada ao GESJ de ex-escravos (negros e negras)

Vidência: Vi um grupo de pretinhos velhos agindo no plano espiritual. Estavam planejando visitar todos os Grupos de Trabalho Espiritual, da região onde nos encontramos.

Salve, salve irmãozinhos! Salve a Força, salve a Luz!

Benditos são aqueles que têm fé, pois sua vida será fértil, e frutificará em atos de luz. Somos os Servos de Jesus anônimos, e trabalhamos convosco. Estamos reunidos em nome d’Aquele que nos criou, e nosso coração está cheio de gratidão por haverem nos recebido em sua Casa (o GESJ), nos permitindo trabalhar.

Qual é o espírito culpado, que não sonha com a oportunidade do serviço que redime?

Por isso somos tão gratos. O Pai concedeu-nos uma chance, resgatando-nos do umbral, e vossa Casa acolheu a sinceridade do desejo de renovação, concedendo-nos trabalho.

Somos convosco contra qualquer inimigo, pois convosco está Jesus, e contra Sua Presença de Puro Amor, quem ousará?

P: Que belas palavras, irmã. São pura lição de humildade, dedicação e sabedoria. Agradecemos pelo carinho e ajuda. Qual a tarefa do grupo nesse trabalho?

R: Atuaremos junto às Forças da Natureza, chamando pelos Orixás (Guardiões das Forças da Natureza). Deles, escutaremos orientações sobre essa região. Saberemos das forças que dominam, das que são dominadas, e dos costumes locais. Depois, repassamos aos nossos superiores para que casem com as instruções do Alto, e com o andamento do trabalho.

Visitaremos os Terreiros de Magia Negra, e mapearemos as regiões mais densas, cujo astral requer ajuda imediata. Repassaremos aos Superiores, e aguardaremos instruções. Se necessário, agiremos fazendo contato; mas, por hora, a orientação é levantar as condições astrais do local, e aguardar o Comando.

Vovó Aninha, em 23/11/2008

Vidência

Vi uma bruxa de olhos esbugalhados e muito vermelhos. Ela ainda está encarnada, e fez um trabalho de magia para nos encontrar, quando estivermos concentradas. Uma espécie de rastreador de vibrações. Quando percebi que ela estava conseguindo nos acessar, mentalizei o símbolo do Triângulo e da Cruz e, imediatamente, a imagem se materializou e queimou. A mulher soltou um grito, pulou pra trás, e perdeu a imagem que tinha conseguido.

Em 23/11/2008

Palavras de Chico

Vidência: Vi uma assembléia reunida e Chico Xavier, a frente de um grande número de espíritas da região onde nos encontrávamos, falando para eles.

Captei a palestra que ele estabeleceu com esses irmãos:

Irmãos em Cristo!

Que a Bondade do Evangelho de Jesus converta-se em paz nos vossos corações!

Dirigentes das Casas Espíritas que sois, renovai vossos compromissos, atualizando os conhecimentos que tendes, colocando-os em consonância com a triste hora do tempo presente.

Notai que, aquilo que as mensagens dos Extras e Intraterrenos vos dizem, retratam, em amenas pinceladas, a terrível realidade que vivenciais; e ainda assim preferis a cegueira.

É medo! Sim, medo meus irmãos.

Medo de encarar a realidade, arregaçar as mangas e agir.

Sois convidados, nos tempos atuais, a modificar vossos hábitos, intensificar os estudos e promover a paz, dentro e fora de vós.

Sereis convidados a aceitar vossos equívocos e abrir-se para o novo. Muitos não o querem fazer, preferindo estacionar na ilusória condição de espíritas ortodoxos, cuja tradição fenece, devido a grande descida de esclarecimentos, que estão impulsionando a humanidade adoecida.

Cedei às evidências.

Refleti segundo as Leis de Deus.

Fazei vossas escolhas, e trabalhai sem parar por divulgar entre os homens a "transição planetária", que se processa agora sobre a Terra.

Do Alto, espíritos amigos nos guiam, mas não poderão assumir nossas responsabilidades.

O que semeamos, haveremos de colher.

Sede firmes e corajosos para romper o tradicionalismo, pois este não vos atende mais aos apelos sublimes da alma, para compreensão da realidade presente.

Sedes firmes para convosco, na mudança de atitude que deveis adotar, para vos integrardes aos Exércitos da Luz.

E sobretudo, sede fortes para resistir à sedução feroz de vossos instintos, exacerbados pelas odientas vibrações da Besta e dos seus seguidores.

Ide e espalhai a Boa Nova.

Sempre que necessário, vinde ter conosco e aqui estaremos para esclarecimentos durante essa semana.

Salve o Senhor da Luz!

Salve o Eterno!

Salve Jesus!

Chico, em 23/11/2008

Em visita aos Grupos espíritas e espiritualistas locais

Vidência: Vi a imagem de Jesus. Ele falava aos guerreiros dos dois campos de batalha: Luz e Trevas. D’Ele emanava intensa Energia que envolvia a todos.

Depois, recebi a seguinte mensagem:

Salve a Luz que nos conduz!

Irmãs, vossos corpos receberam tratamento especial, em condições adequadas para os combates programados.

As armas letais dos inimigos incluem, além dos venenos, vírus e bactérias, fungos e espiroquetas, e toda sorte de agente causador de doenças.

Portanto, vossos corpos foram preparados para que se forem atingidos, a carga negativa não provoque dano letal a vossa integridade físico-espiritual.

A noite passada visitastes, em atividade, os diversos Grupos de trabalho, quais sejam: os núcleos de indígenas, os de caboclos, de trabalhadores da Seara Espírita, e também avistastes os campos inimigos.

Sigamos em nome de Jesus na luta que nos redime.

Salve Jesus.

Esther, em 23/11/2008


Estaremos sempre divulgando, através dos meios disponíveis ao nosso alcance, mais esclarecimentos a respeito de nossos Irmãos Maiores de outros planetas e do Interior da Terra e também sobre a Transição Planetária. Estas informações são de domínio público e podem ser copiadas, no todo ou em parte sem prévia autorização, para distribuição gratuita e desde que não seja alterado o sentido. Fica também autorizada sua tradução para qualquer idioma, para o que solicitamos apenas o envio de uma cópia para nossos arquivos e posterior divulgação. É proibida a comercialização destas informações.

Nossas obras: Pétalas de Luz; Os Extraterrestres e Nós, Vols. I e II; Cidades Intraterrenas – O Despertar da Humanidade em conjunto com a 2ª edição de Os Intraterrestres de Stelta e Missão Submarina Extraterrestre, Os Decaídos e Sua Trajetória Terrestre, Vol. I e II, Mãos Súplices por Socorro – Nos bastidores visíveis e invisíveis dos presídios e Série Planeta Amigo: Mensagens do Mestre Jesus e Em Nome do Cristo novamente aqui estamos.

Endereço para correspondência: Margarida Pinho Carpes, p/ Grupo Espírita Servos de Jesus, Avenida Santa Leopoldina, 51, Itaparica, Vila Velha/ES, CEP: 29102-040 (em frente a Rodoviária de Vila Velha);

Endereço para assistir reunião: Rua Hermes Curry Carneiro, 215, Ilha de Santa Maria, Vitória/ES. CEP: 29.053-221.

Dia e hora: Terças-feiras às 14h e quintas-feiras às 19:30 h.

Leia nossas obras. Novos conhecimentos transbordam. Parar, pensar, mudar.




RETORNAR ÀS MENSAGENS E DIVULGAÇÕES
ENTRE EM CONTATO CONOSCO AGORA MESMO!
Todos os direitos reservados ao Grupo Espírita Servos de Jesus | 2017
FBrandão Agência Web